Fernando Machado

Blog

Valeu Miss Gatis!

Miss Gladys Adele Gatis em dois tempos (Fotos: Diário da Manhã)

Há 60 anos, morria no Recife, a primeira bailarina e coreografa da cidade, a inglesa Gladys Adele Gatis, ou simplesmente Miss Gatis. Nasceu na Inglaterra provavelmente em 1887. Chegou ao Recife provavelmente em 1919. Quando morreu no dia 4 de junho de 1957, os jornais publicaram o anuncio fúnebre pago pela família. Veja o que é a vida ela brilhou tanto e faleceu no ostracismo. Tentei de tudo descobrir sua idade, mas, nem a família sabia. Até no Cemitério dos Ingleses fui, apenas uma placa com o dia e o ano que morreu.

As alunas de Miss Gatis, ao lado Solange Souza Leão, no Teatro de Santa Isabel, em 1922 (Fotos: Diário da Manhã)

As garotas do nosso grand monde foram suas alunas e morreu e continua desconhecida, até mesmo das pessoas que vivem do teatro da dança clássica na capital pernambucana. Miss Gatis morava na Rua Góes Carvalho, 394, em Parnamirim, e estudou balé no Royal Ballet of London. No dia 23 de abril de 1922, Miss Gladys Adele Gatis apresentava no teatro de Santa Isabel, seu primeiro festival de danças com suas alunas. No dia 19 de abril de 1927 ela apresentava no Teatro de Santa Isabel, o balé The Mask of Time com suas alunas. Miss Gatis receba esta homenagem de um fã. Valeu, Miss Gatis!

As alunas no Festival de Dança no Santa Isabel em 1927 (Foto: Diário da Manhã)

0

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado.