Fernando Machado

Blog

Usha Pitts a mais nova cidadã de Pernambuco II

Coube ao deputado Alberto Feitosa presidir a solenidade, aliás o deputado Guilherme Uchoa, não deve gostar muito destas solenidades, pois nunca fui a uma delas para vê-lo presidir o evento. Esta pegando mal. E bota mal nisso, presidente. Usha ingressou no plenário ao lado dos deputados André Campos e Sérgio Leite. A nova Cidadã de Pernambuco estava em grande noite, num modelo preto, blazer e saia pretos e uma segunda pele nas cores do seu time de coração: o Santa Cruz.

a-alberto-feitosa-usha-pitts-fred-amancio

Alberto Feitosa, Usha Pitts e Fred Amâncio (Foto: Fernando Machado)

O mestre de cerimônia foi Franklin Santos chamou os componente da mesa de honra composta pelo cônsul da Alemanha Dietmar Bock, do deputado Alberto Feitosa, do embaixador Isnard Penha Brasil, o secretário Fred Amâncio e a diploma Usha Pitts. Na sequencia foram ouvidos os hinos dos Estados Unidos e do Brasil. Feitosa abriu a sessão lembrando que Usha que chegou ao Recife no dia 16 de agosto setembro de 2011, e retorna ao seu pais no dia 6 de julho, dois dias depois do Independence Day.

a-andre-usha-albertojarbas-araujo

André Campos, Usha com sua gola de maracatu mostrando o símbolo tricolor e Alberto Feitosa (Foto: Jarbas Araújo)

O discurso de saudação de André Campos, foi lindo e recheado de simbolismo e pernambucanissimo. “Mas, como costuma falar os poetas e amantes da vida, uma paixão não se mede pelo tempo de duração, e sim pela intensidade como é vivida. E isso cai com perfeição para definir a permanência de Usha Pitts entre nós”, começa o parlamentar.

a-carmem-peixoto-patricia-menge-eliana-luna2

Carmen Peixoto, Patrícia Menge e Eliane Luna (Foto: Fernando Machado)

E segue: “Presenciei o espanto de muita gente quando viu a cônsul Usha Pitts vestida com a camisa do Santa Cruz Futebol Clube. “Por que ela não escolheu o Náutico ou o Sport para torcer?, indagavam. E mais uma vez aflorou a identificação da cônsul com o povão. Para ela, as origens do tricolor, sua história e a humildade de sua fanática torcida despertaram-na o amor pelo clube. E o Santinha ganhou uma triclor de verdade”.

a-diploma-jarbas-araujo

Usha Pitts mostrando orgulhosa o seu titulo de Cidadã Pernambucana (Foto: Jarbas Araújo)

André completa evocando Antônio Maria, antes tinha lembrado de Carlos Pena Filho (Olinda é só para os olhos. Não se apalpa. É só desejo. Ninguém diz é lá que eu moro. Diz somente é lá que eu vejo).  “Sou do Recife com orgulho e com saudade / Sou do recife com vontade de chorar / O rio passa levando barcaça pro alto mar / Em mim não passa essa vontade de voltar”. Nossos parabéns, consul Usha Pitts, Ciddã pernambucana. Um até breve. E lembre sempre, esteja onde estiver, que a gene lhe quer muito bem”.

0

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado.