Fernando Machado

Blog

Poesia e Luar

No alpendre da Galeria Tereza Costa Rêgo do Museu de Arte Contemporânea, de frente para os jardins de jasmins, e de cheiro de terra molhada, aconteceu, terça-feira, mais um encontro Poesia/Luar, onde os poetas, os cantores, atores, trovadores, escritores, se reúnem, para trocar literatura. Como sempre, o destaque foi para Geninha da Rosa Borges, que especialmente recitou de Cecília Meireles, aos poetas franceses, e de Rosa DiDelli sobre a Amazônia Brasileira com a naturalidade que só uma dama, atualizada como ela, pode fazer.

Contou-se ainda com Zenaide Bonald, que discorreu sobre os Irmãos Abelardo e Augusto Rodrigues, suas obras e ações, e o quanto fizeram pela nossa cultura. A doçura da voz de Dulce Albert, poeta e cantora, encantou todo o sarau, bisando algumas vezes, e ainda teve a presença cênica de Melchiades Montenegro, Celma Vasconcelos, Olímpio Bonald, Ana Maria César, para uma platéia envolvida e interessada. Mais uma noite onde se provou que o espírito precisa de bom alimento!

0

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado.