Fernando Machado

Blog

Perfil do Consumidor: Wanessa Andrade

Aos 11 anos Wanessa Andrade decidiu ser jornalista para poder presenciar acontecimentos históricos e contar tudo para as pessoas. E já sabia também que queria ser repórter de televisão. Quatro anos depois entrou na TV Globo pela primeira vez. Foi solicitar uma cópia de uma reportagem para exibir durante a apresentação de um trabalho na escola. Não conseguiu a cópia, mas levou para casa algo precioso: uma pedra. Pegou no estacionamento e disse para si mesma “um dia ainda vou trabalhar aqui!”. Estudou jornalismo na Unicap. E mais uma vez a TV Globo na sua vida: foi convidada por uma professora para fazer a análise da cobertura do Jornal Nacional na campanha presidencial de 2002.

wanessa-andrade
A jornalista Wanessa Andrade uma pedra de sonhos (Foto: Fernando Machado)

Quando estava no último período, se inscreveu para o programa de estágio da Globo e foi aprovada. Então surgiu o primeiro convite para trabalhar com o que realmente sonhara: reportagem. Começou na TV Grande Rio, afiliada da Rede Globo em Petrolina. Depois foi para TV Asa Branca, em Caruaru. Na sequencia para a TV Cabo Branco, afiliada da Globo em João Pessoa. Numa certa tarde de abril 2009, a diretora de jornalismo chamou-a para uma conversa. Poucas palavras ficaram registradas na memória. “A Globo Nordeste quer contratar você”, disse a diretora. A surpresa, a felicidade e o nervosismo provocaram amnésia… Era tudo o que sempre quis ouvir.

Um jornalista que a história guardou – Tim Lopes

um jornalista que a história vai guardar – Peter Arnett, o primeiro a transmitir ao vivo uma guerra. (Guerra do Golfo).

Qual foi a reportagem que mais gostou de fazer – Gosto muito de fazer reportagens que ajudem a melhorar a vida das pessoas.

E a que detestou – É muito difícil fazer reportagens de mortes, tragédias

Qual a maior invenção do homem – A tipografia, que permitiu a impressão de livros e assim a difusão do conhecimento.

Qual a pior invenção do homem – Todas as armas.

Um filme inesquecível – São dois: “Chocolate” e “A moça do brinco de pérola”

Livro de Cabeceira -Ensaio sobre a Cegueira

Um escritor – José Saramago

Quem gostaria que escrevesse sua biografia – Acho que não mereço uma biografia rssss

Um restaurante preferido – Para cada tipo de comida tenho um restaurante preferido. Mas ninguém faz um bolinho de bacalhau como pai… Rsssss

Comida preferida – Iogurte e verduras

O que não pode faltar na sua geladeira – Peixe e frutos do mar

Comida que detesta – Buchada, rabada e comidas nesta linha…

Um ator – Desta nova geração Wagner Moura.

Uma atriz – Lilia Cabral, pela versatilidade.

Uma música inesquecível – Todo azul do mar, 14 bis

Um cantor – Tim Maia, pela voz, pelo amor à música e pelas composições

Uma cantora – Maria Rita. Gosto da variedade de estilos que canta, como interpreta as canções e por ter conseguido sair da sombra de ser filha de Elis Regina.

Um destino do Recife que recomendaria ao turista – Um passeio de catamarã pelo rio Capibaribe. E cada hora do dia tem seu charme.

A palavra mais bonita no jornalismo – Compromisso

E a mais feia – Vaidade

4

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado.