Fernando Machado

Blog

Pausa poética

“Sei que serei esquecida, / Assim é a lei desta vida. / Um amor vai, e outro vem, / De que adianta querer tanto bem? / Aqui só resta a Saudade”. Carmen Miranda (1909/1955)

 

0

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado.