Fernando Machado

Blog

Noticias da Alemanha

Diante das questões sobre o aquecimento global, a mobilidade elétrica vem ganhando cada vez mais espaço. Como até mesmo o Governo Federal já tem planos para os carros elétricos e espera que um milhão deles sejam vendidos até 2020, os cientistas têm se encontrado diante de diversos desafios, como por exemplo, os relacionados à duração e ao recarregamento das baterias.

Pesquisadores do Instituto Fraunhofer para Tecnologia Química de Pfinztal, perto de Karlsruhe, desenvolveram uma alternativa para os sistemas de íons de lítio, as baterias de fluxo Redox. “Estas baterias são baseadas em eletrólitos líquidos e podem ser facilmente carregadas em poucos minutos em um posto de combustível”, explicou Jens Noack, engenheiro do ICT. Quem nos informa é o Adido de Imprensa do Consulado Geral da Alemanha Martin Mahn.

0

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado.