Fernando Machado

Blog

Anotações do Cotidiano

A primeira individual do artista plástico Arnóbio Escorel, retratando a vida urbana no Morro da Conceição será aberta amanhã, às 19h, no Audi Center Recife, na Imbiribeira, e segue até o dia 30 de dezembro. Esta exposição traz ao espectador uma reflexão da vida do povo brasileiro, aqui representado pela comunidade do Morro. A escolha da data da Exposição, também é uma homenagem do artista a Nossa Senhora da Conceição, ao qual é devoto. Arnóbio Escorel nasceu em João Pessoa em 19 de novembro de 1952, veio morar no Recife com 2 anos de idade, adotando a capital pernambucana como sua terra do coração. A curadoria é Ana Claudia Thorpe.

O artista plástico Arnóbio Escorel (Foto: Divulgação)

O tenor Lucas Mélo (Foto: Diego Cruz)

A Gárgula Produções, a Academia de Ópera e Repertório Sinfonieta da UFPE sobem amanhã e segue até domingo, no Teatro de Santa Isabel com a ópera Il Maledetto (O maldito), do pernambucano Euclides Fonseca (1853-1929), numa grande, inédita e histórica montagem. Participam do espetáculo bailarinos, coro, cantores e, como convidado, o ator Arilson Lopes, que faz um curto monólogo de abertura da peça. Como Caim, o tenor Lucas Melo, o contratenor Franz Ribeiro como Abel, a soprano Jéssica Soares como Adah, e o baixo-barítono Rodrigo Cruz como Adão.

 

0

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado.