Fernando Machado

Blog

Recife retoma o II COMAR 

A necessidade de resgatar a referência e a representatividade do Comando da Aeronáutica no nível regional, além da separação efetiva das atividades operacionais e administrativas das Organizações da FAB foram as premissas do processo de Aprimoramento da Reestruturação do Comando da Aeronáutica. Dentre as ações previstas, está a remodelagem dos Comandos Aéreos Regionais (COMAR) e as Bases Aéreas com novas estruturas organizacionais, não implicando aumento de despesas e nem a criação de novos órgãos. No II COMAR, as primeiras providências foram tomadas no intuito de preparar e adequar as instalações e o efetivo para a implantação do Comando Aéreo, da Base Aérea de Recife e para a desativação do Grupamento de Apoio de Recife.

O brigadeiro Cesar Faria Guimarães (Foto: Fernando Machado)

Para tanto, foi necessário mapear os processos organizacionais e estabelecer uma nova estrutura organizacional com foco na supervisão. As mudanças estruturais foram executadas, devendo, a partir de então, consolidar os processos internos e estabelecer a sistemática de atuação de cada Organização Militar, em função da sua especificidade. O Comandante do II COMAR, Brigadeiro do Ar Cesar Faria Guimarães, avalia que a reativação daquele Comando Aéreo trouxe a oportunidade de buscar uma interação maior com as Forças Singulares, além da aproximação com os órgãos de interesse, privados ou públicos, nas esferas federal, estadual e municipal na Região Nordeste.

0

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado.