Fernando Machado

Blog

Pausa Poética

“Morena, tens a cor das mulheres que a sorte / fez nasce e florir aos pés da Borborema, e o perfume da selva onde brota a jurema / na braza tropica das caatingas da morte”. Andrade Lima Filho (1910/1983)

0

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado.