Fernando Machado

Blog

Garbo: Quero que me deixem sozinha

Há 25 anos, morria em Nova Iorque, no alto dos seus 84 anos de idade, uma das divas mais fascinantes do cinema mundial: Greta Garbo. Teve uma careira meteorica, era muito reservada, solitária e graças a esse temperamento tornou-se uma das mulheres mais incriveis do seculo passado. Nasceu em Estocolmo, na Suécia, em 18 de setembro de 1905, como Greta Lovisa Gustafsson. Greta certa vez lembrou: “Eu nunca disse Quero ficar sozinha. Eu disse Quero que me deixem sozinha. Aí está toda a diferença”.

greta4

Greta Garbo solitária e navegando pelas águas da vida (Foto: Divulgação)

O Instituto Americano de Cinema a elegeu quinta maior lenda da história da sétima arte. Durante todo tempo que viveu concedeu apenas 14 entrevistas. Greta era filha de Anna Lovisa Johansson (1872/1944) e Karl Alfred Gustafssonh (1902/1926) e irmã de Sven (1898/1967) e Alva (1871/1920). Com o falecimento do pai, Greta aos 14 anos trocou a escola pelo trabalho e iniciou numa barberia. Teve uma incursão pelo mundo do cinema com filmes publicitários para lojas de Estocolmo.

greta2

Greta sempre linda e maravilhosa (Fotos: Divulgação)

Entre os anos de 1922 e 1924 Greta Gustafson estudou arte dramática na Academia Real de Teatro Dramático, quando foi descoberta pelo diretor finlandês Mauriz Stiller (1883/1928). A partir dai ele começou a conduzi-la como se fosse seu pai. Com Stiller fizeram um único filme A Lenda de Gösta Berling em 1924. Depois ele a levou para filmar na Alemanha, quando chamou atenção de Georg Wilhelm Pabst (1865/1967), que a convidou para atuar no filme A Rua das Lágrimas.

greta3

Esse sorriso ninguém decifrava (Foto: Divulgação)

O ciretor Louis B. Mayer (1885/1957) o tycoon da MGM ficou fascinado com sua performance no filme A Lenda de Gôsta Berling e ofereceu a ela e a seu agente, Mauritz Stiller, um contrato para irem trabalhar nos Estados Unidos. Ao aterrizarem em Nova Iorque até chegar a Hollywood, teve uma longa espera. Em 1924, Greta Gustafson virou Greta Garbo. Em 1925, Garbo e Stiller foram para Hollywood contratados por Mayer. Não foi fácil conseguir sucesso na terra do cinema e seu maior inimigo era a língua, seu forte sotaque sueco era motivo de piada entre os colegas.

greta-garbo-john-gilbert-mulher-de-brios

Greta contracenando com John Gilbert (Foto: Divulgação)

Foi Irving Thalberg (1899/1936) quem surgiu na sua vida e criou uma dieta rígida para acabar com as gordurinhas de final de adolescência e mais tarde providenciou a correção dos dentes. Ainda em NYC Greta conheceu o fotografo Arnold Genthe (1869/1942) que fez uma uma sessão fotográfica, publicada na revista Vanity Fair de novembro de 1925. Garbo e Stiller estavam desanimando quando Genthe insistiu para que ela enviasse as fotos à MGM. Quando as provas chegaram à direção da MGM, eles ficaram deslumbrados com a sensualidade de Greta Garbo, e a partir dai tudo mudou. A companhia mandou buscá-los imediatamente para Hollywood.

greta

Greta Garbo uma linda mulher (Fotos: Divulgação)

Seu contrato girava em torno de 400 dólares por semana. Algumas artistas que llhe deram muito força, Lillian Gish (1893/1993), lon Chaney (1883/1930) e Maude Admas (1872/1953). Apesar das cantadas, como as do ator John Gilbert (1895-1936) e as do fotógrafo Cecil Beaton (1904-1980), Greta Garbo jamais se casou ou teve filhos. Nos corredores de hollywoodiano apontam que Greta Garbo fez dois abortos, mas tem que garanta que GG era aversa ao sexo. A partir de 1928 Garbo, com a morte de Stiller, começou a ficar sexualmente independente. Ela era tecnicamente bissexual, mas com o passar dos anos se tornou assexuada.

greta5

Greta Garbo como Rainha Cristina e numa foto de estúdio (Fotos: Divulgação)

Discreta, ela manteve relações afetivas, mas não necessariamente sexuais, com vários homens e mulheres. No final da vida, teve um affair com Cécile de Rothschild (1913/1995). Na sua filmografia temos os sonoros Anna Christie, Anna Christie (versão alemã) e Romance em 1930; Inspiração, Susan Lenox e Mata Hari em 1931; Grande Hotel e Como Me Queres em 1932; Rainha Cristina em 1933; O Véu Pintado em 1934; Anna Karenina em 1935; A Dama das Camélias em 1936; Maria Waleska em 1937, Ninotchka em 1939, e o ultimo Duas Vezes Meu em 1941.

greta6

Greta Garbo em Ninotchka e em Inspiração (Fotos: Divulgação)

E no cinema mudo Mr and Mrs Stockholm em 1920, O Cavaleiro Feliz e Como Não Se Vestir em 1921; O Pão Nosso de Cada Dia, Pedro, O Vagabundo e O Anjo Escarlate em 1922; A Lenda de Gôsta Berling em 1924; A Rua das Lágrimas em 1925; Os Proscritos e a Terra de Todos em 1926; A Carne e o Diabo, e Love em 1927; Mulheres Divina, Bela e Misteriosa e Mulher de Brios em 1928; Orquideas Selvagens, O Direito de Amar, Os Homens e o Beijo em 1929.

0

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado.