Fernando Machado

Blog

Tag Unidos

É tempo de passarela

Todas as representantes mundiais (Foto: Concurso)

Com a participação de 31 candidatas, tivemos no Centro de Convenções Simon Bolivar, em Guaiatil, no Equador, a escolha da Miss Continentes Unidos de 2019. A vencedora foi Anairis Cadavid Ardila, de 1m70 de altura e 24 anos de idade, da Colômbia que foi coroada pela mexicana Andrea Saenz, Miss Continentes Unidos de 2018.

Eliza, Kênia, Charlotte, Anairis, Nerone e Maneerat (Foto: Concurso)

Os apresentadores foram Roberto Rodriguez e Claudia Schiess, Miss Equador 2011. O melhor traje tipico foi para Eliza Quiñónez do Equador. A Miss Simpatia foi Fabiana Andrea Ayaviri da Bolivia e o melhor corpo foi para a Maria José Bracho Barrios da Venezuela. A Miss Brasil Thylara Brenner não ficou no Top 10.

O melhor Traje Típico coube à Eliza Quiñónez  (Foto: Concurso)

No Top 10 ficaram Nerone Schutte (Africa do Sul), Anairis Cadavid Ardila (Colombia), Eliza Quiñónez Godoy (Equador), Charlotte Miralles (França), Kenia Ponce Beltrán (Mexico), Carmen Isabel Jaramillo Velarde (Panamá), Marjory Milagros Patiño López (Peru), Yekaterina Pavlovna Agapova (Rússia), Maneerat Daengprasert (Tailandia) e Maria Jose Bracho Barrios (Venezuela).

Miss Continentes Unidos de 2018, Andréa Sáenz (Foto: Concurso)

No 6º lugar ficou Nerone Schutte da África do Sul, no 5º lugar ficou Charlotte Miralles da França, no 4º lugar ficou Maneerat Daengprasert da Tailandia, em 3º lugar ficou Kenia Ponce do México, no 2º lugar ficou Eliza Quiñónez do Equador e a vencedora foi Anairis Cadavid Ardila da Colômbia.

Miss Brasil, Thylara Brenner, desfilando de traje de banho (Foto: Concurso)

Corpo Consular

O Consulado Geral dos Estados Unidos no Recife irá suspender temporariamente os serviços regulares de emissão de visto e atendimento a cidadãos norte-americanos entre os dias 20 de junho e 12 de julho. Neste período os interessados deverão buscar atendimento  nos consulados americanos em São Paulo, Porto Alegre e Rio de Janeiro ou na embaixada em Brasília. A pausa no atendimento tem como objetivo a renovação das instalações para melhor atender aos solicitantes de visto e cidadãos norte-americanos. Os outros departamentos do consulado funcionarão normalmente.

O cônsul geral norte-americano John Barrett (Foto: Fernando Machado)

O Centro de Atendimento ao Solicitante de Visto no Pina, estará funcionando normalmente para coleta da biometria (foto e digitais).  Os solicitantes de visto que necessitam comparecer a entrevista no consulado poderão dar entrada nas informações biométricas no Centro e agendar a entrevista no consulado para a data mais conveniente após a reforma. Os casos nos quais o solicitante é isento de entrevista, como muitas renovações de visto, serão processados normalmente.

Cheslie Kryst vence o Miss USA 2019

O Top 10 não foi tão ruim assim (Foto: Concurso)

A eleição de Miss Estados Unidos de 2019, aconteceu quarta-feira, à noite no Grand Sierra Resort, em Reno, Nevada. A vencedora Cheslie Kryst da Carolina do Norte, foi coroada pela Miss Estados Unidos de 2018, Sarah Rose Summers, todavia a mais bonita foi Nicolette Jennings da Flórida.  O cenário estava maravilhosa. Mais bonito impossível. Os looks da misses, com algumas exceções, era de se tirar o chapéu.

Já o Top 3, Chelsie Kryst, Triana Browne e Alejandra Gonzalez, ficou devendo (Foto: Concurso)

Tivemos os desfiles de biquíni e de traje de noite e depois foi anunciado o Top 15: Savannah Kidmore (Arkansas), Cheslie Kryst (Carolina do Norte), Cordélia Cranshaw (Distrito de Colômbia), Nicolette Jennings (Florida), Lacie Choy (Havai), Baylee Drezek (Iowa), Alyssa Klinzing (Kansas), Victoria Paul (Louisiana), Mariela Pepin (Maryland), Cat Stanley (Minnesota), Taianna Tuamoheloa (Nevada), Alejandra Gonzalez (Novo México), Alice Magoto (Ohio), Triana Browne (Oklahoma) e Kailyn Marie Perez (Pensilvânia).

Miss Estados Unidos de 2019, Cheslie Kryst e a rainha da noite Nicolette Jennings, da Flórida (Fotos: Concurso)

Na sequencia saiu o Top 10: Savannah Kidmore (Arkansas), Cheslie Kryst (Carolina do Norte), Cordélia Cranshaw (Distrito de Colômbia), Nicolette Jennings (Florida), Alyssa Klinzing (Kansas), Mariela Pepin (Maryland), Taianna Tuamoheloa (Nevada), Alejandra Gonzalez (Novo México), Triana Browne (Oklahoma) e Alice Magoto (Ohio).

A 2ª colocada Alejandra Gonzalez e a 3ª colocada Triana Browne (Fotos: Concurso)

Depois o Top 5 ficaram, Savannah Kidmore (Arkansas), Cheslie Kryst (Carolina do Norte), Alejandra Gonzalez (Novo México), Triana Browne (Oklahoma) e Taianna Tuamoheloa (Nevada). E o final foi este: 3º lugar Triana Browne de Oklahoma, 2º lugar Alejandra Gonzalez do Novo México e a vencedora Cheslie Kryst da Carolina do Norte. Os missologos criticaram o evento, como estou acostumados com os deslizes, prefiro não comentar.

Cheslie Kryst depois de coroada por Sarah Rose Summers (Foto: Concurso)

Miss Estados Unidos de 2019

Chelsie Kryst da Carolina do Norte e  Addison Treesh do Wyoming (Fotos: Concurso)

Hoje, à noite, no Grand Theatre de Reno Tahoe, em Navada, será escolhida a Miss Estados Unidos de 2019. Vão participar do concurso 51 candidatas. Os apresentadores são Nick e Vanessa Lachey, Carson Lressleu e Lu Sierra. A vencedora será coroada por Sarah Rose Summers, de Nebraka e Miss Estados Unidos de 2018.

Victoria Paul da Lousiana e Tianna Tuamoheloa de Nevada (Fotos: Concurso)

Este ano não terá desfile de maiô, apenas de traje de noite. Primeiro será escolhido o Top 15, depois o Top 10 e o Top 5. A candidata mais velha é a representante da Carolina do Norte, Chelsie Kryst e a mais jovem a candidata do Wyoming, Addison Treesh.

Nicolette Jennings da Flórida e Florinda Kajatazi de Nova York (Fotos: Concurso)