Parabéns, 7ª Região Militar!

A primeira sede 7ª Região Militar, que depois virou IV Exercito (Foto: Diário da Manhã)

O pátio externo do Quartel General da 7ª Região Militar, na Cidade Universitária, aconteceu ontem, pela manhã, a cerimônia comemorativa dos 102 anos de sua fundação. Criada pelo presidente Wenceslau Braz, no dia 23 de fevereiro de 1915, somente em 1916, começou a funcionar no Recife, na Rua do Príncipe, como 6ª Região Militar. Seu primeiro comandante foi o general de brigada Joaquim Inacio Baptista Cardoso (29.06.1916/06.12.1919).

Momento solene do aniversário da 7ª Região Militar (Foto: Fernando Machado)

Em 1958 foi transformada em 7ª Região Militar. Cuja jurisdição abrange os estados de Alagoas, Paraíba e Rio Grande do Norte. Nos anos oitenta seu Quartel General foi transferido para Cidade Universitária. No dia 9 de outubro de 1991, foi denominada de Região Matias de Albuquerque. O calor intenso e um sol forte não tiraram a beleza da cerimônia, presidida pelo comandante da 7ª RM, general José Luiz Jaborandy.

O general José Luiz Jaborandy e sua Ana Lúcia (Foto: Fernando Machado)

O destaque foi uma revoada de borboletas amarelas que sobrevoando o local, onde bandeiras dos grupamentos e dos estados que abrangem a Região Matias de Albuquerque, hasteadas, fizeram o contraponto com as centenárias palmeiras imperiais que repousavam nos arredores. A cerimônia contou com vários pelotões, cerca de 150 homens, perfilados remetiam o toque de pompa e circunstancia. A formatura começou com a banda do Comando Militar do Nordeste, executando a Canção do Expedicionário.

General Francisco Humberto Montenegro Junior e sua Ana Raquel (Foto: Fernando Machado)

Depois tivemos a apresentação da tropa pelo Coronel Marcelo, chefe do Estado Maior da 7ª Região Militar. Quatro ex-combatentes foram referenciados. Também tivemos a execução da Canção da 7ª Região Militar de autoria do general Paulo Roberto Uchoa. Depois foram entregues ao som Amigos para Sempre, diplomas do Circulo de Amigos da Região Matias de Albuquerque, pelo general Jaborandy para 10 agraciados. O diploma foi instituído em 22 de fevereiro de 1999. A tenente Yane Marques recebeu uma homenagem, pela sua atuação nos esportes defendendo o glorioso Exercito.

General Marcelo Aguiar (Foto: Fernando Machado)

Depois tivemos as palavras do comandante da Região Matias de Albuquerque e o desfile da tropa ao som do Hino a Guararapes, do composto pelo coronel William da Rocha e William Simão da Rocha e da canção Fibra de Heróis, de autoria Teófilo de Barros Filho em continência ao comandante. E encerrando a solenidade militar a Banda Militar do CMNE executou Vassourinhas de Mathias da Rocha e Joana Batista Ramos. Excelente incluir um frevo na cerimnia, afinal de estamos em pleno carnaval. Depois os convidados foram convidados para um coquetel.

A tenente Yane Marques e sua placa (Foto: Fernando Machado)