Fernando Machado

Blog

Tag noivos

O sim de Gabriela e Paulo

Paulo e Gabriela sendo abençoados pelo Padre Rinaldo (Foto: Fernando Machado)

A Igreja da Madre Deus é do estilo Maneirista e foi construída em  1720. Seu altar-mor é deslumbrante todo recheado de talhas barrocas do século XVIII. A Madre Deus é a mais antiga igreja do Recife. O seu lavabo de mármore de estremoz é considerado um dos mais bonitos do Brasil. No seu retábulo o destaque fica para a imagem de Nossa Senhora Mãe de Deus também século XVIII.

Os noivos seguindo pela nave central até o altar (Foto: Fernando Machado)

Quando a Igreja do Corpo Santo, a primeira instalada no Recife Antigo, foi demolida, todo seu acervo de imagens foi transferido para ela. Nessa igreja é majestosa, aconteceu o casamento, sábado, à noite, de Gabriela filha de Ana Claudia Lins Perez e João Luiz Dias Perez, e Paulo, filho de Maria de Fátima Wanderley de Andrade e Getúlio Tadeu Chaves de Andrade. A cerimônia foi presidida pelo Padre Rinaldo Pereira.

Rosa Mineiro Dias by Paulo Carvalho entre os netos Paulo Marcelo e Pedro Paulo (Foto: Fernando Machado)

A decoração grifada pela Donna da Casa deu um toque de mais beleza ao templo. A nave central virou uma jardineira de gypsophilas. Dois enormes arranjos de lírios, rosas, orquídeas, boca de leão e lysianthus brancos abriam espaço para o cortejo dos pais, dos 32 padrinhos e dos noivos até alcançar o altar. No altar quatro arranjos com as mesmas flores. O noivo, Paulo by Broosksfield muito elegante, surgiu na nave central da igreja, ao lado de sua mãe, Maria de Fátima by Gizela Silveira, tendo como fundo musical Hallelujah de Leonard Cohen.

Ana Claudia Lins Perez by Thays Temponi e Carolina Wanderley by Gizela Silveira (Foto: Fernando Machado)

Depois entraram Ana Claudia, muito elegante, by Thays Temponi e Getulio Tadeu. De repente os convidados ficaram de pé com os olhares para porta de entrada a fim testemunharem a noiva, Gabriela, linda usando um vestido da grife espanhola Pronovias, acompanhada pelo pai, João Luiz, by Ricardo Almeida, ao som da Ave Maria de Schubert e na seqüência Fascinação.

Mônica Sampaio by Paulo Carvalho e Nicole Dantas Perez by Paulo Carvalho (Foto: Fernando Machado)

A homília do Padre Rinaldo foi emocionante. Ele fala muito bem. Depois das fotos Gabriela e Paulo à frente do cortejo, seguiram pela nave central, ao som de Marry You de Bruno Mars. Outro casamento que marcou época no Recife. Amanhã, o blog escreverá como foi a maravilhosa recepção que os noivos ofereceram na Usina Dois Irmãos.

Norma Losada e Ana Maria Paiva, Regia e Roberto Maciel Lopes (Foto: Fernando Machado)

Andréa e César casam na Madre Deus

Um casamento na Igreja da Madre Deus com seu estilo Maneirista datada 1720 é uma festa para nossos olhos. Seu altar-mor é deslumbrante todo recheado de talhas barrocas do século XVIII. A Madre Deus é a mais antiga igreja do Recife. Quando a Igreja do Corpo Santo, a primeira instalada no Recife Antigo, foi demolida, todo seu acervo de imagens foi transferido para ela. O seu lavabo de mármore de estremoz é considerado um dos mais bonitos do Brasil. No seu retábulo o destaque fica para a imagem de Nossa Senhora Mãe de Deus também século XVIII.

Frei França abençoando César e Andréa (Foto: Fernando Machado)

Cesar e Andréa ouvem atentamente a leitura da Bíblia (Foto: Fernando Machado)

A igreja é tão majestosa que nem precisava de decoração. Todavia o decorador Anderson Barbosa conseguiu dá um toque de mais beleza ao templo com uma decoração irrepreensível. A nave central virou uma jardineira de gypsophilas. Dois enormes arranjos de lírios e rosas brancos abriam espaço para o cortejo dos pais, dos padrinhos e dos noivos até alcançar o altar. No altar quatro arranjos de lírios e lisiantus deram aquele toque especial ao local.

Amanda Vasconcelos e Luiz Alexandre Lages (Foto: Fernando Machado)

Catarina Furtado e Daniela Figueiras (Foto: Fernando Machado)

Pois bem foi nesse cenário recheado de história que casaram, sexta-feira, à noite, Andrea filha de Maria Aparecida Sarmento Maia e Vulpian Novais Maia Filho, e César, filho de Rita de Cássia Freire de Melo Vasconcelos e Belmiro Cavalcanti do Egito Vasconcelos. A cerimônia foi presidida pelo Frei Luiz de França Fernandes, que usou um pluvial dourado, lindo, adquirido na sua ultima viagem a Roma, na Itália.

Frei França e seu pluvial dourado (Foto: Fernando Machado)

Sandra Moraes e os filhos George e Maria Beatriz (Foto: Fernando Machado)

O ministério musical foi com uma parte da Orquestra Maximus. E esteve impecável. Os 24 padrinhos, 12 de cada lado, entraram no templo, ao som de Over the Rainbow (tema do filme O Mágico de Oz da notável Judy Garland e do programa Você Faz o Show na TV Jornal do Commercio) e Once Upon a Star. O noivo, Cesar by D&G muito elegante, surgiu na nave central da igreja, ao lado de sua mãe, Rita de Cássia em grande noite by Arte Sacra Couture, tendo como fundo musical Your Song de Elton John.

Ligia Vasconcelos e Arthur Lages (Foto: Fernando Machado)

A mãe da noiva, Maria Aparecida Sarmento Maia (Foto: Fernando Machado)

Depois entraram Maria Aparecida, muito elegante, by Lucas Anderi e Belmiro by Harry’s, ao som de Ressentment de Beyoncé. Então os sinos começaram a repicar e as portas da Madre Deus se abriram e surge à noiva, Andrea, muito impecável num modelo de Lucas Anderi, acompanhada pelo pai, Vulpian, by Ricardo Almeida, ao som da Marcha nupcial de Félix Mendelsohn. A primeira leitura foi aclamada pelo irmão, Vulpian Neto by Ricardo Almeida.

Maria Wanick Sarinho (Foto: Fernando Machado)

Rita e Belmiro Vasconcelos com filho César (Foto: Fernando Machado)

A homília do Frei França teve aquele toque de fé, esperança e caridade. Depois tivemos um duelo de vozes, entre Frei França e o coral da Maximus, cantando Marcas do Eterno do Padre Fábio de Melo. Não houve vencedor. Foi lindo, demais. Andrea e Cesar, à frente do cortejo, saíram da Madre Deus, ao som de Aquilo que dá no Coração, de Lenine. Outro casamento que marcou época no Recife. Amanhã, o blog escreverá como foi a maravilhosa recepção na Blu’Nelle.

Acontecencias

Maria Lecticia Monteiro Cavalcanti está com seu tempo dedicado ao livro que conta tudo sobre o que a Bíblia se refere ao alimento. A obra surgiu por conta de uma idéia do padre José Tolentino que reside em Lisboa, Portugal. Maria Lecticia leu toda a Biblia Sagrada para descobrir a gastronomia santa. O livro, batizado de A Mesa de Deus, deverá ser lançado no próximo ano, simultaneamente, no Brasil e em Portugal.

Hoje, às 20h, na Matriz da Madre Deus, acontece o casamento de Andrea, filha de Maria Aparecida e Vulpian Novais Maia Filho e César, filho de Rita de Cassia e Belmiro do Egito Vasconcelos. A cerimônia será presidida pelo Frei Luiz de França Fernandes. Andrea vai usar um modelo Lucas Anderi e Cesar um terno de Dolce & Gabbana. Os noivos receberão os cumprimentos no Armazém Blu’Nelle.

O sim de Cristiane e Pedro Henrique

Cristiane e Pedro Henrique na hora do sim (Foto: Fernando Machado)

Cristiane e Pedro Henrique diante do bolo (Foto: Fernando Machado)

O general João Fernandes Vieira fez uma promessa que mandaria construir uma igreja caso, as forças luso-brasileiras vencessem a Batalha nos Montes das Tabocas, contra os holandeses, ocorrida em 3 de agosto de 1645. E depois da vitória ele cumpriu a promessa e ergueu a Igreja Nossa Senhora do Desterro. A 30 de abril de 1686 chegavam ao Recife os padres Carmelitas Descalços denominados Terésios tendo à frente Frei Manoel da Natividade. O governador João da Cunha Souto Maior. Recebeu-os para uma audiência.

Roberto Guerra, Fernando Tartaruga e Fúlvio Luna (Foto: Fernando Machado)

Na ocasião doou o templo votivo para os Teresianos. A partir daí a Igreja de Nossa Senhora do Desterro e o convento tomaram o nome de Santa Tereza. Os teresianos viveram em Pernambuco mais de um século, tornando-se suspeitos na independência do Brasil foram expulsos da Província em 1823. Na sua arquitetura há um contraste entre a parte externa e a interna. Dentro é de uma magnificência sem limites. Destaque-se um nicho cercado de ornamentações.

Barbara Ventura e Rafael Feitosa (Foto: Fernando Machado)

Em relevo esculturados em pedra, situado entre duas janelas do côro que dão para a fachada, podemos ver as imagens de Jesus, Maria e José. A Igreja de Santa Tereza é um momento de grande importância cultural e artístico. Monumento do século XVII, esse templo conserva externamente todas as características originais, de estilo maneirista e internamente possui um valioso e rico trabalho em talha dourada, com estilo rococó e belíssimos azulejos policromados.

Camila e Luiz Lubi (Foto: Fernando Machado)

Como em 1849 chegaram a Pernambuco as primeiras irmãs francesas, notasse que sua estadia ficou muito acentuada. A Via Sacra é escrita em francês. O Cruzeiro de Pedra que repousa frente à Igreja foi erguido em 1731. A partir de 1862 o local passou a ser administrado pela Santa Casa da Misericórdia. Foi neste templo rico de história que aconteceu o casamento de Cristiane, filha de Helen e Marcos Antônio Hazin Asfora com Pedro Henrique, filho de Maria de Nazareth e Fernando Antônio Brandão Tartaruga.

João Marcelo e o pai José Neves Filho (Foto: Fernando Machado)

A decoração de Rafael Santos serviu apenas para realçar ainda mais a grandiosidade do local. Rosas brancas, lírios (branco e fuxcia), lisiantos brancos, perpetuas, rosas spray, sorriso de Maria e folhagens de eucaliptos deram aquele toque de glamour à Santa Tereza. O fundo musical foi grifado pela Orquestra Maximus. O casamento foi conduzido pelos padres Tiaraju e Eraldo Germano. O noivo, Pedro Henrique by Via Venetto, ao lado da mãe, Nazareth seguiu até o altar ouvindo o tema do filme Star Wars.

Fernanda Tartaruga (Foto: Fernando Machado)

E ao som da Marcha Nupcial de Felix Mendelssohn, surgiu pela nave central a noiva, Cristiane linda by Sposa, à côté o pai Marcos Antonio. Quando Cristiane e Marcos Antonio estavam próximos ao altar ouvimos a musica mais linda da noite: Ave Maria de Gounod. Cristiane e Pedro Henrique deixaram a Igreja, rumo ao salão de festas do próprio templo, onde receberam os cumprimentos, ao som de Lucky uma canção da cantora Britney Spears.

Helen Jamil Khoury e Marcos Hazin Asfora (Foto: Fernando Machado)

No salão de festas estava muito bonito graças ao decorador Rafael Santos. A Orquestra Maximus tocou para as danças. O bolo de a gente comer rezando para Santo Antônio, era uma verdadeira obra de arte, com arranjos de flores, foi grifado por Eliane e Jane Asfora. Gostaria de lembrar que Pedro Henrique, é neto de um casal que brilhou muito nosso mundo social: Carmen e Antônio Tartaruga.

Nazareth Lins de Queiroz e filho Pedro Henrique (Foto: Fernando Machado)

O bufê grifado pela Anthurios, leia-se Gilson Abreu, constou de coquetel (frios e quentes), bobó de carne seca, crepe francês de frango ao creme de queijo, sinfonia marítima, risoto de frango defumado com brócolis, salada de bacalhau, rocambole (bacalhau e frango), rondelli de presunto e queijo. Tudo isso regado por uísque John Walker e espumante Gran Legado. O cerimonial foi grifado pela Da 11Fonte & Nadal Cerimonial e Eventos.

Isabela Tartaruga (Foto: Fernando Machado)

Thiago Martins e Ana Carolina Lima (Foto: Fernando Machado)

  • 1 2 7