Fernando Machado

Blog

Tag lei

Noticias do Rio Grande do Norte

Enquanto a crise assola todo o país, o Rio Grande do Norte busca alternativas para o crescimento. E já está obtendo resultados. Graças a investimentos feitos no Turismo, o setor registrou um crescimento, em 2016, de 12% na captação de turistas estrangeiros enquanto todo o Nordeste teve queda de 7,25% e, no Brasil, esse índice cresceu apenas 4%, em relação ao ano de 2015. Esse foi somente um ponto dos números positivos elencados segunda-feira, quando o secretário de Estado do Turismo Ruy Gaspar apresentou um balanço dos investimentos aplicados no Turismo pelo Governo do RN, via programa Governo Cidadão.

O fim de semana será de muito lazer e artes variadas graças ao incentivo da Lei Djalma Maranhão, da Prefeitura do Natal. Tem também as atividades programadas pela Secretaria Municipal de Cultura de Natal/Fundação Cultural Capitania das Artes em diversos equipamentos públicos da cidade. São opções para todas as idades, gostos, estilos e em todas as regiões da cidade. A Djalma Maranhão é o programa de fomento cultural da Prefeitura do Natal que utiliza a renúncia fiscal municipal para a execução de projetos nas mais diversas áreas da Cultura. Hoje é o principal mecanismo de promoção cultural em Natal.

Noticias do Ceará

Começou segunda-feira, em Fortaleza, a etapa brasileira da Imagine Cup. A competição, que transforma projetos acadêmicos em startups de sucesso, acontece amanhã em quatro locais diferentes da cidade, reunindo 15 equipes que disputam o título da Copa do Mundo da Tecnologia. Os estudantes vêm de diferentes regiões do País e de universidades públicas e privadas. O evento é uma realização da Microsoft e do Governo do Ceará.

Humor e alegria desenharam a tarde desta segunda-feira, quando o governador do Ceará, Camilo Santana, sancionou o Projeto de Lei que denomina Ceará, Terra do Humor como Bem Cultural de Natureza Imaterial. Intitulada Lei Chico Anysio, em homenagem ao intérprete maranguapense, a lei, de autoria do deputado estadual Bruno Pedrosa, foi comemorada por humoristas do Estado em solenidade no Palácio da Abolição.

Nos bastidores da Política

Os aditamentos das operações de crédito do Fies dependem de aprovação de projeto de lei em tramitação no Congresso Nacional, porque a gestão do ministro Aloisio Mercadante deixou o programa sem recursos para novas vagas e sem orçamento para o pagamento da taxa de administração dos agentes financeiros. E ainda tem universitários que são petistas doentes. Nos informa o ministro de Educação, Mendonça Filho.

A Comissão Fulbright no Brasil oferece bolsas para professores e pesquisadores brasileiros em várias áreas de conhecimento. Os benefícios serão concedidos no âmbito do Programa de Intercâmbio Educacional e Cultural do governo dos Estados Unidos e têm como objetivo ampliar o entendimento entre a sociedade norte-americana e as de outros países. Informações no Erro! A referência de hiperlink não é válida.

Lei do Audiovisual & Aquarius

A imprensa brasileira é muito tendenciosa. Quando um grupo de pessoas ligadas aos movimentos sociais petista invadiu o Palácio do Planalto para pichar e desmoralizar a nossa democracia nenhum órgão publicou nada e claro a foto de jeito nenhum. Todavia um protesto de cinco artistas que receberam quase três milhões de reais da Lei do Audiovisual, do governo do PT, “regado a muito sorriso por parte dos atores que seguravam as placas rendeu várias manchetes no noticiário. No ato, o elenco do filme Aquarius denunciava em Cannes o que chamava de golpe, o mesmo impeachment que o PT pediu contra Collor, Itamar e FHC.”

alvorada-sitiado

O Palácio do Planalto, em Brasília, sendo invadido pelos movimentos sociais (Foto: Face)

– Mas as redes sociais são rápidas e logo descobriu-se que o projeto em questão, a apenas 13 dias do afastamento de Dilma Rousseff, foi autorizado pela Ancine a captar R$ 2,9 milhões via Lei do Audiovisual, que difere um pouco da Lei Rouanet. Cineastas costumam preferir a primeira porque, diferentemente da segunda, que banca por renúncia fiscal um máximo de 80% da produção, cobre com dinheiro público 100% do investimento feito por qualquer patrocinador que tope emprestar a marca para os créditos iniciais do filme.

cannes-reuters

O elenco do filme protestando contra o golpe, na verdade era por conta da dinheirama que vão perder (Foto: Reuters)

Pelas informações publicadas no Diário Oficial de 29 de abril passado, os produtores do filme Aquarius terão até 31 de dezembro de 2017 para captar junto a patrocinadores o total de R$ 2,9 milhões. Se conseguir, os cofres públicos serão usados para devolver aos anunciantes 100% do valor investido. Em outras palavras, até mesmo os 11 milhões de desempregados do Brasil correm o risco de estar pagando o salário dos atores que levantaram as placas em Cannes”. Este artigo foi publicado no blog O Implicante.