Fernando Machado

Blog

Tag icone

Alepe, Feitosa & Alvaro

A Assembleia Legislativa realizou quinta-feira, um Grande Expediente Especial para lembrar os cinco anos de atividades do Instituto de Cirurgia Ocular do Nordeste (ICONE). A homenagem foi sugerida pelo deputado Alberto Feitosa. Criada em 2014 pelo oftalmologista Álvaro Dantas, a unidade de saúde busca oferecer tratamento de alto nível com tecnologia avançada. O médico Álvaro Dantas atua nas áreas de catarata, cirurgia refrativa, glaucoma e ceratocone, sendo membro de várias sociedades internacionais.

O deputado Alberto Feitosa e o oftalmologista Álvaro Dantas (Foto: Roberta Guimarães)

Além de ter sido o primeiro hospital de olhos da Zona Sul do Recife, o ICONE é o primeiro Zeiss Reference Center da América Latina, conceito desenvolvido com a direção da empresa alemã para referenciar hospitais equipados com as melhores tecnologias. Também foi o primeiro hospital brasileiro a criar o conceito de máxima acessibilidade, sendo adaptado para receber o cadeirante com um equipamento que permite deslocamentos do paciente sem a necessidade de troca de cadeiras.

Álvaro, Karla Dantas, palestra & jantar

Jorge Pinho, Karla e Álvaro Dantas (Foto: Fernando Machado)

Álvaro Dantas, Roberto Galvão e Maria Clara Dantas (Foto: Sergio Bernardo)

O oftalmologista Álvaro Dantas by Canali e sua Karla by Fátima Scofield, comemoraram os cinco anos do Instituto de Cirurgia Ocular do Nordeste, o ICONE com um jantar dos mais categorizados, na Arcádia de Boa Viagem. Na ocasião tivemos a palestra de Wesley Barbosa, nordestino, da periferia de Alagoas, que com muito talento e determinação conquistou o Vale do Silício.

O ex-consul dos EUA no Recife, Chris Del Corso e o atual John Barrett  (Foto: Fernando Machado)

Emerson Pires e Wesley Barbosa (Foto: Fernando Machado)

A mestra da cerimônia foi Meire Lanunce, em grande noite num modelo preto e transparências, que convidou para um número de dança, a bailarina Natália Loose, que foi operada pelo oftalmologista  Álvaro Dantas de  miopia que a impedia de usar lentes de contato. Depois Álvaro, que é um gentleman fez uma homenagem a outro famoso oftalmologista, Roberto Galvão. O anfitrião da noite começou sua carreira na medicina trabalhando com ele.

Alvaro Dantas e a Diva da Imprensa Jô Mazzarolo (Foto: Fernando Machado)

O cirurgião plastico Mauricio Gama e sua Liana (Foto: Fernando Machado)

Na sequencia e por duas horas, Wesley Barbosa, o Executivo no Vale do Silício e mentor em desenvolvimento pessoal e de carreira, passeou pela tecnologia incentivando os convidados vencerem na profissão que escolheram para atuar. Ele é uma pessoa simples, apesar da sua fama internacional. No final foi aplaudido de pé. Impossivel citar presenças, pois o elenco era de primeiro nivel.

Juliana Lins Costa e Iranice Caribé (Foto: Fernando Machado)

Carol Loyo, Ana Luiza Lemos e Liliana Figueiredo (Foto: Fernando Machado)

Terminada essa parte subiu ao palco a banda Vintage Pepers com direito a um jantar, de a fazer inveja a Apicius, para 450 pessoas. No cardápio salada de folhas com grãos, temperadas no azeite; salada Monte Cristo; risot de pato, bacalhau a nata; filé de salmão ao vapor, folé mignon ao molho madeira; cenoura caramelada; cebola ao mel; arroz com amendoa. Para sobremesa mousse de queijo com calda de goiaba e mousse de chocolate.

Duda Haeckel e Marcelo Vieira (Foto: Fernando Machado)

Patrícia Brenneken e a filha Stephani (Foto: Fernando Machado)

Antes e durante a palestra foi servido diversos tipos de canapés, blinis com caviar, cestinha de Prima Donna no perfume de canela; geleia de maçã com gengibre, dadinho de tapioca com queijo de coalho; ragu de cordeiro com cuscuz marroquino. Não esquecer que o bolo comemorativo foi assinada por Lucinha Cascão e os docinhos de Lana Bandeira. A decoração foi grifada por Andréa Manzi.

Natalya Fonseca e Andre Ferreira (Foto: Fernando Machado)

A atuante Patrícia Batista (Foto: Fernando Machado)

Um ícone chamado Gloria Vanderbilt

A modelo Gloria Vanderbilt em dois looks (Fotos: Divulgação)

O mundo fashion perdeu ontem uma diva. Estamos nos referindo à norte-americana Gloria Vanderbilt, que apesar de ter nascido numa família milionária enveredou pelo mundo das passarelas, sendo uma modelo das mais requisitadas. Foi artista plástica, escritora e designer de moda e seus jeans marcaram época em todo mundo. Gloria era muito glamourosa e foi incluída nas listas das mulheres mais bem vestidas e das colunas sociais.

Gloria Vanderbilt apesar da idade era muito moderna (Foto: Divulgação)

Ontem, do alto dos 95 anos, Gloria Vanderbilt, faleceu depois de uma luta contra um câncer de estomago, em Nova Iorque. Ela foi casada quatro vezes e do ultimo teve dois filhos Carter e Anderson Cooper, que é o ancora da CNN. “Mamãe cresceu na França sem saber nada do dinheiro que herdaria aos 21 anos. Era uma mulher extraordinária que amava a vida e viveu como quis”, declarou seu filho Anderson Cooper na homenagem exibida pela CNN.

Gloria Vanderbilt e seu filho Anderson Cooper (Foto: Divulgação)

Parabéns, Jornal do Commercio!

Fiquei muito triste que o Jornal do Commercio na sua edição comemorativa de 100 anos não fez uma referencia ao ícone do jornalismo pernambucano Alex. Começou sua vitoriosa carreira em 30 de julho de 1958, fazendo uma coluna social aos domingos e a partir do dia 14 de setembro de 1958 passou a escrever diariamente, substituindo Nelbe Souza. No dia 27 de fevereiro de 1997 Alex foi demitido.

Alex no inicio de sua carreira (Foto: Acervo do blog)

Alex brilhou no auge, na decadência e na retomada. A coluna social está dividida entre antes e depois de Alex. Dos anos 50 até 70, ele reinou como cronista social. Foi até imortal da Academia Pernambucana de Letras. Suas listas de mulheres elegantes mexiam com a sociedade. Não esquecer suas crônicas sobre cinema. Na época que o JC estava falido a sociedade pernambucana comprava o jornal por conta da sua coluna social.

Alex na noite de autógrafos do livro Cadeira Vazia em 1968 (Foto: Acervo do blog)

Alex era imagem do Jornal do Commercio e vice versa. Lembro que certa vez a direção da empresa comunicou que não tinha dinheiro para pagar os funcionários da oficina. Ele não teve dúvida conseguiu a importância. Alex, você foi um monstro sagrado no jornalismo pernambucano. E encerro plagiando a música Naquela Mesa de Sergio Bittencourt: naquela edição está faltando ele.

  • 1 2 5