Fernando Machado

Blog

Tag faleceu

Noticias de Alagoas

Estudantes da rede estadual de Palmeira dos Índios estão desenvolvendo um produto inovador e bem nordestino. As alunas do ensino integral da Escola Estadual de Ensino Integral Graciliano Ramos pesquisam e trabalham em um xampu à base de palma e juá com fabricação 100% caseira. O trabalho é desenvolvido por Sabrina Duarte, Daysiane Lopes, Laísa Brandão, Lauane Melo, Paula Nunes e Renata Soares sob a orientação da professora Amparo Nunes.

O escritor Pedro Onofre (Foto: Divulgação)

O dramaturgo, escritor, poeta, cineasta, músico, jornalista, advogado e ativista cultural, Pedro Onofre, faleceu no dia 4 de julho, aos 82 anos, em Maceió. Natural de Maceió, nascido em 27 de junho de 1936, foi fundador da Academia Maceioense de Letras, em 1955, da Academia de Letras e Artes do Nordeste Brasileiro, no Recife, do Teatro Cultura do Nordeste, em 1959, e da Academia Alagoana de Cultura.

Fatos Diversos

Com muita tristeza informo que a grande atriz Cacilda Lanuza faleceu no dia 17 de junho em São Paulo. Nascida em Campina Grande (PB), em 1 de setembro de 1930, sua carreira deslanchou no Recife, a partir de 1950. Atuou por muito tempo na Radio Jornal do Commercio.

A notável atriz e apresentadora Cacilda Lanuza (Foto: Divulgação)

Entre os dias dia 30 de julho a 3 de agosto, serão definidos os três representantes de cada região de Pernambuco que vão disputar a final do Concurso Ler Bem, projeto social de incentivo à Leitura da Associação Pernambucana de Atacadistas e Distribuidores.

Rejane Vieira Costa: Miss Brasil de 1972

Hoje, faz 46 anos, que acontecia no Maracanãzinho, o concurso de Miss Brasil de 1972. Participaram do festival da beleza 26 candidatas. A vencedora foi Rejane Vieira Costa, Miss Rio Grande Sul, que foi coroada pela Miss Brasil de 1971, Eliane Parreira Guimarães. Em 2º lugar ficou Ângela Maria Favi (SP) que representou o Brasil no Miss Mundo, e em 3º Jane Vieira Macambira (GB), que representou o Brasil no Miss Internacional, também foi eleita Miss Simpatia. O show foi com Elza Soares, Beth Carvalho, Osmar Milito e o Quarteto Forma.

As candidatas desfilando na passarela (Foto: O Cruzeiro)

A comissão julgadora do Miss Brasil de 1972 (Foto: Manchete)

Rejane Vieira Costa nasceu no dia 15 de novembro de 1954 e faleceu no dia 26 de dezembro de 2013. Era vendedora de uma loja de sapatos quando foi convidada para ser Miss Pelotas. Ficou em segundo lugar no Miss Universo de 1972. Foi atriz da TV Globo nas novelas Ti, Ti, Ti, Felicidade, A Viagem, e Era Uma vez e cinema, quando atuou ao lado de Grande Otelo, no filme O Negrinho do Pastoreio. Casou com Rubens Goulart e Italo Granato. Deixou dois filhos Rodrigo e Julia.

Dois momentos da coroação: Eliane passando a faixa e a coroa para Rejane (Fotos: Manchete)

O júri foi presidido pelo Secretario de Turismo do GB, Rui Pereira da Silva e integrado pelos costureiros Marcilio Campos e Flávio Delgado, da modista Nicole de La Riviere, dos jornalistas Jorge Audi Justino Martins, da Miss Brasil de 1958 Adalgisa Colombo, das senhoras Maria Cecília Mendonça Mello e Maria Helena Brito, Felinto Rodrigues Netto, José Eduardo de Mello, Jorge Ferreira, deputado gaucho Victor Facioni, e o ator Jece Valadão.

Rejane de traje típico e com as misses Ângela Favi e Jane Macambira (Fotos: Manchete)

Depois dos desfiles de traje típicos, vestidos e maiôs Catalina, o júri escolheu o Top 8: Maria Bayma Souza Keth (CE), Maria Gariglio (ES), Jane Vieira Macambira (GB), Hilma Nascimento (MG),  Maria Madalena Jácome (PE), Rejane Vieira Costa (RS), Marlene Machado (SC) e Ângela Maria Favi (SP). Em 5º lugar ficou Maria Garigilio, em 4º Maria Madalena Jácome, em 3º Jane Vieira Macambira, em 2º Ângela Maria Favi e em 1º Jane Vieira Costa.

Jane Macambira, Hilma Nascimento, Madalena Jácome e Jane Vieira Costa (Fotos: Manchete)

Participaram do concurso Ana Maria do Rosário Lerner (Alagoas), Kátia Mara Houat (Amapá), Maria Suely Souza (Amazonas), Maria Adélia Junqueira (Bahia), Maria Bayma Souza (Ceará), Maria Célia Coelho Pereira (Distrito Federal), Maria Imaculada Gariglio (Espírito Santo), Maria Tereza Azevedo (Goiás), Jane Vieira Macambira (Guanabara), Fátima Elaine da Silva (Maranhão), Ivone de Barros (Mato Grosso), Hilma Nascimento (Minas Gerais).

Maria da Glória Carvalho, Miss Internacional de 1968; Rejane Vieira Costa e Lucia Tavares Petterle Miss Mundo de 1971 (Foto: Manchete)

Ainda Erinete Menezes Costa (Pará), Bernardete Fernandes Martins (Paraíba), Maria Dolores Peres Bordin (Paraná), Maria Madalena Jácome (Pernambuco), Carlota Maria de Carvalho (Piaui), Marli Pereira Carneiro (Rio de Janeiro), Tázia Bezerra de Sá (Rio Grande do Norte), Rejane Vieira Costa (Rio Grande do Sul), Kátia Fernanda Oliveira (Rondonia), Dacilda Socorro Amora (Roraima), Marlene Machado (Santa Catarina), Ângela Maria Favi (São Paulo), Jocenyr Monteiro Santos (Sergipe).

Flashes

Hoje, às 19h30, a Orquestra Criança Cidadã realiza concerto na Caixa Cultural Recife, sob regência do maestro Nilson Galvão Jr.

Lúcia e Gabriel Bacelar retornaram sexta-feira de um cruzeiro pelas Ilhas Gregas com parada em Lisboa, onde Gabriel festejou seu niver.

Faleceu ontem, Luiz da Costa Carvalho, figura de peso na sociedade pernambucana, tempos atrás.

Um lembrete, hoje, às 17h, no Boteco Porto Ferrero, Jacques Ribemboim lança seu livro Ensaios Judaicos.

Marlene e Carlos Antonio Domingues, Claudia e Mauro Alencar vão passar o São João na sua casa de campo de Gravatá.

Germana e Enio Carvalho estão em temporada de férias pela Itália. Depois esticam por outros países europeu.

Amanhã, às 18h, na Câmara Municipal do Recife, o juiz João Targino, recebe a Medalha do Mérito José Mariano.