Fernando Machado

Blog

Tag traje

Miss Brasil 2012

Hoje pela amanhã, no Centro de Convenções de Fortaleza, tivemos o desfile de alegorias, ops de traje típicos. Cada miss usando uma fantasia pior do que a outra. De traje típico somente o nome da categoria. Faltou originalidade, sobrou criatividade. Miss Pernambuco, Paula Lück, apesar do traje não ter sido estas coisas todas brilhou, pelo porte, beleza, altura e elegância.

paula-luck1
Paula Lück com seu traje em homenagem a Luiz Gonzaga (Fotos: Cortesia)

A Miss Rio de Janeiro, Rayanne Moraes, cujo esquema de protecionismo, por parte da coordenação do concurso, está a olhos vistos, até uma locutora da Band afirmou: “Você foi a melhor. Está sabendo dá o toque ao traje”, disse ela. Rayanne estava tão bem, mas também, que se desequilibrou e quase foi ao chão. Prevendo a vaia que deverá receber amanhã no Centro de Convenções, RM trouxe uma claque para aplaudi-la.

palco2
As misses e suas alegorias

Anteontem tivemos a sessão de medidas, a Miss Rio de Janeiro, quando tirou as plataformas, a fita métrica apontou 1m64. O coreografo que é norte-americano, do Miss Brasil elogiou o inglês de Paula Luck. Sorry, periferia. Já estou em Fortaleza no mesmo hotel das misses mas ainda não pude ver nenhuma delas.

Notícias da Paraíba

A Miss Paraíba 2012, Natália Oliveira, vai usar um traje típico no Miss Brasil que acontecerá no dia 29 de setembro, em Fortaleza, criado pelo estilista André Lyra, atualmente radicado no Rio de Janeiro. A roupa de Natália homenageará a pedra preciosa turmalina. Na Paraíba a turmalina foi descoberta em São José da Batalha em 1988. Quem nos informa é o coordenador do concurso Pedro Ferreira Neto.

pb-andre-lyra-natalia-oliveira
O estilista André Lyra dando os retoques finais no traje de Natália Oliveira (Foto: Cortesia)

O anúncio da retirada de um dos cinco voos da TAM do Aeroporto Internacional Presidente Castro Pinto, de João Pessoa, causou surpresa junto ao governo do Estado e nos representantes do trade turístico paraibano. A partir da próxima segunda-feira, o voo que chega ao aeroporto às 21h50 não será mais operado, segundo a empresa, que não explicou os motivos da medida.

Miss Brasil Latina é uma gaúcha

Uma gaucha linda, lembrando muito Natalia Glebova, Miss Universo de 2005, foi eleita terça-feira, no Teatro Guararapes, Miss Brasil Latina. Estamos nos referindo a jovem Cynthia Regert, que estuda psicologia e tem 20 anos de idade. Resultado muito justo. Os apresentadores do concurso foram os jornalistas Cristina Cadaval e Tádzio Estevam. Primeiro as 21 candidatas desfilaram com trajes típicos.

mi-coroacao
Cynthia Regert sendo coroada por Gabriela Marcelino Rocha (Foto: Fernando Machado)

Essa é a parte que detesto. Essa praga, porém é incluída em todos os concursos de beleza. Acontece que os estilistas confundem traje típico com alegoria. Os mais bonitos da noite, para mim, foram o da Bahia Renata Marzolla, e o do Rio Grande do Norte Priscila Durand. Todavia o concurso escolheu o a baiana e o da paraibana Sammires Albuquerque. A primeira usou uma roupa de candomblé e a segunda homenageou Ariano Suassuna.

mi-virginia-vetorazzi-cynthia-regert
Virginia Vetorazzi (Miss Brasil Panamericana) e Cynthia Regert (Miss Brasil Latina)

Depois elas entraram de traje de banho e como nos velhos tempos desfilaram com maiôs Catalina. A Miss Rio Grande do Norte, Priscila Durand, tinha um corpo lindo. Miss Pará, Ana Paula Silva Dias, errou o concurso, deveria ter concorrido a Miss Fitness. A pernambucana, Suzan Regina Silva, lembrava um pouco Roberta Close. Miss Santa Catarina, Eduarda Schneider, foi injustiçada em não ter sido incluída entre as 12 semifinalistas. Ano passado foi a gaúcha Virginia Vetorazzi.

mi-eduarda-scheinder
Miss Santa Catarina, Eduarda Schneider, a grande esquecida do júri

  • 1 8 9