Fernando Machado

Blog

Patrimônio Vivo de Pernambuco

Esta coluna aplaude a escolha do Maestro Ademir Araújo como Patrimônio Vivo do Estado de Pernambuco. Quem informou foi José Fernando de Souza, que o define como “uma criatura excepcional, daquelas cuja definição pode ser reduzida a poucas palavras: ele é um homem bom.” Compositor, instrumentista, arranjador, regente e, acima de tudo, mestre. Este é o folclorista Ademir Souza Araújo, Maestro Formiga, como também é conhecido. E como dizia o famoso pernambucano Chacrinha “ele merece”, ou então “Ele vai para o trono não vai?”

ademir-araujo-fernando-machado

Maestro Formiga (Foto: Fernando Machado)

Ademir Araújo que nasceu no Recife, em 15 de outubro de 1942, é um dos nomes mais respeitados do frevo, pela sua geração e por nomes da atual cena musical pernambucana. Músico autodidata, começou ainda muito jovem, vindo das bandas de música do Recife. Aos 19 anos, compôs o frevo No ano 2000, já demonstrando que sua mente irrequieta sempre mirou à frente do seu tempo. À frente da Orquestra Popular do Recife, Maestro Formiga tem feito trabalhos memoráveis, a partir da reinvenção do frevo, colocando-o em contato com o que há de mais contemporâneo na música.

0

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado.