Fernando Machado

Blog

Pausa poética

“Queixo-me às rosas, mas que bobagem / As rosas não falam / Simplesmente as rosas exalam / O perfume que roubam de ti, ai.” Cartola

0

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado.