Fernando Machado

Blog

Pausa Poética

“Fui como Cristo, na vida particular e também no futebol. Já sei que, quando os dirigentes tentam passar os jogadores para trás, eles chiam e dizem: vocês pensam que eu sou um Garrincha? É isso aí, gente boa, virei um símbolo do que não se deve ser na vida”. Garrincha (1933/1983)

 

0

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado.