Fernando Machado

Blog

Pausa Poética

“Eu nunca faria outro aborto. Arrependi-me o resto da vida por um que fiz. Acho que Deus me castigou depois, não me deixando completar a gravidez em 1948. Durante anos sonhei com o bebê não nascido e nunca mais pude ter outro filho”. Carmen Miranda (1909/1955)

0

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado.