Fernando Machado

Blog

Maria Raquel: Miss Brasil de 1965 

Sandra Rosa, Maria Raquel de Andrade e Berenice Lundardi (Foto: Manchete)

Sandra, Berenice, Marilena, Maria Raquel, Rosemary, Solange, Ilce e Marilda (Foto: Divulgação)

Há 53 anos, 40 mil pessoas testemunhavam, no Maracanãzinho, no Rio de Janeiro, Maria Raquel de Andrade, da Guanabara, ser eleita Miss Brasil 1965. A vencedora foi vaiada por quase 10 minutos, foi coroada pela Miss Brasil de 1964, Ângela Teresa Vasconcelos, do Paraná. Maria Raquel tinha 1m70 de altura, 90cm de busto e quadris, 56cm de coxa e 21cm de tornozelos. Em 2ª lugar ficou Sandra Penno Rosa (SP), e em 3º Berenice de Oliveira (MG).

Adail Franco, Mary Grace Oiticica Bandeira e  Jane Barbosa (Foto: O Cruzeiro)

Marilda Mascarenhas, Suely Tavares e Iassodara Cavalcante (Foto: O Cruzeiro)

O júri foi presidido pela escritora Dinah Silveira de Queiroz e contou ainda com a participação de Oscar Santamaria, Evandro Castro Lima, Claude Berr, Altamiro Rocha de Oliveira, Augusta Teixeira, Pomona Politis e Alberto DinesIlce Hasselmann, do Estado do Rio foi eleita Miss Simpatia e Miss Fotogenia. A favorita Marilene de Oliveira Miss Mato Grosso, ficou no quarto lugar e ganhou o prêmio de Melhor Traje Típico. Os apresentadores foram Paulo Max e Marly Bueno.

Solange Leão, Ilce Ione Hasselamnn, e Maria Aparecida Silva (Foto: O Cruzeiro)

Glauciene de Souza, Cleide Pedrosa e Rosemary Raduhy (Foto: O Cruzeiro)

O Top 8 foi formado por Marilda Mascarenhas (Bahia), Solange Leão (Espírito Santo), Ilce Ione Hasselmann (Estado Rio), Maria Raquel de Andrade (Guanabara), Marilena de Oliveira (Mato Grosso), Berenice Lunardi (Minas Gerais), Rosemary Raduhy (Paraná) e Sandra Penno Rosa (São Paulo). A Miss Espírito Santo era a mais alta com 1m70 e a Miss Sergipe a mais baixa com 1m62. A Miss Pernambuco tinha o maior busto 0,94cm, e as misses Mato Grosso e Alagoas os maiores quadris 0,96cm.

Alda Maria Simonette, Maria Graça Melo e Laurinete Bezerra (Foto: O Cruzeiro)

Tania Luppi, Aurian Chaves e Ana Maria Rocha (Foto: O Cruzeiro)

As 25 concorrentes foram Adail Franco (Acre), Mary Grace Oiticica Bandeira (Alagoas), Jane Fátima Barbosa (Amazonas), Marilda Mascarenhas (Bahia), Suely Tavares (Brasília), Iassodara Cavalcante (Ceará), Ilce Ione Hasselmann (Estado do Rio), Solange Leão (Espírito Santo), Maria Aparecida Silva (Goiás), Maria Raquel de Andrade (Guanabara), Sônia Maria Malta Mendes (Maranhão), Marilena de Oliveira Lima (Mato Grosso).

Sônia Pinho, Sandra Rosa e Maria Luiza Vieira da Cruz (Foto: O Cruzeiro)

Sonia Malta Mendes, Marilena de Oliveira Lima e  Berenice Lunardi (Foto: Cruzeiro)

Ainda Berenice Lunardi (Minas Gerais), Glauciene de Souza (Pará), Cleide Lira Pedrosa (Paraíba), Rosemary Raduhy (Paraná), Alda Maria Simonetti Maia (Pernambuco), Maria da Graça Melo (Piauí), Laurinete Bezerra (Rio Grande do Norte), Tânia Lupi (Rio Grande do Sul), Aurian Chaves (Rondônia), Ana Maria Rocha (Roraima), Sônia Maria Pinho (Santa Catarina), Sandra Penno Rosa (São Paulo) e Maria Luiza Vieira Cruz (Sergipe).

Maria Raquel de Andrade, Sandra Rosa, Berenice Lunardi e Marilena de Oliveira Lima (Fotos: Fatos & Fotos / O Cruzeiro)

Maria Raquel na capa de O Cruzeiro e na capa da Manchete sendo coroada por Ângela Vasconcelos

0
1 Discussion on “Maria Raquel: Miss Brasil de 1965 ”
  • Para a grega Kiriaki Tsopei, Miss Universo 1964, presente no Maracanãzinho, a candidata mais bela era Mary Grace Oiticica Bandeira, Miss Alagoas, depois Maria Raquel Helena de Andrade, Miss Guanabara, e adiante Marilena de Oliveira Lima, Miss Mato Grosso.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado.