Fernando Machado

Blog

Saudades do Rainha dos Jogos da Primavera 

O missólogo baiano, Roberto Macedo, sobre Ingrid Schmidt, que foi Miss Estado do Rio em 1955 e figurou no top 5 do Miss Brasil, escreveu “que ela fez história desde cedo. Em 1953, aos 15 anos, foi eleita a Rainha dos Jogos da Primavera. Os Jogos da Primavera foram idealizados e promovidos pelo jornalista pernambucano Mário Filho, para promover o esporte nas escolas do Rio de Janeiro. O concurso da Rainha dos Jogos da Primavera, associado ao evento esportivo, reunia as qualidades atléticas e a beleza da candidata, procurando atrair, bem ao estilo da época, a participação feminina nas atividades esportivas”.

Ingrid Schmdit Rainha dos Jogos da Primavera de 1953 (Foto: O Cruzeiro)

Ingridt Schmidt (1937/2008), para quem não sabe é mãe do velejador Lars Grael e avó de Martine Grael, que ganhou ouro na vela no Rio 2016. E ele prossegue: “Vale lembrar que o esporte para as mulheres não era muito praticado e nem bem visto, a ponto de anos antes, em 1941, um Decreto-Lei ter vedado a participação feminina em vários esportes, por considerar “inapropriado à condição feminina”. O concurso pretendia mostrar que as mulheres poderiam sim praticar esportes e ainda serem bonitas.

Margret Schmidt Rainha dos Jogos da Primavera de 1949/50 (Foto: O Cruzeiro)

E encerra: “Antes de Ingrid, sua irmã mais velha Margret Schmidt (1934/1961), foi eleita duas vezes (1949-1950) a Rainha dos Jogos da Primavera e, então, mudaram a regra. Não era mais possível a reeleição. Seguindo os passos de Margret, Ingrid também se candidatou, em 1953, concorrendo pelo Colégio Anglo-Americano, do Rio de Janeiro. A beleza marcante, associada ao seu desempenho esportivo na vela, natação, saltos ornamentais e esgrima, fez com que conquistasse o título com facilidade”.

0

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado.