Fernando Machado

Blog

Parabéns, Evaldo Costa!

O final de tarde de ontem foi dos mais importantes para nós pesquisadores. É que o governador Paulo Câmara inaugurou  a restauração da sede do Arquivo Público Estadual, na Rua do Imperador. A reforma, que custou R$ 400 mil, possibilitou que o edifício voltasse a ter as formas e as cores originais de 1930. Além das intervenções físicas, o órgão também passa por mudanças que proporcionarão mais velocidade e conectividade. Durante a solenidade, o chefe do Executivo estadual assinou três termos de compromisso referentes à digitalização e à gestão dos documentos.

d-evaldo-sota-paulo-camara-roberto-pereira

Evaldo Costa e Paulo Câmara diante da Galeria de ex diretores (Foto: Roberto Pereira)

O Arquivo Público de Pernambuco é uma memória viva do Estado, tendo um acervo muito grande da nossa história. Pela sua importância, precisava passar por restaurações. E, agora, o Arquivo terá a oportunidade de estar integrado com o que está acontecendo no mundo. Tudo isso a partir da digitalização e das novas formas de arquivar, pontuou Paulo Câmara, complementando que essa integração fará com que o órgão passe a ser mais acessível para a população.

d-paulo-ana-luisa-camara-evaldo-costa-nadya-alencar-roberto-pereira

Paulo e Ana Luiza Câmara, Evaldo Costa e Nadya Alencar (Foto: Roberto Pereira)

Informação importante: Quem for ao prédio do Arquivo Público simbolicamente pisará em parte de nossa história. Foi lá que ficou preso Frei Caneca. Precisa dizer mais alguma coisa? O blog estende o tapete vermelho para o seu gestor, o jornalista Evaldo Costa que compreendeu a importância da instituição. O Arquivo Público de Pernambuco foi criado no dia 4 de dezembro de 1945, de pelo interventor José Neves e teve como primeiro gestor Jordão Emerenciano.

0

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado.