Fernando Machado

Blog

Categoria Miss

Martha Rocha será sempre lembrada

Martha Rocha linda de maiô preto (Foto: O Cruzeiro)

Maria Martha Hacker Rocha que nasceu no dia 19 de setembro de 1936, em Salvador, na Bahia, filha de Hansa e Álvaro Rocha é a referencia da beleza brasileira. Foi eleita Miss Brasil, no dia 26 de junho de 1954 e ficou no segundo lugar no Miss Universo, realizado em Long Beach, na California, no dia 24 de julho de 1954.

O que é que a baiana tem (Foto: O Cruzeiro)

Casou-se no dia 2 de fevereiro de 1956 com banqueiro português Alvaro Piano, teve dois filhos Alvaro Luiz e Carlos Alberto. Pouco tempo depois ele faleceu num desastre de avião. Martha casou novamente, no dia 18 de maio de 1961, desta feita com o empresário Ronaldo Xavier de Lima e teve uma filha Claudia.

Miriam Stevenson que derrotou Martha Rocha em Long Beach (Foto: O Cruzeiro)

Atualmente está reclusa morando modestamente no Rio de Janeiro. Em 2016 colocou a filha na justiça por uma pensão alimentícia devido está passando necessidade. Teve câncer de mama, mas ficou curada e é artista plástica. Sem dúvida alguma Martha Rocha é o maior ícone de concursos de beleza do Brasil.

Martha sendo b eijada por Jeff Chandler e Tony Curtis em Hollywood (Foto: O Cruzeiro)

Miss e Mister Brasil CNB 2018

O concurso de Miss Brasil CNB (Concurso Nacional de Beleza) deverá acontecer em setembro, provavelmente no Nordeste, possivelmente com a presença da Miss Mundo de 2017, Manushi Chhilar, além da pernambucana Miss Mundo Brasil de 1958 Sonia Maria Campos, por sinal a primeira brasileira a disputar um Miss Mundo.

Sônia Maria Campos em traje de noite e banho, e com o troféu de Miss Brasil Mundo 1958 (Fotos: O Cruzeiro e Mundo Ilustrado)

Sonia Maria Campos ficou no 7º lugar do Miss Mundo de 1958. Ainda não foi definido o local, uma coisa é certa não acontecerá na mesma noite do Mister Brasil CNB. A Miss Brasil vai disputar o Miss Mundo, já os finalistas do Mister Brasil vão disputar os concursos de Mister Mundo, Mister Supranational, Mister Global e Mister International.

Miss Mundo de 1972

Malathi, Chana, Belinda, Ingeborg e Ursula (Foto: Concurso)

Há 45 anos, no Royal Albert Hall, em Londres, Belinda Roma Grenn, da Austrália, era eleita Miss Mundo de 1972. Em 2º lugar ficou Ingeborg Sorensen (Noruega), em 3º lugar Chana Oran (Israel), em 4º lugar Ursula Packer (Austria) e em 5º lugar Malathi Basappa (India).

A foto do grupo (Foto: Pagentopolis)

Lynda Carter dos Estados Unidos e Ângel Maria Favi do Brasil (Fotos: Internet)

O Brasil foi representado por Angela Maria Favi (SP). No Top 15 ficou Miss EUA, Linda Carter, que virou atriz do filme Mulher Maravilha. Lucia Petterle, Miss Mundo de 1971, não compareceu para coroar a vencedora. A Miss Hong Kong, Gay Mei-Lin, 24 anos, era uma transexual.

Miss Hong Kong Gay Mei-Lin (Foto: Getty Images)

Demi Peters é a Miss Universo de 2017

Domingo tivemos no The Axis, Planet Hollywood Resort and Casino, em Las Vegas, a escolha da Miss Universo de 2017. A vencedora foi Demi-Leigh Nel-Peters, da á Africa do Sul, que foi coroada pela Miss Universo de 2016, Iris Mittenenaare. O concurso foi apresentado pela terceira vez por Steve Harvey, com os comentários da modelo Ashley Graham nos bastidores e análise de Carson Kressley e Lu Sierra durante a transmissão. As atrações musicais foram com as cantoras Fergie e Rachel Platten.

O Top 5: Laura, Davina, Maria, Keysi e Demi (Foto: Concurso)

Participaram do concurso 92 candidatas e todas desfilaram no palco, pro forma, pois um júri tecnico já tinha defenido o Top 16. Maria Poonlertlarp (Tailândia), Christina Peiris (Sri Lanka), Davina Bennett (Jamaica), Ruth Quarshie (Gana), Demi-Leigh Nel-Peters (África do Sul), representantes da África, Ásia e Pacifico. Sofia Del Prado (Espanha), Cailin Aine Ni Toibin (Irlanda), Shannaelle Petty (Croácia) e Anna Burdzy (Inglaterra) pela Europa.

O cenário estava deslumbrante (Foto: AP)

Laura Gonzalez (Colômbia), Kára McCullough (Estados Unidos), Monalysa Alcântara (Brasil) e Lauren Howe (Canadá) pelas Américas. Rachel Peters (Filipinas), Keysi Sayago (Venezuela), Davina Bennett (Jamaica) e Rozette Qiu (China), pela repescagem. Na sequencia veio o Top 10: Keysi Sayago (Venezuela), Kára McCullough (Estados Unidos), Rachel Peters (Filipinas), Lauren Howe (Canadá), Demi-Leigh Nel-Peters (África do Sul), Sofia Del Prado (Espanha), Monalysa Alcântara (Brasil), Laura Gonzalez (Colômbia), Maria Poonlertlarp (Tailândia) e Davina Bennett (Jamaica).

Demi-Leigh Nel Peters sendo coroada por Iris Mittenaere (Foto: Concurso)

O traje típico mais bonito foi de Momoko Abe do Japão. No Top 5 ficaram Demi-Leigh Nel-Peters (África do Sul), Keysi Sayago (Venezuela), Maria Poonlertlarp (Tailândia), Davina Bennett (Jamaica) e Laura Gonzalez (Colômbia). No Top 3 ficaram Davina Bennett (Jamaica), Laura Gonzalez (Colômbia) e Demi-Leigh Nel-Peters (África do Sul). E o resultado final foi em 3º lugar Davina Bennett de Jamaica, em 2º lugar Laura Gonzalez (Colômbia) e a vencedora foi Demi-Leigh Nel-Peters da África do Sul.

Demi-Leigh Nel-Peters fazendo seu primeiro desfile como Miss Universo (Foto: Concurso)