Fernando Machado

Blog

Categoria Miss

Hoje é do Miss Universo de 2019

Hoje, à noite no Tyler Perry Studios, em Atlanta, na Geórgia, Estados Unidos, acontece o Miss Universo de 2019, com a participação de 90 candidatas. O apresentador mais uma vez é Steve Harvey. A vencedora será coroada pela Miss Universo de 2018, Catrione Gay das Filipinas. A primeira Miss Universo, neste formado, foi Armi Kuusela da Finlândia.

Miss Universo de 2018, Catrione Gay (Foto: Concurso)

A candidata mais velha são Cheslie Kryst dos Estados Unidos e Vartika Singh da Índia com 28 anos. As mais nova são Somnang Alyna de Camboja, Alfiya Yersayin do Cazaquistão, Sissie Luo do Guam, Stacy Michuki do Quênia com 18 anos. Até agora o Brasil venceu duas vezes. Em 1963 com a gaúcha Ieda Maria Vargas e em 1968, Martha Vasconcellos.

Miss Brasil-Europa de 2020

A baiana Martha Vasconcellos, Miss Universo 1968, que está em Lisboa, convidada do concurso Miss Brasil-Europa, que acontece hoje, no Casino Estoril e tem como tema o combate à violência contra a mulher. Participam do evento 18 brasileiras e filhas de brasileiros que vivem no Velho Continente. Ontem, Martha foi recebida na Embaixada do Brasil pelo titular Luiz Alberto Figueiredo Machado e pelo adido cultural Igor Trabuco Bandeira.

Martha Vasconcellos e Roberto Macedo em Portugal (Foto: Instagram)

Ali, fez uma palestra sobre a sua experiência como psicóloga em Boston, EUA, trabalhando quase uma década com mulheres vítimas de violência doméstica. O Miss Brasil-Europa é organizado por Márcia Damasceno e Ana Paula Schwartz e as candidatas usarão trajes de noite do estilista baiano Elcimar Badu. Com Martha, viajou o jornalista Roberto Macedo, que também fará parte do júri no concurso e profere palestra sobre A importância dos concursos de beleza para o fortalecimento do papel da mulher na sociedade.

Corinne Rottschafer é Miss Mundo de 1959

Apesar de ser o mais antigo concurso de internacional de beleza feminina, o Miss Mundo, criado pelo inglês Eric Morley, era o segundo em popularidade, perdendo para o Miss Universo. Pois bem, há 60 anos, no dia 10 de novembro, no Lyceum Theatre em Londres, foi eleita a mais bela do mundo Corinne Rottschafer, da Holanda. Participaram do festival de beleza 27 candidatas. A representante brasileira foi a pernambucana de Caruaru Dione Oliveira.

Uma foto oficial de todas as candidatas (Foto: Pageantopolis) Dione Oliveira é a quinta desse grupo de misses (Foto: Divulgação)

O Top 5: Anne Thelwell, da Inglaterra, Maria Elena Zapata do Peru, Corinne Rottscäffer da Holanda, Ziva Shomrat do Israel e Kirsten Olsen da Dinamarca (Foto: Divulgação)

No Top 12 ficaram: Moya Meaker (África do Sul), Helga Meyer (Alemanha), Amalia Yolanda Scuffi (Argentina), Kirsten Olsen (Dinamarca), Yakiathi Karaviti (Grécia), Corinne Rottschäfer (Holanda), Anne Thelwell (Inglaterra), Ziva Shomrat  (Israel), Sheila Chong (Jamaica), Maria Elena Rosell Zapata (Peru) e Vivien Lentin (Zâmbia).

Um grupo de candidatas, Dione é quarta da direita para a esquerda (Foto: Alamy)

E finalmente foi divulgado Top 5: No quinto lugar ficou Kirsten Olsen (Dinamarca), no quarto lugar Anne Thelwell (Inglaterra), no terceiro lugar Ziva Shomrat (Israel), no segundo lugar ficou Maria Elena Rosell Zapata (Peru) e a vencedora foi Corinne Rottschafer, (Holanda), que foi coroada pela Miss Mundo de 1958, Penelope Anne Coelen da África do Sul. Pela primeira vez o concurso foi transmitido pela BBC.

Dione Oliveira by Marcilio Campos (Foto: Divulgação)

Participaram do Miss Mundo: Amalia Yolanda Scuffi (Argentina), Helga Knofel (Áustria), Diane Hidalgo (Bélgica), Dione Brito Oliveira (Brasil), Huguette Demers (Canadá), Kirsten Olsen (Dinamarca), Margit Jaatinen (Finlândia), Marie Hélène Trové (França), Helga Meyer (Alemanha), Star Nyaniba Annan (Gana), Viola Howells (Gilbratar), Yakiathi Karaviti (Grécia), Margaret Moani Keala Brumaghim (Havai), Corinne Rottschafer (Holanda), Rosemary Lefebre (Honduras), Michelle Mok Ping-Ching (Hong Kong), Sigurbjörg Sveinsdóttir (Islândia), Fleur Ezekiel (India).

Um grupo de oito candidatas de traje típicios. Dione Oliviera é segunda da direita para a esquerda (Foto: Alamy)

Ainda Ann Fitzpatrick (Irlanda), Ziva Shomrat (Israel), Paola Falchi (Itália), Sheila Chong (Jamaica), Chieko Ichinose (Japão), Ufemia Jabaji (Jordânia), Seo Jung-ae (Coreia), Josee Pundel (Luxemburgo), Berit Grundvig (Noruega), Elvira dos Santos Encina (Paraguai), María Elena Rossel Zapata (Peru), Maria Teresa Motoa Cardoso (Portugal), Lilie Diaz (Porto Rico), Vivien Lentin (Zâmbia), Moya Meaker (África do Sul), Carola Håkonsson (Suécia), Anne Thelwell (Inglaterra), Loretta Powell (Estados Unidos) e Yvonne Kelly (Uruguai).

Assistam alguns momentos do Miss Mundo de 1959:

https://www.youtube.com/watch?v=uJ1i5IdeUO4

 

https://www.youtube.com/watch?v=tv5tgNJE-TM

 

Nellys Pimentel é a Miss Terra 2019

Ontem, na Cove Manila, em Okada Manila, nas Filipinas, Nellys Pimentel de Porto Rico, foi eleita Miss Terra de 2019, que foi coroada pela Miss Terra de 2018 Nguyên Phuong Khánh. Participam do concurso 85 candidatas. A Miss Brasil Maria Gabriela Batistela não chegou ao TOP 20.

Nguyên Phuong Khánh coroando Nellys Pimentel (Foto: Concurso)

Aliás, não consegui uma foto de Miss Brasil, no concurso, mas a deusa de ébano Evelyn Abena Appiah de Gana, ficou no TOP 20. Miss Terra Ar foi para Emanii Davis dos Estados Unidos. A Miss Água foi para foi para Klára Vavrusková da Republica Checa e a Miss Fogo foi para Alisa Manenok de Bielo Rússia.

Alisa Manenok, Nellys Pimentel, Emanii Davis e Klára Vavrušková (Foto: Concurso)

No Top 10 ficaram Alisa Manenok (Bielo Rússia), Fernanda Méndez Tapia (Chile), Emanii Davis (Estados Unidos), Nikki Prein (Holanda), Modupe Susan Garland (Nigéria), Tashan Kapene (Nova Zelandia), Krystyna Sokołowska (Polônia), Nellys Pimentel (Porto Rico), Klára Vavrusková (Republica Checa) e Anna Baksheeva (Rússia).

O Top 10 (Foto: Instagram)