Fernando Machado

Blog

Categoria Miss

Toni-Ann é a Miss Mundo de 2019

Caraibas, Tya Janè Ramey de Trinidad & Tobago; Américas Elís Miele Coelho do Brasil; Europa Ophély Mézino da França; Ásia Ophély Mézino da Índia;  África Nyekachi Douglas da Nigéria e Oceania Ophély Mézinoda Ilhas Cook (Foto: Concurso)

Ontem, no ExCel London, em Londres, no Reino Unido, tivemos a escolha da Miss Mundo de 2019. Participam do concurso 111 candidatas e a vencedora foi Toni-Ann Singh da Jamaica, que foi coroada pela Miss Mundo de 2018, Vanessa Ponce de León, do México. Em 3º lugar ficou Suman Rao da India e em 2º lugar Ophély Mézino da França. No 5º lugar ficaram Elís Miele Coelho do Brasil e Nyekachi Douglas da Nigéria.

O top 3 (Foto: Concurso)

No Top 12 ficaram Elís Miele Coelho do Brasil, Ophély Mézino da França, Suman Rao da Índia, Tajiya Eikura Sahay das Ilhas Cook, Toni-Ann Singh da Jamaica, Nyekachi Douglas da Nigéria, Maria Wavinya do Quênia, Ashley Alvídrez do México, Anushka Shrestha do Nepal, Michelle Dee das Filipinas, Alina Sanko da Rússia e Lương Thùy Linh do Vietnã. De parabéns as misses que usaram trajes típicos e não carros alegóricos. Estavam lindas.

Miss Brasil, Elís Miele, homenageou Pernambuco como passista de frevo (Foto: Reprodução)

Anntonia Porsild é Miss Supranational de 2019

As candidatas quando se preparava para a coletiva de imprensa (Foto: Concurso)

Sexta-feira, no MCK International Congress Centre, em Silesia, na Polônia, aconteceu à escolha da Miss Supranational de 2019. A vencedora foi Anntonia Porsild, que tem de 22 anos de idade e 1m73 de altura, que representou a Tailândia. Participaram do concurso 77 candidatas. O melhor Traje Típico foi de Dariana Urista do México, a Miss Talento foi Namoi Huth de Singapura, a Miss Elegância foi Nathalie Yasmin da Holanda e a Miss Fotogenia foi Vivi Altonen da Finlândia.

Gabriela de la Cruz, Janick del Castillo, Anntonia Porsild, Jesica Martasari e Yana Haenisch (Foto: Concurso)

No Top 10 ficaram Yaiselle Tous da Colômbia, Regina Gray dos Estados Unidos, Jesica Fitriana Martasari da Indonésia, Yana Haenisch da Namíbia, Krysthelle Barretto do Panamá, Janick Maceta Del Castillo do Peru, Hana Vagnerova da República Checa, Anntonia Porsild da Tailândia, Gabriela De La Cruz da Venezuela e Ngoc Chau do Vietnã.

Gabriela de la Cruz, Nathalie Yasmin e Ngoc Chau (Foto: Concurso)

O top 5 ficou assim: no 5º lugar Gabriela De La Cruz da Venezuela, no 4º lugar Janick Maceta Del Castillo do Peru, no 3º lugar Jesica Fitriana Martasari da Indonésia, no 2º lugar Yana Haenisch da Namíbia e no 1º lugar Anntonia Porsild da Tailândia, que foi coroada pela Miss Supranational de 2018, Valéria Vázquez de Porto Rico.

Miss Brasil, Fernanda Souza não chegou nem ao Top 25 (Foto: Instagram)

Hoje é do Miss Universo de 2019

Hoje, à noite no Tyler Perry Studios, em Atlanta, na Geórgia, Estados Unidos, acontece o Miss Universo de 2019, com a participação de 90 candidatas. O apresentador mais uma vez é Steve Harvey. A vencedora será coroada pela Miss Universo de 2018, Catrione Gay das Filipinas. A primeira Miss Universo, neste formado, foi Armi Kuusela da Finlândia.

Miss Universo de 2018, Catrione Gay (Foto: Concurso)

A candidata mais velha são Cheslie Kryst dos Estados Unidos e Vartika Singh da Índia com 28 anos. As mais nova são Somnang Alyna de Camboja, Alfiya Yersayin do Cazaquistão, Sissie Luo do Guam, Stacy Michuki do Quênia com 18 anos. Até agora o Brasil venceu duas vezes. Em 1963 com a gaúcha Ieda Maria Vargas e em 1968, Martha Vasconcellos.

Miss Brasil-Europa de 2020

A baiana Martha Vasconcellos, Miss Universo 1968, que está em Lisboa, convidada do concurso Miss Brasil-Europa, que acontece hoje, no Casino Estoril e tem como tema o combate à violência contra a mulher. Participam do evento 18 brasileiras e filhas de brasileiros que vivem no Velho Continente. Ontem, Martha foi recebida na Embaixada do Brasil pelo titular Luiz Alberto Figueiredo Machado e pelo adido cultural Igor Trabuco Bandeira.

Martha Vasconcellos e Roberto Macedo em Portugal (Foto: Instagram)

Ali, fez uma palestra sobre a sua experiência como psicóloga em Boston, EUA, trabalhando quase uma década com mulheres vítimas de violência doméstica. O Miss Brasil-Europa é organizado por Márcia Damasceno e Ana Paula Schwartz e as candidatas usarão trajes de noite do estilista baiano Elcimar Badu. Com Martha, viajou o jornalista Roberto Macedo, que também fará parte do júri no concurso e profere palestra sobre A importância dos concursos de beleza para o fortalecimento do papel da mulher na sociedade.