Fernando Machado

Blog

Viva Nossa Senhora da Penha!

Domingo aconteceu o encerramento das comemorações da Festa de Nossa Senhora da Penha. Às 10h tivemos uma missa solene presidida pelo Frei Rubival Cabral Britto, Provincial dos Capuchinhos da Bahia e Sergipe. Como a Basílica ainda está restauro, e ninguém sabe quando vai terminar, porque Fred Almeida do IPHAN, está criando muitas dificuldades, a cerimônia aconteceu no galpão.

i-frei-franklin-diniz-rubival-cabral-britto-luiz-de-franca
Freis Franklin Diniz, Rubival Cabral Britto e Luiz de França (Fotos: Fernando Machado)

O altar estava com uma decoração muito bonita graças ao Frei Bosco Alves da Paz. Todo ele em crisântemos, gladíolos e rosas (brancas e amarelas). A primeira leitura foi feita pela senhora Dulce Moreira, o Salmo foi cantado por Daniela Oliveira, a segunda leitura pelo Frei Rufino e o Evangelho pelo Frei Jociel Silva. A homilia de Frei Rubival foi muito boa. O cerimonial foi assinado pelo Frei Edvan Santos.

i-jociel-silva-rubivalcabral-britto-rufino
Freis Jociel Silva, Rubival Cabral Britto e Ademir Oliveira

Coube ao Frei José André Soares reger o coral formado por 35 vozes. Na entrada cantaram Quem é esta que refugio, depois se seguiram os cânticos Maria Mãe da Vida, Banhados em Cristo, Glória a Deus nos Altos Céus, Onde há o Amor e a Caridade Deus ai está, a Magnificat, Eu sou o pão e encerrou com o Hino da Padroeira. Sim também foi cantado o hino mais antigo a Nossa Senhora: Oh, Santíssima!

i-edvan-bosco-alves-da-paz-andre-soares
Freis Edvan Santos, Bosco Alves da Paes e André Soares

O Provincial da Basílica da Penha, Frei Luiz de França, está de parabéns pela programação que durou uma semana. Os fiéis diariamente lotavam o local para as missas e orações. Tive a honra de almoçar no claustro ao lado dos freis Rubival, Luiz de França, Franklin, Jociel Silva, entre outros, da jornalista Jô Mazzarolo e da advogada Angela Souza.

i-lindalva-domingos-moreira
O casal Lindalva e Domingos Moreira que prestigia sempre os Capuchinhos

Às 16h aconteceu a procissão pelas principais ruas do centro do Recife. O andor estava belíssimo e foi executado pelas mãos dos Freis Bosco, Claudio e Diniz. Os fiéis, e bote fieis nisso, mais uma vez deram prova de devoção à Nossa Senhora da Penha. Um momento para se guardar com muito carinho.

i-andor-5
O andor de Nossa Senhora da Penha na procissão pelas ruas do Recife

0

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado.