Fernando Machado

Blog

Turíbio e Zezinho sobem ao altar

O século 21 chegou oficialmente ao Recife sexta-feira, quando os arquitetos Zezinho Santos e Turíbio Santos oficializaram a união na Coudelaria Souza Leão, no bairro da Várzea. O coreografo russo Sergei Diaghilev (1872-1929) deve estar morrendo de inveja, porque tinha um “caso” com o famoso bailarino Vaslav Nijinsky (1890-1950) e nunca pode assumir. Agora Turíbio e Zezinho conseguiram acabar com este tabu.

g-turibio-zezinho-santos-maristela-beltrao
Turibio Santos e Zezinho Santos sentados ouvem a pregação do pastro (Foto: Maristela Beltrão)

A cerimônia que reuniu cerca de 800 pessoas foi dos mais bonitas. O altar foi colocado sob uma centenária árvore, cujo tronco estava coberto de gérberas num degradée de vermelho até alcançar o amarelo. Quando a iluminação by Mano, foi acionada lembrava os filmes de Hollywood. Dos galhos caiam dois lampadários e três turíbulos no estilo barroco do século 18, do antiquário baiano Itamar Musse.

g-marina-paiva1
A senhora Marina Paiva (Foto: Fernando Machado)

A cerimônia que fez o Recife tremer começou com 5 minutos de atraso. Antes tivemos um verdadeiro concerto da Orquestra Sinfônica de Alexandre Lemos. Para a chegada dos convidados ela executou as valsas Bela Adormecida de Tchaikovsky, Lenta de Offenbach, Mussete de Puccini, Lago dos Cisnes de Tchaikovsky e Fausto de Gounod.

g-denise-de-araujo
A socialite paulista Denise de Araújo (Foto: Fernando Machado)

Os padrinhos entraram pelo corredor principal da capela cenográfica até o altar ao som da Entrada dos Mestres Cantores de Wagner. Os irmãos foram embalados pelas Bachianas de Villa Lobos. Os pais tendo como fundo musical Rhapsody in Blue de Gershwin. E finalmente Turibio e sua mãe Maria Silvia Rocha dos Santos by Issey Miyake, Zezinho, e sua mãe Lilia Santos by Huis Clois, caminharam pelo tapece branco de mãos dadas.

g-miguel-falabela-aracy-balanabian
Miguel Falabela e Aracy Balabanian diante do altar (Foto: Fernando Machado)

O pastor da Igreja Cristã Inclusiva Ricardo Nascimento foi quem presidiu o ritual. Os noivos vestidos de branco by Ermenegildo Zegna, sentaram em dois pufes (posicionados diante de uma mesa amarela no estilo Chipandelle, onde repousava a Bíblia) de acrílico assinados pelo designer francês Phelippe Stark. José Santos e Maria Silvia Santos deram uma prova de coragem ao saudar os filhos com palavras carinhosas. Terminada a união e ao som da música Ode à Alegria de Beethoven, os céus ficaram iluminados por fogos de artifícios por 5 minutos.

g-jose-santos-silvia-santos
O pai de Zezinho, José Santos e a mãe do Turibio, Maria Silvia Santos (Foto: Fernando Machado)

Não esquecer que os convidados pareciam flutuavar sob um céu sem estrelas, afinal de contas elas estavam no altar, mas testemunhada por uma linda lua cheia. Pelo lado direito todos se debruçaram sobre um Recife iluminado, tendo como cenário os skyline dos edifícios da Praia de Boa Viagem. Steven Spielberg ficaria feliz em descobrir este set para um dos seus filmes.

0

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado.