Fernando Machado

Blog

Tititi do culto

Protestantes que participaram do culto evangélico promovido pela Polícia Militar, domingo, na frente do Quartel do Derby, estão revoltados com a organização do evento, afirmando que foram convidados a reverenciar o nascimento de Cristo mas terminaram sendo bombardeados pela propaganda insistente da Assembléia de Deus, que dominou toda a celebração, sem respeitar os presbiterianos, batistas e integrantes de outras denominações evangélicas.

Segundo os queixosos, durante todo o culto um telão projetava o nome da Assembléia de Deus em todas as janelas do prédio central do quartel, quando deveriam reproduzir o nome de Jesus, o verdadeiro homenageado da noite. A Assembléia de Deus é considerada uma seita pentecostal por grande parte dos evangélicos tradicionalistas, por ter sido criada em 1910, em Belém do Pará, por dois pastores norte-americanos expulsos de uma congregação Batista do Michigan, nos Estados Unidos. Com a palavra a União dos Evangélicos da PMPE que organizava o culto de Natal desde a criação dele, em 1994.

0

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado.