Fernando Machado

Blog

Tag voluntária

Nos Bastidores da Política

Até fevereiro de 2022, o Pátria Voluntária vai arrecadar itens de vestuário e roupas de cama e banho para destinar aos moradores das cidades de Minas Gerais e Bahia que foram afetados pelas chuvas no mês de dezembro. A campanha acontece em parceira com ANATEL, Casa Civil da Presidência da República, Cruz Vermelha Brasileira, DNIT, Polícia Rodoviária Federal, e Ministérios do Desenvolvimento Regional, da Cidadania, da Defesa e da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos. Além disso, caso surja a necessidade de ações emergenciais no Rio de Janeiro e no Espírito Santo, devido às chuvas de verão, conforme alertas da Defesa Civil, a campanha poderá ser estendida. Qualquer pessoa ou empresa que queira participar doando esses itens, pode procurar os pontos de coleta mais próximos.

O ministro Marcelo Queiroga sempre atuante pela nossa saúde (Foto: Walterson Rosa)

Para beneficiar milhares de pacientes renais crônicos em todo Brasil, o Ministério da Saúde reajustou em 12,5% os valores para custeio de serviços de hemodiálise e 24,3% para diálise peritoneal pelo SUS. Na manhã ontem, o ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, assinou a portaria que autoriza o reajuste. O impacto financeiro anual com os novos valores é de R$ 401 milhões, dos quais R$ 369,9 milhões são para hemodiálise e R$ 31,1 milhões para diálise peritoneal. Atualmente, 723 estabelecimentos de saúde estão habilitados para o cuidado desses pacientes. Desses, 688 oferecem a diálise peritoneal. O SUS conta, atualmente, com mais de 26,3 mil máquinas de hemodiálise pelo país. A estimativa é que 184 mil brasileiros estejam passando por alguma Terapia Renal Substitutiva, ou seja, quando há a necessidade de suprir a função dos rins em pacientes que apresentam falência renal aguda ou crônica.

Nos Bastidores da Política

O Marco Legal das Ferrovias, criado a partir da Medida Provisória 1.065/2021, terá como consequência o aumento dos investimentos privados no setor ferroviário. A medida, assinada pelo presidente da República, Jair Bolsonaro, e os ministros da Economia, Paulo Guedes, e da Infraestrutura, Tarcísio Gomes de Freitas, reduz a burocracia para a construção de novas ferrovias e inova no aproveitamento de trechos ociosos e na prestação do serviço de transporte ferroviário. Uma das mudanças trazidas pela MP refere-se à permissão da construção de novas ferrovias por autorização, à semelhança do que já ocorre na exploração de infraestrutura em setores como telecomunicações, energia elétrica, portuário e aeroportuário. Também poderá ser autorizada a exploração de trechos sem operação, devolvidos, desativados ou ociosos.

O programa Pátria Voluntária, do Governo Federal, iniciou uma campanha para arrecadar brinquedos para crianças em situação de vulnerabilidade social atendidos por instituições de todo o País. A arrecadação de carrinhos, bolas, bonecas, jogos educativos e pelúcia acontece até o próximo dia 1° de outubro. O objetivo é presentear os pequenos no Dia das Crianças, comemorado em 12 de outubro. Os itens serão doados para instituições estiverem cadastradas na plataforma do programa que atendam aos critérios e estejam inscritas na campanha. A inscrição pode feita por meio de um link que será enviado pelo Pátria Voluntária no e-mail das entidades. Informa a presidente do conselho do programa Pátria Voluntária, Michelle Bolsonaro.

Dona Lia: um nome que a história guardou

Uma nuvem de tristeza encobriu os amigos e a família da senhora Lia de Brito Alves, ontem, por conta da sua morte. Dona Lia, foi uma figura especial. Era uma grande dama, além de ser elegante e religiosa era filantropa. Têm pessoas que partem e a gente nem sente, mas outras, quando se vão, levam um pouco de nós.

Antônio de Brito Alves e dona Lia, em 1951 (Foto: Acervo da família)

Dona Lia faz parte desse segundo bloco. Era viúva do jurista Antonio de Brito Alves, mãe de José (conhecido por Manito) e de Marta. Deixou cinco netos e cinco bisnetos. No dia 9 de maio, Marta Freire comemorou o centenário de Dona Lia, com happy hour dos mais categorizados.

Com seu olhar voltado para os mais necessitados, atuou como voluntária do Banco da Providência e da Creche Menino Jesus. Depois, dedicou-se por cinco anos, de corpo e alma, ao Lar do Nenen. Foi dona Lia quem adquiriu a sede própria, da entidade, na Torre. Sem, dúvida um nome que a história guardou.

Para Alba Souza Leão Richburg

b-alba-souza-leao-richburg

Alba Souza Leão Carneiro Richburg (Foto: Fernando Machado)

Fazia 24 anos que estive com a Miss Pernambuco de 1955, Alba Souza Leão Richburg. Pois ontem, bati o maior papo com ela, que está de férias no Recife. Veio de San Antônio, no Texas, para a festa de aniversário de sua irmã, Dercy. Alba veio com as filhas Eva Tannehill (é mãe da modelo Samantha), e Guiomar Kittriell, além do sobrinho Sérgio. A outra filha Catherine, não pode acompanha-la.

b-guiomar-kittrell-eva-tannehill-alba-richburg-sergio-souza-leao

Alba com as filhas Guiomar e Eva e o sobrinho Sergio (Foto: Fernando Machado)

Ontem, o clã Richburg almoçou no Restaurante Leite, local onde os seus pais, Guiomar e Albertino, o faziam aos sábados. À noite fui jantar no Bercy com Alba, Eva, Guiomar, Sérgio e Fernanda Muniz e Paulo Sérgio Melo. Ela me contou que era soprano e pianista, renunciou ao titulo de Miss Pernambuco, para casar com o tenente da Marinha dos Estados Unidos, Harry Richburg,.

b-ana-carla-teixeira-eva-tennehill-guiomar-kittrell-alba-souzaleão-richburg-fernanda-muniz

Ana Carla Teixeira, Eva, Guiomar e Alba Richburg com Fernanda Muniz (Foto: Fernando Machado)

Alba e Harry se casaram no dia 16 de julho de 1955, na capela da Estação Rádio Pina. Até pouco tempo atuava como voluntária de uma comunidade Católica, em San Antônio, assistindo idosos. O vestido que Alba Souza Leão Carneiro usou no concurso de Miss Pernambuco, que aconteceu nos salões do Clube Náutico Capibaribe, no dia 21 de maio de 1955, foi criado e confeccionado por sua mãe, Guiomar Souza Leão Carneiro. Amanhã Alba estará voltando para os Estados Unidos.

b-paulo-sergio-melo-fernanda-muniz-sergio-souza-leão-ana-carla-teixeira

Paulo Sérgio Melo, Fernanda Muniz, Sergio Souza Leão e Ana Carla Teixeira (Foto: Fernando Machado)