Fernando Machado

Blog

Tag vereadores

Noticias do Rio Grande do Norte

O prefeito Carlos Eduardo Alves assinou ontem o projeto de Lei que cria o Plano Municipal de Cultura, documento de planejamento estratégico para os próximos dez anos para o segmento cultural da cidade e parte integrante do futuro Sistema Municipal de Cultura. Na ocasião, o chefe do Executivo municipal entregou o Plano ao presidente da Câmara de Vereadores, Franklin Capistrano. A solenidade foi realizada no Salão Nobre da Prefeitura do Natal e contou com a participação de secretários de governo, vereadores e representantes dos mais diversos segmentos culturais da cidade.

Um levantamento conduzido pela Confederação Nacional do Transporte apontou uma melhoria na malha viária do Rio Grande do Norte. No recorte de 10 anos, a pesquisa mostrou que a qualidade das estradas potiguares classificadas como boa/ótima saiu de 166 km em 2005 para 759 km em 2015. De acordo com o diretor geral do Departamento de Estradas de Rodagem, Ernesto Fraxe, parte da avaliação positiva é explicada pela atuação do DER, que no ano passado conseguiu recuperar ou manter conservação em 500 km de vias, com efeito direto nas pistas de rolamento. As rodovias no estado perfazem 4.554 quilômetros.

Marilia & Luiz Felipe

No dia 14 de abril teremos um casamento dos mais importantes. Estamos nos referindo ao dos vereadores Luiz Felipe Pontes e Marilia Arraes. A cerimônia religiosa acontecerá na Capela de São Benedito construída no século XVIII e será presidida por Padre Luciano.

luiz-felipe-pontes-marilia-arraes

Luiz Felipe Pontes e Marilia Arraes (Foto: Fernando Machado)

A recepção será nos arredores da capela, ou melhor na casa da avó materna, Vilma Rocha, viúva do primeiro psicanalista infantil de Pernambuco, Zaldo Rocha, na Praia dos Carneiros. E o melhor será somente para 300 convidados. Mais chique impossível.

Futebol Solidário

A equipe do Sintepav foi a campeã do Futebol Solidário 2013. Na final a Sintepav venceu a equipe da Imprensa por 3×2. Aliás a Imprensa tinha vencido a Força Sindical por 5×1. O evento teve a coordenação dos jornalistas Jamildo Melo, Carlos Morais e Fernando Fagundez. Muitos alimentos foram arrecadados mais uma vez para os municípios atingidos pela seca.

imprensa

O time da Imprensa, que foi vice-campeã (Foto: Cortesia)

O futebol contou com a presença dos vereadores Eduardo Chera e Aderaldo Pinto, do deputado Sérgio Leite. Aldo Amaral, presidente do Sintepav e da Forca Sindical, ofereceu um café da manhã, no Clube do Sintepav, em Nova Cruz, dos deuses. O deputado Sérgio Leite reforçou o time da Imprensa, pois a dos políticos foi desclassificada por WO.

Nos bastidores da Política

A presidente Dilma Rousseff falou à nação, ontem, à noite, e não acrescentou nada. Não criticou os políticos, alvo dessa manifestação toda, apenas condenou os vândalos, uma minoria, que deve ter sido encomendada pelo próprios políticos do PT, pois são especialistas de arruaças, para empanar o brilho da juventude brasileira que está acordando. No final entendi que ela vai pedir aos governadores e prefeitos que podem a policia na rua para castigar os manifestantes. Coisas que ela e sua entourage, condena sempre, por conta da Ditadura Militar.

Os governadores de São Paulo Geraldo Alckmin, do Rio de Janeiro Sergio Cabral e o da Bahia Jaques Vagner, que tanto criticam a ditadura, mandou suas Policias Militares agredirem, sem dó e piedade, os manifestantes pacíficos da passeata de quinta-feira. O secretário de Segurança do Rio Janeiro, José Mariano Beltrame, achou pouco e elogiou os soldados pelas porradas nos estudantes que pacificamente estavam no bar. Já os vândalos que destruíam tudo pela frente nenhum foi preso. Uma vergonha.

A União dos Vereadores de Pernambuco vai promover um encontro de vereadores entre os dias 28 e 29 de junho, em Caruaru. Com diárias pagas pelos cofres públicos, muitos vereadores devem participar do encontro, pois também não querem perder as festas de encerramento na ex Capital do Forró. São por essas e outras espertezas que o povo está protestando nas ruas. E o governo federal ainda sabe o porquê das manifestações.