Fernando Machado

Blog

Tag vencedora

Vera 2º lugar do Miss Beleza Internacional de 1961

Sigrun, Maria, Stam, Vera e Edna (Foto: Divulgação)

Há 60 anos, acontecia no Municipal Auditorium, em Long Beach, na Califórnia, o II Miss Beleza Internacional. Participaram do Festival da Beleza 52 candidatas. A vencedora foi a represente da Holanda Stam van Baer. A brasileira Vera Maria Brauner Menezes (1942/2012) ficou no segundo lugar. Stam foi coroada pela colombiana Stella Marquez, Miss Beleza Internacional de 1960.

Foto oficial de parte das candidatas (Foto: O Cruzeiro)

Depois do desfile de traje típico, de saiote e de traje de gala, o apresentador Byron Palmer, apresentou o Top 15: Renate  Moller (Alemanha), Vera Brauner Menezes (Brasil), Edna MacVicar (Canadá), Kamala Athauda (Ceilão), Maria Cervera Fernández (Espanha), Marja Ryönä (Finlândia), Stam van Baer (Holanda), Dalia Lion  (Israel), Irene Kane (Irlanda), Sigrun Ragnarsdóttir (Islandia), Helen Tan Hong Lean (Malasia), Aase Schmedling (Noruega), Ângela Alcové (Panamá), Gladys Fernández (Paraguai) e Dolly Ma (Tailândia).

Foto oficial das demais candidatas (Foto: O Cruzeiro)

Também divulgou que Miss Simpatia foi Mónica Moore Davie do Uruguai, a Miss Fotogenia e o melhor corpo foram para Constance van Baer da Holanda e a Miss Mais Popular foi Tahia Piehi do Taiti. O vestido mais bonito e o melhor traje típico foram os de Edna MacVicar do Canadá. Miss Israel, Dalia Lion, ao confessar que era fã do ator Jeff Chandler (1918/1961), recebeu a visita da mãe ator e a presenteou com um foto do astro.

Stam van Baer de saiote e vestido (Foto: O Cruzeiro)

Finalmente foi divulgado o resultado final. O 5º lugar foi para Sigrun Ragnarsdóttir da Islândia), o 4º lugar foi para Edna MacVicar do Canadá, o 3º lugar foi para Maria Cervera Fernández da Espanha, o 2º lugar para a belíssima Vera Maria Brauner Menezes do Brasil e a Miss Beleza Internacional de 1961, foi Stam van Baer da Holanda.

Vera Maria Brauner de Menezes de saiote e vestido (Foto: O Cruzeiro)

Lêda Brandão Rau é a Miss Distrito Federal de 1956

Todas as candidatas no palco (Foto: O Cruzeiro)

Hoje, faz 65 anos, que acontecia no Hotel Quitandinha em Petrópolis, o concurso de Miss Distrito Federal de 1956, coordenado por Orlando Mota. Os apresentadores foram Lourdes Mayer e Murilo Néri, contou com a participação de 17 candidatas. Na comissão julgador Francisco Negrão de Lima – Prefeito do Distrito Federal, Flávio Castrioto – Prefeito de Petrópolis, Dinah Silveira de Queiroz, Herbert Moses, A. Accioly Netto, Malba Tahan, João Calmon, Alfredo Elchemer, e Alfred Blum.

O Top 4: Dirce, Beatriz, Sylda e Lêda (Foto: O Cruzeiro)

A vencedora foi Lêda Brandão Rau, do Marã Esporte Clube, que recebeu a faixa da Miss DF de 55, Elvira Wilberg; em 2º lugar ficou Sylda Campbell Pamplona do Clube Militar, em 3º lugar ficou Beatriz de Carvalho Peixoto do Vasco da Gama, e em 4º lugar ficou Dirce de Lima Moura do Clube Caiçaras. As candidatas foram Lêda Brandão Rau (Marã Esporte Clube), Sylda Campbell Pamplona (Clube Militar), Beatriz de Carvalho Peixoto (Vasco da Gama), Dirce de Lima Moura (Clube Caiçaras), Elza Lya Potthoff (AABB), Maria de Fátima Baird Rosas (Curso de Biblioteconomia da Biblioteca Nacional), Lair Moreira (Madureira Tênis Clube).

Lêda Brandão Rau tinha 1m65, 57 quilos, busto 90, quadris 93 e cintura 60 (Foto: Manchete)

E Lygia Maria Galdi (Grajaú Tênis Clube), Stella Mariza (Marise) de Miranda (Faculdade Nacional de Filosofia), Arisni Maria Aquino de Oliveira (Clube Municipal), Tânia Nizzo (Botafogo Futebol e Regatas), Maria Eloá Menezes de Castro (Fluminense Futebol Clube), Selma de Azevedo Fonseca (Clube dos Funcionários do IAPETC), Tutsi Bertrand (Sociedade Hípica Brasileira), Gilda da Silva Veloso (Clube Leblon), Manira Curi (Associação Atlética Vila Isabel), e Maria François de Faria (Escola Nacional de Educação Física).

 

Andrea Martinez é a Miss Universo Espanha

Aconteceu sábado no Los Olivos Beach Resort em Tenerife, a escolha de Miss Universo Espanha de 2020. A vencedora foi Andrea Martinez, de León, tem 27 anos e 1m80 de altura. No segundo lugar ficou Andrea de Las Heras de Madrid, em 3º lugar Ainhoa Portillo de Malaga, em 4º lugar ficou Angie Benavides de Granada e em 5º lugar Oriana Correia Gomis de Almeria. Natalie Ortega Tafjord de Barcelona coroou Andrea Martínez.

Andrea Martinez sendo coroada por Natalie Ortega Tafjord (Foto: Concurso)

No Top 10 ficaram Oriana Estefania Correa Gomis (Almeria), Pilar Magro Nogales (Cáceres), Laura Mora Oviedo (Girona), Angie Benavides Castillo (Granada), Carmen Crillo (Granada), Andrea Martinez (León), Andrea de lãs Heras (Madrid), Maria Del Castillo Yanes (Madrid), Coral Cortés (Madrid), Ainhoa Portilo (Málaga).

Andrea Martinez com as concorrentes (Foto: Concurso)

Participaram do concurso Isabel Preito Martinez (Alicante), Andrea de lãs Heras (Madrid), Pilar Magro Nogales (Caceres), Nuria Montejo (Salamanca), Oriana Estefania Correia Gomis (Almeria), Lucía Abascal (Almeria), Carmen Cerillo (Granada), Lucía Abascal (Madri), Maria del Castíllo Yanes (Madrid), Andrea Martínez (Leon), Desirée Grund (Las Palmas), Ainhoa ​​Portillo (Malaga), Paola Grau Suma (Barcelona), Paola Grau Suma (Granada), Angie Benavides Castillo (Granada), Laura Mora Oviedo (Gerona), Coral Cortés (Madrid) e Nairovys Velo Cogles (Madrid).

Laura Pinto é a Miss Colômbia de 2020

O momento da Coroação (Foto: Concurso)

Segunda-feira, no Pavilhão de Cristal de Barranquilla, tivemos a escolha da Miss Universo Colômbia de 2020. A vencedora foi Laura Olascuaga Pinto, de Bolivar, mas Yeraldin Grajales de Quindío, que não ficou nem no Top 6, era muito melhor. Faturou o premio do sorriso mais bonito. Participaram do concurso 30 candidatas. Os apresentadores foram Felipe Peláez Maía, Bemba Colorá Black e Pipers de Pueblo Santo. O melhor traje típico foi o de Dayana Cárdena do Amazonas e melhor corpo coube a Marelis Salas de Cartagena.

Miss Quindío Yeraldin Grajales (Foto: Concurso)

No Top 16 ficaram Dayana Cárdenas (Amazonas), Laura Olascuaga Pinto (Bolivar), Carolina Londoño (Antioquia), María Alejandra Castillo (Atlántico), Juliana Aristazábal (Caldas), Marelis Salas (Cartagena), Paola Cazarán (Casanare), Mary Trini Araque (Cesar), Bárbara Rodriguez (Cauca), Maria José Vargas (Huila), Maria Juliana Franco (Meta), Dahiara Garcia (Nariño), Jenifer Pulgarín (Norte de Santander), Yeraldin Grajales (Quindío), Laura Lamus (Santander) e Angie Patricia Cuero (Valle Del Cauca).

Jenifer Pulgarin, Nathalie Ackermann, Laura Olascuaga e Laura Lamus (Foto: Com curso)

No Top 6 ficaram Laura Olascuaga (Bolivar), Dayana Cárdenas (Amazonas), Bárbara Rodriguez (Cauca), Jenifer Pulgarín (Norte de Santander), Yeraldin Grajales (Quindío), Laura Lamus (Santander). O juri formado por Catriona Gray (Miss Universo de 2018), a modelo Natalia Barulich, a relações publicas Pilar Gusmán, a figurinista Amalia de Hazbún, e a Miss Colômbia de 1967 Luz Helena Restrepo, escolheram como vencedora Laura Olascuaga de Bolivar que foi enfaixada por Catriona Gray e coroada pela diretora nacional do concurso, Nathalie Ackermann, no 2º lugar ficou  Jenifer Pulgarín do Norte de Santander (que é surda) e no 3º lugar ficou Laura Lamus de Santander.

Catriona Gray, Miss Universo de 2018, pelas Filipinas, mas nasceu na Austrália (Foto: Concurso)

  • 1 2 7