Fernando Machado

Blog

Tag vaia

Flashes

Está faltando 17 dias para nós irmos para as ruas. Vamos pra Rua, no dia 31 de julho. O povo unido jamais será vencido.

A propósito: Lula recebeu uma grande vaia no Marco Zero, quarta-feira, mas a imprensa pernambucana não ouviu. Que coisa….

Começa hoje, e vai até o próximo dia 24, na Igreja Matriz de Nossa Senhora Santana, o Virtuosi Gravatá.

Dayse Pontes oferece curso de Fundamentos do Desenho Figurativo e Pintura Óleo sobre Tela com Criação. Informações no 99925.5949.

dayse-pontes

A artista plastica Dayse Pontes (Foto: Divulgação)

workhall socias - maria carolina ferreira e daniela de melo

As empresárias Maria Carolina Ferreira e Daniela de Melo (Foto: Divulgação)

Maria Carolina Ferreira e Daniela de Melo movimentaram ontem, recepção no Empresarial ETC, inaugurando o Workhall Coworking.

O programa Tacaruna Social participa da Fenearte com um estande e mais de mil peças produzidas pelas artesãs de Santo Amaro.

Joseli Lacerda nos manda um zap dizendo que adorou a matéria da vitória de Martha Vasconcellos como Miss Universo de 1968.

A cantora Ana Costa abre o projeto musical Samba de Bamba, no próximo dia 26, no Teatro da Caixa Cultural, na Praça do Marco Zero.

 

De Alba Souza Leão até Sayonara Veras

Quando foi anunciado o nome de Sayonara Veras, Miss Olinda, como Miss Pernambuco 2015, a vaia tomou conta do Teatro do Imip. Lembrei da vaia que Adalgisa Colombo, do Distrito Federal, recebeu de 25 mil pessoas no Maracanãzinho, no dia 21 de junho de 1958, quando foi anunciada como Miss Brasil de 1958. O público queria Sonia Maria Campos de Pernambuco. A mesma coisa aconteceu no dia 20 de junho de 1959, quando Vera Ribeiro, do Distrito Federal, venceu o Miss Brasil. O público queria a pernambucana Dione Oliveira.

a-sayonara-veras-miguel-braga-rhayanne-nery

Sayonara Veras, Miguel Braga e Rhayanne Nery (Foto: Fernando Machado)

a-luiza-nogueira-carlos-eduardo-antunes

A 2ª dama de Pernambuco, Luiza Nogueira e o presidente da Empetur Luiz Eduardo Antunes (Foto: Fernando Machado)

No Imip as torcidas queriam a Miss Santa Cruz do Capibaribe, Brenda Pontes, que ficou no segundo lugar. A Miss Simpatia foi a representante de Bezerros Renata Caroline da Silva. A parte mais cafona dos concursos insuportáveis são os famigerado desfiles de traje típico, que aconteceu em Caruaru, mas tive que aguenta-lo via telão. Sem dúvida é um Diaghilev. A vencedora em o típico, claro, foi Miss Olinda, que no ano passado ficou em segundo no concurso de Miss Bezerros.

a-carmen-towar-almerinda-braga

A notável apresentadora Carmen Towar e Almerinda Braga (Foto: Fernando Machado)

a-alany-melo-garanhuns

Alany Melo, Miss Garanhuns de 2015 (Foto: Fernando Machado)

A noite que comemorava os 60 anos do Miss Pernambuco teve como apresentadores Eliana Victorio e Raldney Santos. O cenário estava bonito e foi grifado por Fred Castro, que casou tecnologia com acessórios de madeira, nas rodas surgiam luzes. Fez um grande efeito. A comissão julgadora enorme, lembrava as do Bal Masqué do Clube Internacional do Recife, é frisar que ela a partir do Top 6. Um júri técnico escolheu o Top 15 e depois o Top 10 entre as 26 candidatas.

a-cabo-fernando-noronha-garanhuns-olinda-santa-cruz-tabira

Misses Cabo, Fernando de Noronha, Garanhuns, Olinda, Santa Cruz do Capibaribe e Tabira (Foto: Fernando Machado)

a-douglas-wan-der-ley-sophia-lins-heraclito-diniz

Douglas Wan Der ley, Sophia Lins e Heráclito Diniz (Foto: Fernando Machado)

Tudo começou com as participantes desfilando de vestidos de noite, da Maison de Mary Mansur. Aliás ela está de parabéns. Os looks estavam lindos. O concurso fez uma viagem no tempo, o desfile de traje de banho das 26 jovens foram de suquines amarelo ouro, bem ao estilo dos anos 50, remetendo ao estilo pin-up girl. Aliás esse momento do desfile eu queria pular, mas, não consegui. A cor não favoreceu as meninas. As peças tinham um acabamento péssimo, podíamos ver a olho nu.

a-mary-mansur

Mary Mansur by Maison (Foto: Fernando Machado)

a-misses-vestidos-diego-nóbrega-lumi-comunicação

As 26 candidatas by Maison (Foto: Diego Nóbrega)

Romildo Alves não foi muito feliz na coreografia. Foi um samba de crioulo doido. Faltou harmonia, equilíbrio e um semáforo para evitar acidentes. Algumas voltavam da passarela e entrava no meio das misses que ainda iam se apresentar. Deve ter sido falta de ensaio, porque o movimento das meninas no palco agredia que entende de concursos. E eu modéstia parte não sou coreografo mais faria bem melhor. Desculpa, meu amigo Romildo. Criticas é sempre bem vinda.

a-matheus-moraes-jhenifer-gabrielli-da-silva

Matheus Moraes e a namorada Jhenifer Gabrielly da Silva (Foto: Fernando Machado)

a-olinda-sayonara-veras

Miss Olinda Sayonara Veras (Foto: Fernando Machado)

Depois dessa barafunda Eliane e Raldney chamaram o Top 15. Janine França (Araçoiaba), Joice Adélia da Silva (Beleza Regional), Renata Caroline da Silva (Bezerros), Ericka Melo (Cabo), Yasmin Ferreira (Caruaru), Bruna Rodrigues (Custódia), Ana Kezya da Silva (Fernando de Noronha), Alany Melo (Garanhuns), Sayonara Veras (Olinda), Paula Brandão (Recife), Roberta Xavier (Ribeirão), Brenda Pontes (Santa Cruz do Capibaribe), Thayane Pereira (Serra Talhada), Andresa Alves (Tabira) e Ana Letícia Costa (Vertentes).

a-paula-atila-brandão

Miss Recife, Paula Brandão e o irmão Átila, campeão brasileiro de maratona aquática (Foto: Fernando Machado)

a-quinze-diego-nóbrega-lumi-comunicação

A top 15 usando suquine (Foto: Diego Nóbrega)

Num dos intervalos se apresentou a cantora Cida Maria. Na sequencia foi anunciado o Top 10: Beleza Regional, Cabo, Fernando de Noronha, Garanhuns, Olinda, Ribeirão, Santa Cruz do Capibaribe, Serra Talhada e Tabira. E finalmente foram chamadas as seis finalistas: Cabo de Santo Agostinho, Fernando de Noronha, Garanhuns, Olinda, Santa Cruz do Capibaribe e Tabira. Este momento delas de maiô apagou aquele de suquine. As peças eram lindas e com uma cartela de cores sensacional.

a-raldney-santos-sayonara-veras

Raldney Santos e Sayonara Veras (Foto: Fernando Machado)

a-santa-cruz-do-capibaribe-brenda-pontes

Miss Santa Cruz do Capibaribe Brenda Pontes (Foto: Fernando Machado)

E começa aquela parte que os coordenadores, enche o papo e diz que é a hora da intelectualidade. Caso fosse Miss Olinda não teria vencido, pois o nervosismo acabou com ela. Achei desnecessário chamar o sexto lugar (Cabo de Santo Agostinho), o quinto (Fernando de Noronha) e o quarto (Garanhuns). Bastava chamar o terceiro lugar Miss Tabira, o segundo lugar Miss Santa Cruz do Capibaribe e o primeiro lugar Miss Olinda.

a-santa-cruz-do-capibaribe-brenda-pontes-mario-santiago

Brenda Pontes e o namorado Mário Santiago (Foto: Fernando Machado)

a-renan-vasconcelos

Mister Palmares Renan Vasconcelos (Foto: Fernando Machado)

Uma pena que não deixaram Carmen Towar, que é estilista, foi coordenadora da época de ouro do Miss Pernambuco e apresentou o Concurso quando era dos Diários Associados, por mais de 15 anos, fazer os comentários. Também tivemos uma homenagem a Miss Pernambuco de 1957, Zayra Pimentel e como todos os anos outra para Romildo Alves. As torcidas estavam fantásticas. Aliás você já viu torcidas de misses sem o dedinho da turma alegre? Claro ela é imbatível.

a-zayra-diego-nóbrega-lumi-comunicação

Zayra Pimentel depois de homenageada desfilou para o publico (Foto: Diego Nóbrega)

a-seis-cantora

Cida Maria cantando e atrás as seis finalistas (Foto: Fernando Machado)

E como dizia Mucio Catão: “Bicha burra nasce homem ou morre”. Todavia o mundo mudou e as bichas burras aparecem mais do que as de talentos. Finalizando quero agradecer a Miguel Braga por ter me ratificado no júri, tinha prometido que não participaria mais, para evitar contrariedades alguns coordenadores do Miss Pernambuco. Eles adoram me boicotar. Eu nunca afirmei que entendo tudo de miss, são as pessoas quem comentam. E como dizia Ibrahim Sued, “Os cães ladram e a caravana passa”.

Flashes

Hoje, o presidente da Associação dos Hotéis de Porto de Galinhas, Otaviano Maroja, comanda almoço no Rui Paula.

Anotados no casamento de Maria eduarda e Sergio, o desembargador Eloy d’Almeida Lins e Zélia.

Franklin Mano recebe hoje, às 18h, na Alepe, o titulo de Cidadão de Pernambuco, proposto pelo deputado José Humberto Cavalcanti.

Muitos emails nos parabenizando pela matéria do concerto da Orquestra Sinfônica do Recife. Entre eles o de Creusa Bezerra.

Fazendo Cooper no calçadão da Avenida Boa Viagem, o general Nilson Ananias, à côté Glaucia.

A revista Florense deste mês na capa e no recheio o jogador Neymar.  O número anterior estava muito melhor.

Muita gente estranhando porque a imprensa recifense não assinalou a vaia ao prefeito Geraldo Julio , Dona Lindu. Mistérios….

Hoje, às 19h, na Madre Deus, temos a conferência Mistérios e maravilhas do Órgão: um instrumento ignorado do mestre construtor de órgão francês Daniel Birouste.

Nos bastidores da política

Já não se faz jornalistas como antigamente, ou talvez a censura continua nas redações dos nossos jornais. Quando o host do concerto da Orquestra Sinfônica Brasileira citou os nomes do prefeito Geraldo Julio de Melo Filho e dos secretários de Lazer e Cultura do Recife um coral de 15 mil vozes vaiou o trio. Apenas Madame Min estava no local, e fez de conta que não era com ela, mas foi também.

A Prefeitura de Altinho, leia-se o prefeito José Ailson de Oliveira, via Secretaria de Educação, promove amanhã, das 13h às 17h, no Millenium Clube, I Festival de Leitura. O evento tem como objetivo incentivar a leitura literária e a contação de histórias entre os docentes do município. O festival contará com palestras, apresentações culturais, leituras e exposição de livros.