Fernando Machado

Blog

Tag união

Djavan é o homenageado da UBC

“­Eu quero ver o pôr do Sol, Lindo como ele só, E gente pra ver, e viajar, No seu mar de raio”. Estes e outros versos imortais de Djavan darão o tom de uma merecida homenagem ao compositor e cantor alagoano. A União Brasileira de Compositores realiza o V Prêmio UBC, reverenciando a carreira e a vida de um gigante da nossa música. Autor de mais de 300 obras, Djavan receberá o Prêmio do Compositor Brasileiro, dia 07 de outubro, em transmissão ao vivo pelo canal da UBC no YouTube .

Djvan homenageado pela UBC (Foto: Naná Moraes)

A União Brasileira de Compositores, maior sociedade de gestão coletiva de direitos autorais do país, criou o Prêmio UBC em 2017. O deste ano contará com apresentações ao vivo de 10 estrelas da música brasileira, que interpretarão versões inéditas de canções de Djavan. Com direção musical de Zé Ricardo, a cerimônia será gravada diretamente na Casa UBC no Rio de Janeiro. Sem perder a essência da premiação, celebrando a obra de Djavan e os grandes sucessos de sua carreira. O line-up formado por diferentes gerações da nossa música tem os nomes guardados a sete chaves e será surpresa até para o homenageado.

Fatos Diversos

A União Brasileira de Compositores leia-se Paulo Sérgio Valle, Diretor Presidente, lançou o I Troféu Tradições e homenageará a cantora a compositora Anastácia, conhecida como “A Rainha do Forró”. Somente com Dominguinhos, a artista possui mais de 250 canções. A honraria será entregue amanhã, às 19h30, no Canto da Ema, em São Paulo. Tudo acontecerá durante uma live-show (https://www.youtube.com/watch?v=_Q-IFV3Z5l0), com participações de Zeca Baleiro, Mariana Aydar e Mestrinho.

Associação dos Advogados de São Paulo e a Escola Superior de Advocacia da OAB –RS promovem hoje, às 16h30, webinar gratuito sobre Responsabilidade civil dos pais pela impossibilidade de filhos nascidos por meio de inseminação artificial conhecerem sua origem genética. Vão participar Flaviana Rampazzo Soares; Wlademir Paes de LiraEduardo Lemos Barbosa. Inscrições no https://www.aasp.org.br/eventos/.

Anotações do Cotidiano

Um Incidente de Assunção de Competência foi suscitado pela Quinta Câmara Cível do TJPE com o objetivo de alinhar as decisões do Tribunal em processos que envolvem responsabilidade dos planos de saúde pelas despesas de tratamento multidisciplinar de segurado portador de TEA. A fim de criar uma uniformização da jurisprudência para processos envolvendo essas partes, a Seção Cível do TJPE, órgão composto por 18 desembargadores das seis câmaras cíveis do Tribunal, está ouvindo especialistas e entidades habilitadas com a finalidade de embasar a solução da controvérsia, bem como julgamentos futuros.

Lançada em março, junto com a apresentação da edição 2021 do relatório Por Elas Que Fazem a Música – uma iniciativa da União Brasileira de Compositores para medir a participação feminina entre os associados -, uma pesquisa inédita para destrinchar seus dados e experiências pessoais reuniu um universo de 252 mulheres dispostas a contar em mais detalhes sua realidade num meio que é silenciosamente hostil a elas. Prova disso é que 79% disseram ter sofridos discriminação de gênero em algum momento da sua carreira. Muitas deixaram depoimentos sobre pequenos e grandes embaraços ligados ao simples fato de serem mulheres.

Nos Bastidores da Política

A estratégia de interiorização do Governo Federal, que levam voluntariamente refugiados e migrantes venezuelanos de Roraima e de Manaus para outras cidades no país, alcançou no último mês o marco significativo de 50.475 pessoas beneficiadas, três anos após o seu início em abril de 2018. Nesse período, mais de 670 municípios acolheram os beneficiários da Operação Acolhida. Apesar da pandemia da COVID-19 em 2020, a interiorização não parou. Desde fevereiro do ano passado, quando o governo brasileiro declarou Estado de Emergência em Saúde Pública de Importância Nacional, a Operação Acolhida e seus parceiros intensificaram protocolos de segurança e esforços no cuidado com venezuelanos em situação de vulnerabilidade.

O balanço do programa da Advocacia-Geral da União que permite aos contribuintes a renegociação facilitada de débitos inscritos em dívida da União já soma R$ 85 bilhões negociados desde a sua criação. Ao todo, foram celebrados 270 mil acordos até agora. O programa recebeu adesões entre outubro e dezembro do ano passado. Reaberto em março, só no último mês já movimentou R$ 2,3 bilhões. Os descontos podem chegar a 100% dos juros, multas e encargos do débito. As negociações integram o Programa de Retomada Fiscal, instituído pela Procuradoria-Geral da Fazenda Nacional, órgão da AGU, no contexto de enfrentamento dos impactos econômico-financeiros decorrentes da Covid-19.

  • 1 2 5