Fernando Machado

Blog

Tag Turismo

Noticias do Rio Grande do Norte

A Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Rio Grande do Norte,fechou uma parceria inédita para geração de emprego e renda em todo estado por meio de uma nova ferramenta tecnológica. O acordo com a Iwof, aplicativo para geração de trabalho, foi assinado dia 16, durante o lançamento do Programa Fecomércio com VC, em Natal. Já são mais de 17 mil trabalhadores cadastrados que conseguem alcançar uma renda até três vezes maior do que no mercado convencional. Comemora Kedson Silva, CEO da Iwof.

Nos Bastidores da Política

A estrutura do SUS destinada a diagnóstico e tratamento de problemas cardíacos e cardiovasculares foi evidenciada na terceira edição do Mulheres do Coração / Women of the Heart #3. Em conferência realizada virtualmente sábado, o ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, falou sobre ações estratégicas traçadas pelo governo brasileiro e investimentos custeados às especialidades. “O SUS faz acompanhamento atencioso dos casos e dispõe de uma rede robusta para tratamento integral e gratuito de qualidade. Temos centenas de estabelecimentos de saúde habilitados, além das mais de 50 mil unidades básicas de saúde espalhadas pelo país. O nosso sistema de saúde é universal, integral, de acesso igualitário e com equidade”, destacou Queiroga.

O Iphan, autarquia vinculada ao Ministério do Turismo, cujo ministro é Gilson Machado Neto, está promovendo desde terça-feira uma série de oficinas virtuais sobre o Prêmio Rodrigo Melo Franco de Andrade. A iniciativa, que está em sua 34ª edição, homenageará neste ano o Patrimônio Cultural do Nordeste, dono de inúmeros bens tombados pela entidade em seus primeiros anos de atuação. A formação deste ano será feita virtualmente, em razão da pandemia. O Distrito Federal acontece hoje; Sergipe será nesta sexta-feira; Alagoas, Bahia, Pará e Goiás, Mato Grosso do Sul, Amapá e Piauí, na próxima semana. Os interessados têm até 15 de agosto para inscrever suas ações. Acesse aqui o edital e formulário de inscrição.

Nos Bastidores da Política

O Protocolo de intenções assinado pelo ministro da Infraestrutura, Tarcísio Gomes de Freitas, e pelo governador de Goiás, Ronaldo Caiado, prevê a cessão do local pelo governo goiano e o apoio técnico e acadêmico para a execução das atividades por parte do MInfra. O município tem uma posição central privilegiada, com o entroncamento de duas malhas – o tramo central da Ferrovia Norte-Sul e a Ferrovia Centro-Atlântica –, próximo a pátios ferroviários e, além disso, junto à BR-060, o que oferece ainda a possibilidade de testes visando uma integração com o transporte rodoviário. O espaço será constituído por meio de recursos administrados pela Agência Nacional de Transportes Terrestres.

Os Ministros de Minas e Energia, Bento Albuquerque, e do Turismo, Gilson Machado Neto, inauguraram sexta-feira as usinas solares Brígida, Bom Nome e Belmonte, no município de São José do Belmonte, em Pernambuco. Também participaram da solenidade o presidente da empresa Solatio, Pedro Vaquer, e o prefeito de São José de Belmonte, Romonilson Mariano. O complexo deverá ser o maior da América Latina em geração solar. Os investimentos chegaram a R$ 3 bilhões e as obras de construção geraram 2.500 empregos diretos e indiretos. As usinas foram implantadas pela empresa espanhola Solatio e, juntas, somam uma potência instalada de 810 MWp, capazes de abastecer cerca de 800 mil famílias.

Noticias do Rio Grande do Norte

O ministro do Turismo, Gilson Machado Neto, entregou segunda-feira a obra de restauração do antigo Armazém Real da Capitania, localizado em Natal. Com recursos do IPHAN, na ordem de R$ 420 mil, o prédio passou por uma modernização das instalações e adequação às normas de acessibilidade. As adaptações foram feitas de modo a resgatar a integridade física do bem, mantendo as características, valores históricos e arquitetônicos da edificação.

Com a restauração, o prédio abrigará a Casa do Patrimônio, onde funcionará o Centro de Referência do Patrimônio Imaterial. O local também já foi sede da superintendência do Iphan no Rio Grande do Norte. Construído em alvenaria de pedra e cal, a edificação serviu como residência e comércio durante muitos anos. No século XVIII, o então Armazém Real da Capitania do Rio Grande era utilizado para guardar os equipamentos das forças militares da Coroa: armamento, munição, ferramentas, comida, fardamento e outros.