Fernando Machado

Blog

Tag tipico

Supermodel Internacional de 2022

Aconteceu, ontem, em Chiang Mai, na Tailândia,  o concurso Supermodel Internacional de 2022, com a participação de 19 candidatas. A vencedora foi Bui Quynh Hoa do Vietnã, no 2º lugar ficou Ariana Ramsay do Canadá, em 3º lugar ficou Lotte Dirchs da Holanda, em 4º lugar ficou Linda Rose do Sri Lanka, e no 5º lugar Marine Borloz da Suíça.

Marine Borloz, Lotte Dirchs, Bui Quynh Hoa, Ariana Ramsay e Linda Rose (Foto: Concurso)

Também tivemos a Supermodel Fotogenia: Erica Moreira de Portugal, Melhor Traje Típico: a Bui Quynh Hoa do Vietnã, a Mais Elegante foi Falone Nora de Camarões, Simpatia foi Gracelle Distura das Filipinas, a Supermodel da Ásia foi Gracelle Distura das Filipinas, da Europa foi Sandra Djuricic da Serbia, da África foi Samya Ghafary do Egito e as Américas Arianna Ramsay do Canadá.

As candidatas ao titulo num momento descontração (Foto: Concurso)

Participaram do concurso: Elvedina Udovcic (Bosnia & Herzegovia), Gracelle Distura (Filipinas), Sandra Djuricic (Serbia), Vivien Meige Xu (China), Samya Ghafary (Egito), Nhoeurn Sophorn (Cambodia), Lotte Dirch (Holanda), Bùi Quỳnh Hoa (Vietnã), Erica Moreira (Portugal), Zoe Levana (Indonésia), Szonja Dudik (Hungria), Beatriz Pina (Guinea), Linda Rose (Sri Lanka), Sayuki Go (Japão), Gizzelle Uys (Africa do Sul), Marine Borloz (Suíça), Pongthiptida Vajidsuwan (Tailândia), Arianna Ramsay (Canadá) e Shrishti Khatri (Índia).

Hoje será eleito do Homem do Mundo

Os mais fashions foram Chang, Francis e Brande (Foto: Concurso)

Os vencedores de Traje Formal Nadim, Tjardo e Vladimir (Fotos: Concurso)

O IV Man of the World, acontece hoje, em Baguio, nas Filipinas. O vencedor vai ser enfaixado por Jin Kyu Kim, III Man of the World da Coreia, e vão participar do concurso cujo presidente é Carlos Morris Galang. Os vencedores de traje formal foram 1º lugar Tjardo Vollema (Holanda), em 2º Nadim El Zein (Filipinas) e em 3º Vladimir Grand (Ucrânia). Os mais fashions foram 1º lugar Chang Woo Woo (Coreia), Francis Cervantes (Espanha) e Brande Allen Cruz (Estados Unidos).

Foto oficial dos vencedores dos Trajes Típicos: Tjardo, Francis, Nadim, e Nguyen (Foto: Concurso)

Mister Personalidade foi Kenneth, em 2º ficaram Petr e Daishi  em 3º lugar ficaram Rafael e Daryia (Foto: Concurso)

As 3 Personalidades do concurso foram 1º lugar Kenneth Castillo (Republica Dominicana), em 2º lugar Petr Kinský (Republica Tcheca) e Daishi Dakano (Japão), em 3º lugar Rafael Muñoz Jimenez (Chile) e Daryia Kamil Kama (Iraque). O Mister Amizade ficou assim 1º lugar Nadim El Zein (Filipinas), em 2º Chen Xing (China) e em 3º Chang Woo Woo (Coreia). Os melhores trajes típicos foram 1º lugar Nadim El Zein (Filipinas), em 2º Tjardo Vollema (Holanda) e em 3º Nguyen Huu Anh (Vietnã) e Francis Cervantes (Espanha).

O Mister Simpatia foi Nadim das Filipinas, no 2º lugar ficou Cheng da China e em 3º Chang da Coreia (Foto: Concurso)

Nguyễn Hữu Anh do Vietnã e Kruglov Roman da Rússia usando o traje Bahag (Fotos: Concurso)

África do Sul (Shiv Ramsandeer), Chile (Rafael Muñoz Jimenez) China (Chen Xing), Coreia (Chang Woo Woo), Espanha (Francis Cervantes), Estados Unidos (Brande Allen Cruz), Filipinas (Nadim El Zein), Holanda (Tjardo Vollema), Índia (Aditya Khurana), Indonésia (Ari Wibomo), Irã (Al Ghaharibzadeh), Iraque (Daryia Kamil Kama), Japão (Daishi Dakano), Nepal (Summer Puree), Nigéria (Ekwealor Ikechukwu Victor), Porto Rico (Reynaldo Amid Maldonado), Republica Dominicana (Kenneth Castillo), República Tcheca (Petr Kinský), Rússia (Kruglov Roman), Ucrânia (Vladimir Grand) e Vietnã (Nguyen Huu Anh).

Nadim El Zein das Filipinas e Tjardo Vollema da Holanda

Nguyen Huu Anh do Vietnã e Francisco Cervantes da Espanha (Fotos: Concurso)

Nam Chanrarapadit vence o Miss Grande Tailândia

O Top 5 (Foto: Concurso)

Ontem, à noite, no Bitec Bangna Hall, aconteceu a escolha da Miss Grande Tailândia de 2020. O cenário estava belíssimo. Participaram 77 candidatas. A vencedora foi Namfon Chanrarapadit, de 22 anos e 1m70 de altura, que recebeu a coroa da Miss Tailândia de 2019, Coco Arayha Suparurk. Tivemos desfile de trajes típicos, maios e vestidos. No 2º lugar ficou Indy Johnson, no 3º lugar ficou Patcha Patchaploy, no 4º lugar ficou Juthamas Mekseree e no 5º lugar Nutnicha Srithongsuk.

Nam Chanrarapadit sendo coroada por Coco Arayha Suparurk (Foto: Concurso)

No Top 10 ficaram Suphatra Kliangpran, Indy Johnson, Faifai Supunnikar jurernchai, Juthamas Mekseree, Patcha Patchaploy, Aurabnunpas Intarungsee, Warun Chabeau, Pui Naphattlada, Nam Chautarapadit, e Sasi Papha. O melhor traje típico foi o de Tiiya Kitiya, o melhor corpo foi para Juthamas Mekseree, o rosto mais bonito foi o de Patcha Patchaploy. A vencedora vai representar seu país no Miss Grand Internacional, em outubro, na Venezuela.

Todas as candidatas (Foto: Concurso)

Ângela Vasconcelos vence o Miss Brasil de 1964

A foto das 16 das 24 candidatas (Manchete)

Ângela Vasconcelos e Vera Lucia Couto de traje típico e vestido (Fotos: Manchete Cruzeiro)

Maria Isabel Avelar de traje típico e vestido, Cecilia da Rocha do Rio e Neli Padilha do Rio Grande do Norte (Fotos: O Cruzeiro)

Há 56 anos, acontecia no Maracanãzinho, no Rio de Janeiro, o concurso de Miss Brasil de 1964. Um público estimado em 20 mil pessoas testemunhou a vitória Ângela Vasconcelos, Miss Paraná, ser coroada pela Miss Brasil e Miss Universo de 1963, Ieda Maria VargasTelma Lobo de Carvalho (Amazonas) foi eleita Miss Simpatia e Maria Isabel de Avelar Miss Fotogenia e o melhor Traje Típico. Ângela tinha 1m70 de altura, 90 cm de busto, 93 cm de quadris, e 64 cm de cintura.

Ana Maria Costa Caldas de traje típico e vestido de noite (Fotos: Manchete e Cruzeiro)

Os apresentares foram Paulo Max e Marly Bueno. A comissão julgadora foi composta por Pomona Politis, Justino Martins, Tônia Carrero, Accioly Neto, Mitzy de Almeida, Almeida Magalhães, Oscar Santamaria, Edith Pinheiro Guimarães, Helio Beltrão, Eda Luttis, Leão Velloso e Edilson Cid Varela.

O top 9 Ceará, Rio Grande do Norte, Guanabara, Paraná, Sergipe, Pernambuco, Rio de Janeiro e Minas Gerais (Foto: Manchete)

No top 9 ficaram Ana Maria Carvalhedo (Ceará), Vera Lucia Couto (Guanabara), Marília Dirceu da Silva (Minas Gerais), Ângela Vasconcelos (Paraná), Ana Maria Costa Caldas (Pernambuco), Cecília Rangel Martins (Rio de Janeiro), Neli Cavalcanti (Rio Grande do Norte), Rosa Maria Galas (Rio Grande do Sul) e Maria Isabel de Avelar (Sergipe).

Vera Lucia, Ieda Vargas e Ângela Vasconcelos; Ieda coroando Ângela (Fotos: O Cruzeiro e Manchete)

Na classificação final tivemos em 5º lugar Neli Cavalcanti do Rio Grande do Norte, em 4º lugar Ana Maria Caldas de Pernambuco, em 3º lugar Maria Isabel de Avelar de Sergipe, em 2º lugar Vera Lucia Couto da Guanabara e a Miss Brasil de 1964 foi Ângela Teresa Reis Vasconcelos.

Ângela Vasconcelos, Vera Lúcia Couto, Inês Avelar e Ana Maria Costa (Foto: O Cruzeiro)

Participaram do concurso 24 jovens: Laura Aranha (Acre), Teresinha Granja (Alagoas), Telma Carvalho (Amazonas), Elvira Falcão (Bahia), Ana Carvalhedo (Ceará), Marli Igliori (Distrito Federal), Justina Ramos (Espírito Santo), Eny Camilo Machado (Goiás), Vera Lucia Couto (Guanabara), Tereza Boblitz (Maranhão),Kátia Escudero (Mato Grosso), Marília Dirceu Silva   (Minas Gerais), Maria Esther Bentes (Pará).

Maria Isabel Avelar, Ana Maria Caldas, Regina Almeida e Marília de Dirceu (Fotos: Manchete e Cruzeiro)

Ainda Rosalma Andrade (Paraíba), Ângela Vasconcelos (Paraná), Ana Maria Costa (Pernambuco), Maricildes Ferreira da Costa (Piauí), Cecília Rangel Martins Rocha (Rio de Janeiro), Neli Cavalcanti Padilha (Rio Grande do Norte), Rosa Maria Gallas (Rio Grande do Sul), Regina de Almeida (Rondônia), Salete Maria Chiarad (Santa Catarina), Cecília Alves Ferreira (São Paulo) e Maria Isabel de Avelar (Sergipe).

Eny Machado, Telma Carvalho, Tereza Boblitz e Elvira Falcão (Fotos: O Cruzeiro)

Olha a passarela do Maracanãzinho em forma de armadura (Foto: O Cruzeiro)

  • 1 2 4