Fernando Machado

Blog

Tag tapetes

De Volta para o Passado

Há 80 anos, nascia em São Paulo, o ponta-esquerda Fogueira (Wanderley Nonato), que morreu no dia 13 de setembro de 2021.

Há 75 anos, morria em Pernambuco, o cangaceiro Marreca (José Lourenço da Silva, que nasceu no dia 12 de outubro de 1926.

Há 65 anos, fechava o Jardim da Infância dos Pobrezinhos, fundado pela senhora Juanita Portella, na Praça Chora Menino, na década de 20. (Foto: Revista da Cidade)

Há 60 anos, Maria Digna e Edith Pessoa de Queiroz lançavam os Tapetes Casa Caiada.

Marcelo ajudando sua irmã, Ana Maria a subir na passarela do Português, como Rainha Elizabeth (Foto: Divulgação)

Há 50 anos, morria em Pernambuco, o figurinista Marcelo Ramiro Costa Caldas, que nasceu no dia 9 de maio de 1939.

Há 40 anos, morria no Rio de Janeiro, o pianista Valdir Calmon, que nasceu no dia 30 de janeiro de 1919.

Há um ano, morria em Pernambuco, o radialista José Bezerra, que nasceu no dia 11 de dezembro de 1942.

De Volta para o Passado

Há 170 anos, nascia em Pernambuco, o artista plástico Jerônimo José Telles Junior, que morreu no dia 1 de maio de 1914.

Há 115 anos, nascia em Pernambuco, o jornalista Luiz Maria de Souza Delgado, que morreu no dia 6 de setembro de 1974.

Há 100 anos, nascia em Pernambuco, o acadêmico Potiguar Matos, que morreu no dia 19 de fevereiro de 1996.

Há 70 anos, morria em Pernambuco, o cangaceiro Marreca (José Lourenço da Silva), que nasceu no dia 12 de outubro de 1926.

Há 70 anos, nascia em Pernambuco, o engenheiro civil Rildo Pragana, que morreu no dia 25 de setembro de 2020.

Há 55 anos, Maria Digna Pessoa de Queiroz e Edith Farjalla lançavam em Pernambuco, os Tapetes Casa Caiada.

Notícias de Sergipe

No próximo dia 20, o Centro Histórico de São Cristóvão será palco da tradicional confecção dos tapetes de Corpus Christi. Já nas primeiras horas da manhã, por volta das 5h, a população começará a mobilização, juntamente, com a equipe organizacional do evento, apoiados pela Fundação de Cultura e Turismo João Bebe-Água, realizando os trabalhos. Vale ressaltar que a Missa de Corpus Christi está marcada para 15h e logo após acontecerá a procissão que passará por cima de todos os tapetes.

Os moradores da cidade se empenham na obra (Foto: Prefeitura de São Cristovão)

A Biblioteca Epiphanio Dória é tema de livro de Gilfrancisco Santos. Segundo o organizador da obra a pesquisa que originou a publicação conta à trajetória desde a criação da biblioteca e os porquês que levaram a instituição mudar seu nome. Passando de Biblioteca Pública Provincial, para Biblioteca Pública do Estado e, desde 1974, Biblioteca Epiphanio Dória. A obra foi editada pela Empresa de Serviços Gráficos de Sergipe, cujo presidente é Ricardo Roriz.

Notícias de Sergipe

Membros da comissão dos tapetes de Corpus Christi participaram quarta-feira, da reunião administrativa da Secretaria Municipal de Educação de São Cristovão, no Paço Municipal. O objetivo do encontro foi buscar junto aos diretores das escolas municipais apoio necessário para a confecção dos tapetes no dia 31 de maio. A coordenadora, Vânia Correia, observa a necessidade de buscar pessoas com aptidões artísticas para a confecção dos tapetes.

Este aluno adora trabalhar nos tapetes (Fotos: Danielle Pereira)

Com 146 anos de existência e protagonismo na história empresarial de Sergipe, a sede da Associação Comercial de Sergipe passará por revitalização. O projeto – que vislumbra o uso inteligente do espaço, com criação de central de serviços e espaço de fomento à cultura, artes e turismo – foi apresentado, pela diretoria da entidade, segunda-feira, ao deputado federal André Moura.

  • 1 2 5