Fernando Machado

Blog

Tag sport

E viva Flávia da Veiga Pessoa!

Na década de 50 e de 60 ela reinava nas quadras, fora delas, e nas passarelas. Foi uma estrela gloriosa. Era reverenciada como atleta de voleibol, como professora e também como técnica. Estamos nos referindo a Flávia Maria Miranda da Veiga Pessoa, uma atleta de muitos quilates. Teve um filho Marcelo da Veiga Pessoa Bacallá. Não queria ser miss, “mas pelo Sport faço esse sacrifício”. No dia 4 de maio de 1957, foi lançada Miss Sport durante festa no então Palácio de Alumínio.

Flávia na quadra e como Rainha do Campeonato Brasileiro de Voleibol (Fotos: Acervo da Familia)

Flávia Maria Miranda da Veiga Pessoa nasceu, no Recife, em 24 de agosto de 1935 e faleceu em 11 de janeiro de 2012, todavia desde pequena gosta de esportes. Incursionando nos esportes amadores do Sport. Era Professora de Educação Física, formada pela Escola de Educação Física de Pernambuco. Logo terminou o curso universitário foi convidada para lecionar na UPE, como professora assistente na Cadeira de Metodologia. Paralelamente lecionava Educação Física do Colégio Estadual de Pernambuco.

Flávia da Veiga Pessoa descansando para o próximo jogo  (Foto: Acervo da Família)

Flávia era muito bonita e abalou os esportes amadores de Pernambuco. Praticava natação, esgrima, arco-e-flecha, basquete, atletismo e voleibol. Nos Jogos da Primavera, em 1954, que aconteceram no Recife, foi campeã no Arco-e-Flecha e considerada melhor atleta dessa modalidade. Nesta mesma competição foi vice-campeã no arremesso de peso. Em 1955 consagrou-se campeã de voleibol e de basquetebol pelo Sport. Chegou a ser tetra-campeã de vôlei pelo rubro-negro.

Flávia no Palácio do Aluminio e no Sport Club do Recife (Fotos: Acervo da Familia)

No dia 11 de maio, do alto dos seus 1m72 de altura e com 22 anos de idade, enfrentou outro desafio, disputar o Miss Pernambuco de 1957.  Embora não ter sido eleita, brilhou na passarela no Clube Português do Recife, disputando representando o Sport Clube do Recife. Antes, em fevereiro, Flávia da Veiga Pessoa, durante o VII Campeonato Brasileiro de Voleibol, foi eleita Rainha da competição. Em 1 de agosto de 1957, ela e Edna Bezerra Leite foram eleitas Miss Elegante Bangu do rubro-negro.

Raiolanda Castelo Branco é a Miss Pernambuco de 1966

Há 55 anos, a morena Raiolanda Castelo Branco, Miss Círculo Militar do Recife, era eleita nos salões do Sport, Miss Pernambuco de 1966. O concurso pela primeira vez teve sua renda revertida para uma entidade filantrópica, sendo o Lions Club de Boa Viagem, o beneficiado. A apresentação foi de Carmen Towar e Cícero Moraes. Sete jovens participaram do conclave da beleza pernambucana. No júri Oswaldo Múcio Vasconcelos, Cid Sampaio, José Ramos Lopes, Fernando Milanez, José Sales Filho, cônsul dos EUA Edward Rowell, Francisco de Paula Acioli Filho e a senhora Célia Ferreira.

Alda Simonete Maia quando passava a faixa para Raiolanda Castelo Branco sendo observada por Cicero Moraes, Carmen Towar e Leda Maria Pontes (Foto: Arquivo)

As candidatas foram Sônia Queiroz (Vitória), Raiolanda Castelo Branco (Circulo Militar), Leda Maria Pontes (Sargento Wolff), Ednalva Lins de Araújo (Caruaru), Leda Helena Martins (Sport), Maria da Conceição Cavalcanti (Líbano) e Vilma Biondi (Universitários). Mais de cinco mil pessoas prestigiaram o evento que teve a seguinte classificação. Em 3º lugar Sônia Queiroz, no 2º Leda Maria Pontes e no primeiro Raiolanda Castelo Branco que usou um modelo rosa desenhado por Jurandir e confeccionado por Inês PeixeRaiolanda tinha 1m72 de altura, 91cm de busto e 100cm de quadris é carioca e já tinha sido eleita Rainha das Piscinas de Pernambuco.

Miss Pernambuco de 1955

Amanhã fará 65 anos que o Diário de Pernambuco lançava o Concurso de Miss Pernambuco de 1955. O concurso aconteceu no dia 21 de maio, nos Salões do Clube Náutico Capibaribe. Começava os anos dourados do festival de beleza em nosso Estado. As garotas não pagavam taxas de inscrições. Esse ano a taxa foi de 4 mil reais. Os clubes interessados realizavam de apresentação das suas candidatas em festas passeio formal. Era um sucesso. No dia 21 de abril de 1955 foi lançada a primeira candidata ao titulo: a jovem Lourinisa de Sena Guerra do Sport Clube do Recife.

Miss Aeroclube de Pernambuco, Alba Souza Leão Carneiro (Foto: Reprodução do DP)

No dia 27 de abril o Aeroclube de Pernambuco lançava Alba Souza Leão Carneiro, que viria ser eleita Miss Pernambuco de 1955. O Cabanga Iate Clube escolhia no dia 28 de abril, Adelaide Souza Leão entre Vera Ferzola, Regina Bittencour (que desistiu no dia) e Hughette Klutzenschell. No dia 29, o Jet Clube lançava Maria Dirce Correia da Silva como sua candidata. No dia 7 de maio, o América Futebol Clube lançava Edilia de Guimarães Paiva, e no dia 11 de maio, Almerinda Pessoa de Azevedo era escolhida Miss Atlântico Olindense, apesar de ter 16 anos.

Fatos Diversos

No próximo domingo, às 15h, no Venloer Wall 19, na cidade de Colonia, (Montessorisschule), na Alemanha, um grupo de brasileiros promove uma festa carnavalesca para matar a saudade do Brasil. O encontro foi batizado Carnaval com Maracatu. Quem nos informa é a pernambucana radicada na Alemanha Dione Brach.

O Sport movimenta hoje, às 20h, sua tradicional prévia Baile Vermelho e Preto. A festa vai homenagear a torcedora símbolo: Dona Maria. A animação fica por conta da Bateria do Patusco, Bloco Lírico O Bonde, Dudu do Acordeom, Excesso de Bagagem, Andreza Formiga, Roberto Cruz.

  • 1 2