Fernando Machado

Blog

Tag solenidade

O II COMAR tem novo comandante

João Campos Ferreira Filho, Liane, Taciana Moury e Cesar Faria Guimarães (Foto: Fernando Machado)

Muito bonita com um toque de emoção foi a cerimônia de passagem de comando do II Comando Aéreo Regional, que aconteceu, na manhã chuvosa de sexta-feira, o brigadeiro Cesar Faria Guimarães transmitiu o cargo de comandante para o brigadeiro João Campos Ferreira Filho. Quem presidiu a cerimônia foi o brigadeiro Sérgio Roberto de Almeida, Comandante de Preparo. Um dos momentos mais bonitos foi quando uma revoada de pássaros sobrevoou o pátio onde estavam perfilados os soldados, aguardando a hora de tudo começar.

O arcebispo emérito Dom Fernando Guimarães (Foto: Fernando Machado)

João Campos Ferreira Filho e sua Liane (Foto: Fernando Machado)

O local é um verdadeiro santuário rodeado de altos coqueiros, palmeiras imperial e ciprestes centenários e de quebra fica na planície dos Montes Guararapes, onde aconteceu a Batalha dos Guararapes em 1648/1649. Portanto tudo ali se respira história e patriotismo. Terminada a transmissão de cargo os brigadeiros o Cesar Faria Guimarães João Campos Ferreira Filho, passaram em revista à tropa, ao som do dobrado brigadeiro Cesar Faria Guimarães, executado pela Banda de Musica da Base Aérea do Recife, sob a batuta do maestro Josué Francisco das Neves.

O general Richard Fernandes Nunes e João Alberto (Foto: Fernando Machado)

O Capitão dos Portos Frederico Medeiros Vasconcelos de Albuquerque e sua Renata Carvalho (Foto: Fernando Machado)

Na sequencia tivemos a fala do comandante substituído e a do Comandante de Preparo. Que até o Recife chorou com saudades do brigadeiro César, por conta da chuva que desabou até o inicio da solenidade. O discurso do brigadeiro Cesar Faria Guimarães, visivelmente emocionado, foi lindo de mais. Um poema com recheio de patriotismo, de amor à Força Aérea Brasileira, à família e aos amigos. O que não faltou foi pomba e circunstancia.

O Capitão dos Portos de Sergipe Luciano Maciel e diretor da Escola de Aprendizes de Marinheiros Rogério Alves Ribeiro (Foto: Fernando Machado)

A fotografa Sheila Wanderley (Foto: Fernando Machado)

Encerrada a solenidade militar aconteceu o desfile da tropa tendo como fundo musical de Fibra de Heróis, de Teófilo Barrosa e Guerra Peixe. Os convidados seguiram até o foyer onde aconteceu um coquetel de a gente comer rezando para Nossa Senhora dos Prazeres. É bom não esquecer que foi o brigadeiro carioca Eduardo Gomes, que colocou o Recife no mapa da aviação brasileira, ao criar o II COMAR.

Ana Lúcia Jaborandy, Maria de Fátima Heise e Sandra Magalhães Mattos (Foto: Fernando Machado)

Anotações do Cotidiano

Desembargadores Eurico Correia, Fernando Cerqueira e Ruy Patu (Foto:  Assis Lima)

Em solenidade telepresencial, realizada terça-feira pela manhã, o Tribunal de Justiça de Pernambuco deu posse formal ao novo 1º vice-presidente da atual mesa diretora da instituição, desembargador Eurico de Barros Correia Filho, e também ao mais recente desembargador a compor a Corte da Justiça estadual, o magistrado Ruy Trezena Patu Júnior, pelo critério de antiguidade. A mesa de honra do evento foi composta pelo presidente do TJPE, desembargador Fernando Cerqueira; pelo procurador geral do Estado, Ernani Medicis, pela subprocuradora geral de Justiça em Assuntos Institucionais, Zulene Santana de Lima Noberto, representando o Ministério Público de Pernambuco; e pelo presidente da OAB-PE, advogado Bruno Baptista.

Wanessa Campos e Ferreira Junior em tempo de cangaço (Fotos: Fernando Machado/Divulgação)

A Fundação Cabras de Lampião realiza de amanhã até domingo, em Serra Talhada, o seminário Sertão, Beatos e Cangaceiros. Neste ano, o evento que está na sua quarta edição, ocorrerá de forma online, devido à pandemia. O propósito é divulgar os vários aspectos da história do cangaço, envolvendo o sincretismo religioso do sertão e o coronelismo, tendo como eixo a vida de Lampião. Domingo a discussão será sobre Maria Bonita – Nascimento, Vida e Morte da Rainha do Cangaço, com a jornalista e pesquisadora do cangaço Wanessa Campos. Toda a programação vai ser transmitida pelo Youtube do Cabras de Lampião, às 20h.

O Bat Mitzvah de Ana e Catarina

Magaly Wolfenson e a neta Catarina Nader (Foto: Fernando Machado)

Karla e Ilan Grispun com a filha Ana (Foto: Fernando Machado)

Uma festa linda aquela do Bat Mitzvah de Ana, filha Karla e Ilan Grinspun, e Catarina, filha de Layla Wolfenson e Felipe Maranhão Nader que aconteceu sábado, nos salões da Arcadia, de Boa Viagem. Nunca tinha assistido uma cerimônia de Bat Mitzvah e fiquei impressionado com beleza e riqueza de historia. A solenidade foi conduzida pelo Chazan David Leo, onde grande parte dela era em hebraico.

Zenaide Barbosa, Moisés e Magali Wolfenson (Foto: Fernando Machado)

Para quem não sabe, o Bat Mitzvah é a transição da infância para a adolescência na cultura israelita. A animação ficou por conta da Orquestra Universal de Lucio Azevedo, do DJ Canavarro e Márcio Guendler e banda. Este último é primo de Layla Wolfenson e arrasou cantando músicas israelitas. Um ritmo, por sinal, muito bom e alegre.

Layla Wolfenson, Clara e Felipe Maranhão Nader (Foto: Fernando Machado)

Ana Salles Grinspun usou um modelo de Lucia Spessato e Catarina Wolfenson Nader estava com um modelo de Carolina Herrera. . A decoração foi de Eider Santos e bolo, assim como os docinhos, foram de Lucinha Cascão. O ministro Humberto Martins e sua esposa Rita vieram de Brasília especialmente para prestigiar o amigo Moisés Wolfenson.

Maria Helena e Fernando Wolfenson (Foto: Fernando Machado)

O bufê era de fazer inveja a Apicius. No coquetel especial salmão defumado com cereja ao marrasquino, camarão tailandês ao molho de coco e rum, bombom folhado de palmito, sorvetinho de bacalhau, cestinha de prima Donna com geleia de maçã, flor de filo com carne de sol desfiada e queijo coalho, massa filo com mascarpone e cebola glaceada, corneto de parmesão de peito de peru defumado com geleia de damasco e amêndoas.

Humberto e Rita Martins, Magali e Moisés Wolfenson (Foto: Fernando Machado)

Também vol au vent de camarão, dadinho de tapioca com geleia de pimenta e mini kibe com molho de hortelã. No bufê montado podia-se degustar salada de maçãs verde crocantes com aipo e nozes, pernil de cordeiro com cuscuz marroquino, purê de tâmara e bifum frito, laminas de lombo marinado ao azeite de ervas e pimentões coloridos, ceviche de peixe branco no perfume de limão siciliano.

Silvia e Germano Haiut (Foto: Fernando Machado)

Ainda queijos (Emmental, Gouda, Gruyere e parmesão ocado), arenque marinado, varenikes (prato judeu), flor de salmão com sua própria mousse, patê de fígado com geleia de vinho do Porto, quiche de gorgonzola com peras. No cardápio de pratos quentes: rotolone com recheio de creme cheese e brie ao molho pomodor e quatro queijos, filé mignon fatiado com legumes grelhados.

Maria Luiza Monteiro e Pedro Maciel (Foto: Fernando Machado)

E encerrando tinha batatas noisettes, abacaxi caramelad e molçhos demi-glace, além de arroz com castanha. Não esquece o bufê jovem: mini coxinha gourmet, mini pizza de mussaralea e calabresa, mini hambúrguer goumet, e cachorro quente. Os 400 convidados se divertiram como se fosse a ultima de suas vidas.

Roxana Nader e Alberto Lazar (Foto: Fernando Machado)

Jair e Gilda Kitner (Foto: Fernando Machado)

Noticias da Caserna

O comandante do CMNE, general Artur Costa Moura, recebeu, semana passada, uma comitiva integrada do Ministério da Defesa, Comando de Operações Terrestres, Secretaria de Economia e Finanças e Tribunal de Contas da União. A visita teve por objetivo apresentar a condução da Operação Carro-Pipa. Por fim, o grupo embarcou até Petrolina a fim de conhecer in loco as peculiaridades desta operação.

General José Luiz Jaborandy e sua esposa Ana Lucia (Foto: Fernando Machado)

No dia 17 de abril, vamos ter a passagem de comando da 7ª Região Militar, quando assume o posto o general de divisão Luiz Antonio Duizit Brito. O atual comandante é o general de divisão Jose Luiz Jaborandy, que passou para a reserva remunerada. A solenidade será presidida pelo comandante do CMNE, general Artur Costa Moura. Ana Lucia e José Luiz decidiram fixar residência no Recife.