Fernando Machado

Blog

Tag sinfonica

Anotações do Cotidiano

O pesquisador pernambucano Julierme Veras Moura teve um artigo seu publicado na Revista Ciências Jurídicas e Sociais, do Instituto Universitário do Rio de Janeiro. Ele esmiúça a interferência cada vez maior do Supremo Tribunal Federal nos demais poderes da Republica, criando o que ele chama Semipresidencialismo de liminares. Quem leia na integra no link https://revista.institutouniversitário.com.br/index.php./cjsiurj.

O pesquisador Julierme Veras Moura (Foto: Divulgação)

Para celebrar os 35 anos de patrocínio da Petrobras, a Orquestra Petrobras Sinfônica começa 2022 com o pé na estrada. A turnê começa por de Recife, dia 15 de janeiro, depois por Belo Horizonte, Brasília, Curitiba e Vitória. Ela encerra em 12 de fevereiro. O regente é o Maestro Isaac Karabtchevsky. A apresentação do Recife acontecerá na concha acústica da UFPE, às 16h com o programa Mundo Bita Sinfônico de Chaps Melo e às 19h, no repertório da Guns N’Roses Sinfônico.

Acontecencias

Amanhã, às 17h, a Orquestra Sinfônica Brasileira, sob a regência do maestro convidado Tobias Volkman, se apresentará num concerto pré-gravado, na Sala Cecilia Meirelles, para a Temporada de 2021, pela Série Clássica Brasileira. Destaque também o violinista pernambucano Clóvis Pereira Filho. A narração será do barítono Inácio de Nonno. No programa Pequeno Concerto para Violino de Edino Krieger e A História do Soldado de Igor Stravinsky. Assista pelo Face /orquestrasinfonicabrasileira.

A exposição Nise da Silveira – A Revolução pelo Afeto, www.nisenoccbb.com.br/audiodescricao em cartaz no CCBB Rio de Janeiro até  15 de novembro, ganha  projeto pioneiro em acessibilidade, intitulada Experiência Sonora Descritiva quando, de forma amorosa, recria o ambiente da exposição no formato de dramaturgia, como uma radionovela. Vale a pena conferir na audiodescrição, da equipe coordenada pela Inclusive Acessibilidade, de Georgea Rodrigues. Nesta prorrogação, a mostra pode ser vista em 360º, no www.nisenoccbb.com.br/audiodescricao.

Fatos Diversos

Amanhã, é a Data Magna de Pernambuco, e para tal temos uma live, no youtube.com/secultpe com Margarida Cantarelli, Marcelo Casseb (presidente e vice-presidente do IAHGP) e George Cabral (presidente do Instituto Histórico de Olinda), para comemorar a data. O tema é 1817: história e Memória de uma Revolução Republicana e a apresentação da jornalista Michelle Assumpção.

A Mostra Reverbo, movimentação que reúne artistas de música autoral em Pernambuco, está de volta amanhã para única apresentação virtual, que tem como cenário o Cinema São Luiz. A transmissão é gratuita e acontece às 16h no canal da Reverbo no YouTube.

Orquestra Sinfônica Municipal de São Paulo sobe ao palco do Theatro Municipal hoje, com peças de Camargo Guarnieri e Schumann e amanhã, obras de Bach e Villa-Lobos, às 19h, sob a regência do maestro titular Roberto Minczuk. Os interessados poderão curti-lo pelo canal youtube.com/theatromunicipalsp.

Anotações do Cotidiano

O sucesso da primeira rodada das versões em português e espanhol do curso Copyright e os Negócios das Indústrias Criativas levou a União Brasileira de Compositores a lançar uma segunda versão, que estreia na próxima segunda-feira. Gratuito e totalmente online, o conteúdo é voltado para quem busca se aprofundar no funcionamento das relações comerciais da música, do audiovisual, do mundo editorial, das artes visuais e de diversos outros setores das indústrias criativas. Além da UBC, a Sociedade Portuguesa de Autores apoia a versão em português. As pré-inscrições na estão abertas no   http://www.futurelearn.com/courses/economics-of-copyright-pt/2.

A Jazz Sinfônica (Foto: Mario Miranda Filho)Uma das principais orquestras do país, a Jazz Sinfônica Brasil passa a ser gerida pelo diretor de Rede e Projetos da Fundação Padre Anchieta, Fábio Borba, e pelo maestro Fábio Prado, que este ano completa 15 anos como um dos regentes do grupo. A outra novidade é que, além da Jazz Sinfônica ser administrada pela FPA, a TV Cultura é a única emissora brasileira a manter uma orquestra. Há 15 anos como maestro da Jazz Sinfônica, Fábio Prado assume o cargo de diretor artístico já com planos para os próximos meses. A Jazz Sinfônica Brasil foi criada com dois objetivos principais: manter viva a memória das orquestras da era de ouro do rádio, décadas de 40 e 50, e vestir a música popular com roupagem orquestral.