Fernando Machado

Blog

Tag sanitário

Nos Bastidores da Política

O ministro do Turismo, Gilson Machado Neto, anunciou Foz do Iguaçu (PR) como sede de projeto-piloto para capacitação em língua inglesa. A indicação foi confirmada durante agenda oficial na cidade, onde Machado Neto visitou importantes destinos turísticos, como a Itaipu Binacional e o Parque Nacional do Iguaçu. Além disso, ao lado do deputado federal Vermelho e do prefeito de Foz, Chico Brasileiro, divulgou a intenção de fazer de cidade um dos destinos turísticos inteligentes do país. Para o ministro Gilson Machado Neto, a disponibilização de internet para o turismo é fundamental para que o destino ganhe notoriedade e, consequentemente, resulte em mais visitas.

O ministro Marcelo Queiroga e Robson Santos (Foto: MA)

Este mês um grande mutirão com atendimentos médicos, odontológicos e exames está sendo realizado para mais de 2,3 mil indígenas Distrito Sanitário Especial Indígena Xingu, no Mato Grosso. A ação, organizada pela Secretaria Especial de Saúde Indígena do Ministério da Saúde, reforça os cuidados do Governo Federal com a saúde indígena, que foram redobrados durante a pandemia da Covid-19. Acompanhado do titular da Sesai, Robson Santos, o ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, acompanhou a abertura dos trabalhos segunda-feira direto do Polo Base Leonardo. No local, foi montada uma estrutura com 22 consultórios provisórios para atender a população indígena.

Nos bastidores da Política

O Governo Federal autorizou quinta-feira, a liberação de R$ 8,6 milhões para a continuidade de obras de esgotamento sanitário em Goiás, Pernambuco, Rondônia, Rio Grande do Sul, Sergipe e São Paulo. A segunda unidade da federação com maior aporte de recursos é Pernambuco. Serão investidos R$ 1,3 milhão na complementação da Estação de Tratamento de Esgoto que atende os municípios de Recife e Olinda. Informa o Ministro do Desenvolvimento Regional, Rogério Marinho.

O Enem é uma prova do Governo Federal que avalia o desempenho individual dos participantes. Para quem já tem o diploma de nível médio (ou vai tirar o diploma neste ano), ele serve para: acessar as universidades no Brasil e em Portugal; solicitar financiamento e apoio estudantil. Algumas pessoas têm direito à inscrição gratuita, para isso, a pessoa tem de: estar na última série do ensino médio, no ano da edição, em escola da rede pública; ou ter cursado o ensino médio todo em escola pública ou como bolsista integral da rede privada. Quer fazer a prova? Fique atento aos prazos e às regras dos editais do Enem.