Fernando Machado

Blog

Tag respeito

Deus, Pátria e Família  

O Brasil está vivendo um momento muito grave e de falta de respeito para com a família e as Igrejas. Os repórteres que cobriram a Marcha da Família com Bolsonaro, domingo, não ouviram o Pai Nosso ser rezado 15 vezes e a execução do Hino Nacional 20 vezes. Porém, um funk, de um carro que não fazia parte do projeto, tocou uma única vez e foi motivo de repudio da mídia e até a OAB.

Uma semana antes na Parada Gay realizada no mesmo local, o que mais se ouvia era a tribo funk cantando músicas de baixo escalão, deixando os moradores da Avenida Boa Viagem, arretados. Pois bem, a mídia e a OAB deve ter achado tudo aquilo normal. A imprensa não poupou elogios aos palavrões da “turma alegre”, incluindo sons que ridicularizavam Bolsonaro.

O papo é o Papa

Eu notei pela tevê, mas não acreditei no que estava vendo. Agora todo mundo está comentando, menos os jornalistas que cobriram o evento. De fato o Ministro Joaquim Barbosa cumprimentou o Papa Francisco na cerimônia de boas vindas, na Palácio Guanabara, mas ignorou a presidente Dilma Rousseff. Claro que o Santo Padre notou falta de respeito, JB e DR com aquele discurso enfadonho e de embromação.

papa-francisco-mirella-camara

Papa Francisco pega um terço jogado por um (a) fiel (Foto: Mirella Câmera)

Jovens franceses, chilenos, paulistas, mineiros e recifenses,  à caminho da Jornada Mundial da Juventude, visitaram o Memorial Dom Helder Camara, na Igreja das Fronteiras. Foram cinco visitas em duas semanas. Este, é um grupo de franceses acolhidos na UNICAP. Para Bete Barbosa, diretora cultural do IDHeC, recebê-los e guiá-los no Memorial, foi uma doce missão!