Fernando Machado

Blog

Tag residencial

Nos Bastidores da Política

O presidente Jair Bolsonaro, participou ontem da inauguração da Estação Cajupiranga, em Parnamrim, no Rio Grande do Norte. A obra é do Ministério do Desenvolvimento Regional, cujo ministro é Rogério Marinho. A inauguração da infraestrutura marca a conclusão do Trecho I da Linha Branca da Companhia Brasileira de Trens Urbanos na Região Metropolitana de Natal. Ao todo, a União vai investir R$ 90,7 milhões na malha férrea no Rio Grande do Norte, que contempla ainda a construção da Linha Roxa. O aporte possibilitará a construção de um total de oito estações, 30 quilômetros de linha férrea, 30 composições e três vagões. Com isso, a malha ferroviária da Grande Natal se tornará a mais extensa do Nordeste e a terceira maior do País, atrás apenas das Regiões Metropolitanas de São Paulo e do Rio de Janeiro.

O presidente Bolsonaro e o ministro Rogerio Marinho e equipe (Foto: Dênio Simões)

Segunda-feira o Governo Federal inaugurou o Residencial Fazenda Suassuna VII, em Jaboatão dos Guararapes. O empreendimento conta com 280 moradias entregues a famílias de baixa renda do município. Ao todo, cerca de 1 mil pessoas serão beneficiadas com os apartamentos. Em todo o estado de Pernambuco já foram liberadas quase 50 mil unidades desde 2019. O residencial conta com nove blocos de quatro andares. Ele fica ao lado de outras seis etapas do condomínio – todas já entregues. Juntos, eles somam 2 mil unidades. O investimento federal nesta fase do empreendimento foi de R$ 22,4 milhões. O residencial fica próximo a uma creche, três escolas, dois postos de saúde e quatro postos de segurança. Lançado pelo Governo Federal em agosto de 2020, o Programa Casa Verde e Amarela busca facilitar o acesso à moradia digna.

Anotações do Cotidiano

Estão abertas as inscrições para o Programa Jovens Embaixadores 2022! Se você é um aluno do Ensino Médio da rede pública, sabe se comunicar em inglês e está engajado em algum projeto de impacto social para ajudar a melhorar a sua comunidade, venha fazer parte dessa iniciativa da Embaixada e Consulados dos EUA no Brasil, que já levou quase 700 estudantes brasileiros para os Estados Unidos da América e comemora 20 anos este ano. Serão selecionados 50 alunos, que terão a chance de fazer um intercâmbio de 3 semanas nos EUA em julho de 2022, se a pandemia da COVID-19 e as condições na época permitirem. Inscrições até o dia 9 de fevereiro de 2022. Mais informações no https://bit.ly/3qtomCJ.

A Associação Brasileira de Automação Residencial e Predial divulgou, este ano, um estudo sobre o setor no país, que tem expectativa de crescimento médio de 22%, ao ano, até 2025. No Recife, a Zafiro, dos empresários Cláudio Valverde e Rafael Toscano, confirma este perfil. “Uma informação nova, é que estão entrando cada vez mais produtos relacionados à automação residencial e assistentes de voz em português; observamos o mercado de casas inteligentes em franca expansão”, complementa Toscano. O grupo está  na Casa Cor Pernambuco, com novidades, apresentam soluções em sonorização exclusivas, voltadas a casas inteligentes.

Nos Bastidores da Política

Quinta-feira o Governo Federal, por meio do Ministério da Cidadania, leia-se o ministro João Roma, lançou mais um programa de combate à insegurança alimentar, o Brasil Fraterno – Comida no Prato. O Programa vai conectar empresas interessadas em doar alimentos e instituições habilitadas a recebê-los. Um dos pontos da iniciativa é modernizar o acesso e dar visibilidade à possibilidade de isenção do ICMS para doações de empresas. Quem pretende fazer as doações pode realizar o cadastro no portal oficial do programa, em gov.br/comidanoprato, para pleitear a isenção de ICMS. A plataforma reúne dados completos de bancos de alimentos incluídos na Rede Brasileira de Bancos de Alimentos e permite o cadastro de instituições que poderão receber as doações diretamente. Em seu discurso, o presidente Jair Bolsonaro lembrou que em torno de 30% de alimentos é desperdiçado no Brasil.

Ministro João Roma, Primeira dama do Brasil Michelle e Jair Bolsonaro (Foto: Benné Mendonça)

O Governo Federal, por meio do Ministério do Desenvolvimento Regional, entregou quinta-feira a chave da casa própria a 300 famílias de baixa renda em Belo Jardim. O Residencial Vila Bela I, que integra o Programa Casa Verde e Amarela, recebeu R$ 21 milhões de investimento federal, com recursos do Fundo de Arrendamento Residencial. O residencial conta com casas de dois quartos com 47,64 m² e infraestrutura completa de água, esgoto, energia elétrica, pavimentação, iluminação pública e drenagem. No entorno, há uma creche, cinco escolas, cinco postos de saúde e um de segurança pública. A diretora do Departamento de Produção Habitacional do MDR, Teresa Paulino, participou da cerimônia de inauguração do empreendimento.

Nos Bastidores da Política

O Governo Federal entregou, ontem, 2.794 moradias a famílias de baixa renda, em dois municípios do Ceará: Juazeiro do Norte e Crato. No total, 10,8 mil cearenses puderam realizar o sonho da casa própria. O repasse das chaves aos moradores contou com a presença do presidente Jair Bolsonaro, do ministro do Ministério do Desenvolvimento Regional, Rogério Marinho., e do Presidente da Caixa Econômica, Pedro Guimarães.

Bolsonaro quando entregava as chaves, ao lado de Rogerio Marinho e Pedro Guimarães (Foto: PR)

Em Juazeiro do Norte, foram entregues 1.812 moradias. O Residencial Leandro Bezerra de Menezes teve três conjuntos (I, II e III) inaugurados, cada um com 300 apartamentos. O investimento federal no empreendimento foi de R$ 72 milhões, dos quais R$ 60,2 milhões foram pagos desde 2019. Já o Residencial Padre Cícero II e III conta com dois módulos de casas geminadas. O primeiro com 479 unidades e o segundo com 433. O investimento federal foi de R$ 70,2 milhões, sendo R$ 51,6 milhões repassados desde 2019.

Os apartamentos inaugurados pelo presidente Bolsonaro no Ceará (Foto: PR)

Na cidade do Crato, foram entregues 982 casas em lotes individuais. O Residencial São Bento I e II recebeu R$ 73,6 milhões de investimento federal, dos quais R$ 55,8 milhões foram repassados desde 2019. Todos os residenciais possuem infraestrutura completa, pavimentação, redes de água, esgotamento sanitário, drenagem, energia elétrica e disponibilidade de acesso ao transporte público. Os empreendimentos fazem parte do Programa Casa Verde e Amarela, que tem como meta atender 1,2 milhão de famílias até o fim de 2022.

  • 1 2