Fernando Machado

Blog

Tag renda

Nos Bastidores da Política

Terça-feira, 441 famílias de baixa renda da cidade de Demerval Lobão, no Piauí, receberam a chave da casa própria. O residencial Francisca Azevedo Moraes integra o Programa Casa Verde Amarela, do Ministério do Desenvolvimento Regional, e vai atender aproximadamente 1.760 pessoas. No seu entorno, menos de 2 km, as famílias contam com creche, duas escolas e posto de saúde.fundo, residencial,

O investimento federal no residencial foi de cerca de R$ 39,9 milhões, oriundos do Fundo de Arrendamento Residencial, incluindo recursos para a retomada das obras. O complexo é composto por 441 unidades habitacionais do tipo casa em loteamento, e a infraestrutura interna inclui sistemas de água, esgoto, iluminação pública, energia elétrica, pavimentação e drenagem.

Exposição de Artes do IMIP

Bessy Veiga, Rinaldo Carvalho, Sílvia Rissin e Tereza Campos (Foto: Divulgação)

Depois de dois anos de hiato, a Exposição de Artes do IMIP voltou quinta-feira, para a sua 21ª edição. A abertura, no Museu do Estado de Pernambuco, foi das mais concorridas, apesar das chuvas. Este ano a mostra será realizada em memória do seu antigo curador, Pedro Frederico de Almeida, que faleceu em 2021. A curadoria é de Rinaldo Carvalho, e mostra uma diversidade de perfis e técnicas, como fotografias, pinturas e esculturas produzidas por 113 artistas. Além da venda presencial, este ano os interessados poderão adquirir as obras, via online, no IMIP – Spotart | Compre sua obra de arte.

O artista plástico Walter Freitas diante de sai tela, pitangueira, que já foi adquirida (Foto: Instagram)

A exposição é uma realização da Fundação Alice Figueira de Apoio ao IMIP. De acordo com a presidente da Fundação, Elizabeth Veiga, a Exposição faz parte do calendário cultural do Recife, além de despertar na sociedade o espírito solidário em prol dos mais necessitados. Parte da renda obtida com a venda das obras será revertida para a Instituição. A XXI Exposição de Artes do IMIP estará aberta ao público até o dia 12 de junho, de terça a sexta, das 11h às 17h, e sábados e domingos, das 14h às 17h.

Tânia Borges, Bessy Veiga e Fátima Patury (Foto: Divulgação)

Mirella Martins & Enquanto Houver Sol

Mirella Martins, Emerson Andrade Lima e Juliana Santos (Foto: Fernando Machado)

Leonardo Caribé, Mirella e Sarita Martins (Foto: Fernando Machado)

No inicio da noite de terça-feira, a colunista social Mirella Martins, Emerson de Andrade Lima e Juliana Santos foram anfitriões da noite de autógrafos do livro Enquanto Houver Sol, na Dona Santa, em Boa Viagem. A obra foi escrita por Mirella com toda renda para o Instituto Pelo Bem, cujo presidente é o arquiteto Emerson Andrade Lima. Ela conta como é o dia-a-dia de um morador de rua.

Tania Fontaine (Foto: Fernando Machado)

Mary e Renata Miranda (Foto: Dayvison Nunes)

O sucesso foi tão grande todas as camisetas, 80, em menos de duas horas, foram vendidas. As peças têm frases apelativas para o bem. Elas foram escritas pela autora do livro e pela jornalista Cinthya Leite. Mas já foram encomendadas mais camisetas. Tivemos também, na ocasião, um bate papo, quando falaram Mirella, Juliana e Emerson. Mirella entrou neste movimento, de grande alcance social, visando mostrar aos moradores de rua que eles são tão importantes quanto um cidadão comum.

Marion Maranhão (Foto: Fernando Machado)

Mirella Martins e Ana Paula Jardim (Foto: Dayvison Nunes)

Mirella e o dermatologista Emerson nos últimos domingos de cada mês vão para o Instituto e ao lado de outros voluntários assisti-los em  higienização, consultas médicas. O propósito também é que eles aprendam uma profissão. Enquanto Houver Sol foi subsidiado pela La Roche Posay. Também tivemos uma ceia com pratos doados por Manuela Tenório, Karina Maranhão, Juliana Cahu e Sophia Lins. A solidariedade tem também sua beleza.

Manuela Tenório (Foto: Fernando Machado)

Danielle Ribeiro (Foto: Fernando Machado)

Nos Bastidores da Política

O Presidente Jair Bolsonaro participou, quinta-feira, em cerimônia no Palácio do Planalto, do lançamento do Programa Renda e Oportunidade, que prevê uma série de medidas para alavancar a retomada do emprego e da economia no país. Entre as medidas liberadas por meio de medidas provisórias e decreto estão a oferta de linha de crédito para empreendedores, saque extraordinário de parte do FGTS, antecipação do 13º de aposentados e pensionistas do INSS e liberação de empréstimos consignados para quem recebe benefícios assistenciais, como o Auxílio Brasil. Uma das Medidas Provisórias assinadas pelo Presidente Bolsonaro cria o Programa de Simplificação do Microcrédito Digital, o SIM Digital, destinado a empreendedores populares sem histórico de apoio a crédito no sistema financeiro.

Pedro Guimarães, Paulo Guedes, Bolsonaro, Onix Lorenzoni e João Roma Neto (Foto: Isac N[obrega)

Os empréstimos vão levar em conta a realidade social desses empreendedores e oferecer condições favoráveis, de acordo com a capacidade de pagamento. Para pessoas físicas, será liberado um crédito de até R$ 1.000 que vão ser pagos em até 24 parcelas, com taxa de juros a partir de 1,95% ao mês. O empréstimo será liberado mesmo para as pessoas que estão com restrição de crédito, os chamados negativados. É a primeira vez que a Caixa faz a liberação para pessoas negativadas e o benefício pode chegar a 30 milhões de pessoas. De acordo com o presidente da Caixa Econômica Federal, Pedro Guimarães, as operações serão liberadas no dia 28 de março.