Fernando Machado

Blog

Tag regional

Nos Bastidores da Política

O Governo Federal, por meio do Ministério do Desenvolvimento Regional, retomou, no final de quinta-feira, a operação da segunda linha de conjuntos motobomba da estação de bombeamento (EBI-1) do Eixo Norte do Projeto de Integração do São Francisco. Uma parada programada, iniciada em maio deste ano, foi necessária para a manutenção nos motores da estação. Aproveitando a pausa operacional, as equipes de manutenção fizeram a substituição das válvulas borboletas das EBIs 2 e 3.

Até o final de agosto, estarão em operação simultânea todos os conjuntos das três estações de bombeamento. O intervalo de tempo é necessário para que os níveis nos reservatórios atinjam o nível suficiente para possibilitar o bombeamento. Após a conclusão, a expectativa é que o Eixo Norte garanta segurança hídrica a 6,5 milhões de pessoas em 220 cidades da Paraíba, Pernambuco, Ceará e Rio Grande do Norte.

Nos bastidores da Política

O Ministério do Desenvolvimento Regional realizou, sexta-feira, seminário on-line para auxiliar gestores pernambucanos a garantirem a sustentabilidade econômico-financeira dos serviços de manejo de resíduos sólidos urbanos e a implementar as medidas previstas no novo Marco Legal do Saneamento, em vigor desde julho de 2020. Confira a íntegra do evento neste link. Durante o evento, o secretário nacional de Saneamento do MDR, Pedro Maranhão, destacou que o novo Marco Legal do setor vai permitir melhorar a prestação de serviço de saneamento básico no País.

A campanha de vacinação contra a Covid-19 do Ministério da Saúde bate mais um recorde com o envio de 13,5 milhões de doses de imunizantes para todo o Brasil – tudo isso no intervalo de cinco dias. Desde sexta-feira, 8,1 milhões de doses do total foram enviadas para estados e Distrito Federal. Chegam às unidades da Federação nos próximos dias 3 milhões de doses da Janssen, 2,1 milhões da Pfizer e 2,9 milhões da AstraZeneca/Fiocruz. O outro lote, com 5,3 milhões de doses de vacinas, já foi distribuído quarta e quinta.

Nos bastidores da Política

O Ministério do Desenvolvimento Regional liberou água do Reservatório Muquém para a Barragem do Juá, ambas em Floresta (PE). As águas do Eixo Leste do Projeto de Integração do Rio São Francisco vão beneficiar cerca de 800 propriedades do sistema Reservatório Barra do Juá-Riacho do Navio. A liberação das águas ocorrerá de forma gradual – até 3m³/s – por período aproximado de 90 dias, para minimizar as perdas em trânsito. A manobra permitirá, ainda, que o Riacho do Navio, marcado há anos pela seca, volte a escoar água. A água do Velho Chico tem percorrido os 217 quilômetros dos canais e demais estruturas de engenharia, que a conduzem desde Floresta (PE) até o leito do Rio Paraíba, em Monteiro (PB). O trecho é composto por seis estações de bombeamento, cinco aquedutos, um túnel, uma adutora e 12 reservatórios.

Os números comprovam: a campanha de vacinação contra a Covid-19 avança cada vez mais em todo o Brasil. Em junho, o Ministério da Saúde bateu o recorde de distribuição mensal com mais de 38,2 milhões de doses enviadas para todos os estados e Distrito Federal. Com essa quantidade de doses, foi possível a expansão da imunização para novos grupos prioritários da campanha. Entre eles, estão os trabalhadores da educação, trabalhadores do transporte coletivo rodoviário de passageiros, trabalhadores industriais, além de funcionários do sistema de privação de liberdade e população privada de liberdade, por exemplo. Outra novidade do último mês foi autorização para o início da vacinação da população em geral.

Nos Bastidores da Política

A produção industrial teve alta em 12 dos 15 locais analisados pela Pesquisa Industrial Mensal Regional, na passagem de junho para julho. O resultado, divulgado quarta-feira pelo IBGE, reflete a ampliação do movimento de retorno à produção de unidades produtivas, após paralisações por conta dos efeitos causados pela pandemia de Covid-19. A produção industrial nacional cresceu 8% em julho, pelo terceiro mês consecutivo.

O mercado de flores vem se recuperando após o baque causado pela pandemia do novo coronavírus, que diminuiu drasticamente a demanda. Com a suspensão de grande parte das atividades coletivas, cooperativas e agricultores buscaram alternativas para recuperar o prejuízo, investindo em divulgação nas redes sociais e nas vendas on-line. Por causa da quarentena, outra ação do setor foi à realização de campanhas para divulgar a importância das flores e plantas ornamentais para melhorar o ambiente e trazer mais alegria e beleza para as residências e locais de trabalho.

  • 1 2