Nos Bastidores da Política

Ontem, o Governo Federal reduziu em mais 10% as alíquotas do Imposto de Importação sobre o feijão, a carne, as massas, os biscoitos, o arroz, os materiais de construção, dentre outros da Tarifa Externa Comum do Mercosul. O objetivo do presidente Jair Bolsonaro é aliviar as consequências econômicas negativas decorrentes da pandemia da Covid-19 e da guerra na Ucrânia sobre os preços de insumos do setor produtivo.

Esses itens já haviam sofrido uma redução de 10% em novembro do ano passado, portanto, somando-se a essa nova medida, alguns produtos tiveram a alíquota reduzida para 0% ou reduzida em um total de 20%. No início do mês de maio também foram reduzidas a 0% as tarifas sobre as carnes bovina e de frango, o milho, o trigo e os itens de padaria. A nova redução foi aprovada na 1ª reunião extraordinária do Comitê-Executivo de Gestão da Câmara de Comércio Exterior, com prazo de vigência até 31 de dezembro de 2023.