Fernando Machado

Blog

Tag recife

I Baile Municipal do Recife

Vista de decoração de Lula Cardoso Ayres (Foto: Fundaj)

Há 60 anos, acontecia no Clube Internacional, o I Baile Municipal do Recife. A ideia da prévia partiu do secretário de Imprensa da Prefeitura Alexandrino Rocha com o objetivo de disputar com o Baile do Galo, que era realizado no Clube Português de Salvador, e que as revistas O Cruzeiro e Manchete, davam o maior destaque. O então prefeito do Recife, Miguel Arraes, ficou meio receoso com a ideia, mas aceitou o desafio desde que fosse para divulgar o frevo. A prévia, a rigor, resultou num sucesso colossal com a participação do nosso high society.

Ana Maria Ramiro Costa Caldas como Rainha Elizabeth I (Foto: Manchete)

O anfitrião do Baile foi o vice-prefeito Arthur Lima Cavalcanti, que na ocasião lançou em parceria com Maximiliano Campos, o frevo Serpentina Partida. O motivo da ausência de Miguel Arraes ao evento foi a doença da primeira-dama Célia Arraes, née Souza Leão (1924/1961). Uma presença linda foi a da Rainha do Carnaval, Zayra Pimentel de baiana. A decoração do Baile foi assinada pelo notável artista plástico Lula Cardoso Ayres e para as danças tocou a inesquecível orquestra de Nelson Ferreira.

A Rainha do Carnaval Zayra Pimentel, com as atrizes Lourdes de Oliveira e Lea Garcia (Foto: Manchete)

Tivemos um concurso de fantasias e a mais rica foi a Rainha Elizabeth I desfilada por Ana Maria Ramiro Costa Caldas confeccionada pelo seu irmão Marcelo Costa Caldas. O segundo lugar ficou com Mirna Botelho vestida de Princesa de Bagdá. Em originalidade ficou o grupo Canibais Guerreiros. Vieram para o Baile Municipal, no I Vôo do Frevo, do Rio de Janeiro, com o apoio da Vasp: Rubem Braga, Fernando Sabino, Paulo Mendes Campos, José Condé, Vinicius de Moraes, Nora Nei, Marlene, Jorge Goulart, Luiz Delfino, Lea Garcia, Zélia Hoffman, Lourdes de Oliveira e Tônia Carreiro.

A atriz Tonia Carrero homenageou o frevo (Foto: Mundo Ilustrado)

Fatos Diversos

Em apoio à campanha Fevereiro Laranja, o Hospital de Câncer de Pernambuco reforça a importância da conscientização para a prevenção, diagnóstico e combate a leucemia. Em 2021, segundo dados do Instituto Nacional do Câncer, estimam-se no Brasil 5.920 novos casos de leucemia em homens e 4.890 em mulheres. Somente no nordeste, 2.640 pessoas devem ser diagnosticadas. Saiba mais no site: www.hcp.org.br.

Serão reiniciados hoje, às 10h, os trabalhos legislativos na Câmara Municipal do Recife. A reunião solene para a instalação da 1ª Sessão Legislativa, da 18ª Legislatura, sob a presidência do vereador Romerinho Jatobá (PSB). Em virtude da pandemia de COVID-19, a reunião será realizada por videoconferência e transmitida, ao vivo, pelo site da Casa (www.recife.pe.leg.br).

XXIII Feira Japonesa do Recife

Um lembrete hoje, entre 16h e 19h, em versão virtual, para a XXIII Feira Japonesa do Recife que é o maior festival de cultura nipônica de Pernambuco. Este ano a Feira será hoje, das 16h às 19h, em versão virtual, com o tema Carpa – Koi, um animal simbólico no Japão que representa a coragem e determinação para enfrentar as dificuldades. Entre as apresentações temos os robôs japoneses.

O cônsul-geral do Japão, Hiroaki Sano (Foto: Consulado Japonês)

O evento acontece continuamente há 23 anos pela Associação Cultural Japonesa do Recife cujo presidente é Aroldo Kenji Ojima, e pela Associação Nordestina de Ex-bolsistas e Estagiários no Japão, leia-se o presidente Valdir Luna da Silva com apoio do Consulado-Geral do Japão no Recife que tem como cônsul geral Hiroaki Sano e do Instituto de Estudos da Ásia. , coordenado por Marcos Costa Lima. Veja no link bit.ly/ACJRTUBE e nos Instagram @acjr_rec e @feirajaponesadorecife.

Corpo Consular

Desde sexta-feira está sendo comemorado o mês da Soberania Nacional, pelo Consulado da República Argentina no Recife. A curadora argentina Dolores Lamarca apresenta a história do Brasil por meio de uma seleção de obras de arte. O professor argentino José Luis Puricelli, apresenta a pianista e intérprete argentina Marta Argerich. Apresentação gastronômica é da argentina Maríncola, conhecida como Chivi, que mora em Olinda. Informa o cônsul geral Alejandro Funes Lastra.

O cônsul geral Alejandro Funes Lastra e a consulesa Maria Antonieta (Foto: Fernando Machado)

A Feira Japonesa do Recife é o maior festival de cultura nipônica de Pernambuco, realizado continuamente há 23 anos pela Associação Cultural Japonesa do Recife e pela Associação Nordestina de Ex-bolsistas e Estagiários no Japão, com apoio do Consulado-Geral do Japão no Recife e do Instituto de Estudos da Ásia, chega este ano a sua 24º edição. Este ano a Feira será no próximo dia 28, das 16h às 19h, em versão virtual. Assistam no bit.ly/ACJRTUBE e nos do Instagramsão @acjr_rec e @feirajaponesadorecife.