Fernando Machado

Blog

Tag racismo

Ana de Ferro: A Rainha dos Tanoeiros

Ana de Ferro, A Rainha dos Tanoeiros do Recife que entra em cartaz no teatro Marco Camarotti/SESC Santo Amaro na próxima terça-feira, às 20h, conta o romance entre o governador de Pernambuco durante o Brasil holandês e uma cortesã no cais do porto do Recife. É fato que narra os amores impossíveis da boemia do século XVII. A peça fica em cartaz até o dia 6 de setembro, sempre nas terças e quartas às 20h.

Os atores João Arthur e Telma Ratta (Foto: Emanuel David d’Lucard)

Inspirado no poema de Vital Correia Araújo e em pesquisas do Instituto Arqueológico, Histórico e Geográfico de Pernambuco, a carioca Miriam Halfim criou um texto histórico com lampejos de ficção apresentando personagens reais em situações possíveis de terem acontecido. A encenação é do pernambucano Emanuel David D’ Lúcard que busca criar uma ponte entre os séculos XVII e XXI, elencando perspectivas sobre gênero, religião e racismo.

Patrícia Assunção e João Neto (Foto: Emanuel David d’Lucard)

Disposto numa forma de passarela, a direção insere o público na cena na busca de uma reflexão social. Separando homens e mulheres para conseguir tal feito. Desde sua chegada ao Recife, Ana de Ferro causava alvoroço nas normas da colônia, quando vem da Europa travestida de homem. Na capital pernambucana compra Zambi, um escravo, mas logo o declara amigo.

Euclides Farias e Telma Ratta (Foto: Emanuel David d’Lucard)

Ana de Ferro forma uma parceria com outra cortesã, Maria Cabelo de Fogo, e abre um dos bordéis mais frequentados na Rua dos Tanoeiros. Por um ato de racismo, entre Zambi e o mestre do presídio, Maurício de Nassau vive uma apaixonante e breve história de amor com Ana de Ferro. No elenco temos Cláudia Alves, Euclides Farias, Geraldo Cosmo, João Arthur, João Neto, Patrícia Assunção, Pedro Dias e Telma Ratta.

Anotações do Cotidiano

Termina no próximo dia 15, o prazo para inscrição das organizações  interessadas em obter o Selo Verde conferido pela Junta Comercial de Pernambuco, leia-se a presidente Terezinha Nunes, às empresas do Estado que desenvolvem ações visando à preservação ambiental. O selo é uma distinção prevista no programa de certificação criado pela Junta, com apoio da Secretaria Estadual de Meio Ambiente e Sustentabilidade, que tem como objetivo estimular as empresas a desenvolverem ações dirigidas à proteção ambiental.

A Secretaria de Saneamento do Recife, leia-se Alberto Feitosa, realiza hoje um evento em homenagem ao mês da Consciência Negra, cujo dia oficial é amanhã. Com o tema Racismo e Futebol, crianças moradoras dos habitacionais em torno do Arruda participarão de uma conversa com o técnico de futsal do Santa Cruz, Roberval Ramos, e um tour pelo estádio, onde será realizado o evento. Feitosa participará do bate-papo, que tem a parceria da Secretaria de Desenvolvimento Social e Direitos Humanos e o Santa Cruz.

Flashes

A artista plástica Tânia Carneiro Leão e o dermatologista Tancredo Albuquerque não pouparam elogios ao novo blog.

Hoje e amanhã acontece o IV Workshop Cerimonial Social do Nordeste, no Atlante Plaza, com a participação dos cerimonialistas paulistas Jamila Santana e Vinicius  Farvale.

Excelente a humildade de Pelé ao falar naquele caso de racismo da torcedora do Grêmio. Já esse Aranha quis se aproveitar da ocasião.

ingrid-luck-andre-nobrega-fatima-morais

Ingrid Luck, André Nóbrega e Fatima Morais no Bazar da Solidariedade (Foto: Cortesia)

Um sucesso o Bazar da Solidariedade, no The Garden Open Mall, com renda para a construção da Casa Maria de Nazaré da Fundação Terra, do Padre Airton Freire.

O Instituto Miguel Arraes, no Poço da Panela, movimenta, hoje, às 9h, reunião pela volta do exílio de Miguel e Madaglena Arraes ao Brasil.

Wilton Condé, à convite de João Bosco Mendonça vai até a quadra da Imperio da Tijuca, assistir ao concurso do seu samba enredo.