Fernando Machado

Blog

Tag posse

Anotações do Cotidiano

Hoje tomam posse na Academia Pernambucana de Letras Jurídicas, Marta Freire, Palhares Moreira Reis e Roberto Carlos Ferreira, nas cadeiras 52, 51 e 53 respectivamente. A cerimônia que será presidida pelo professor Luiz Andrade Oliveira acontecerá na Academia Pernambucana de Letras, às 19h. A acadêmica Margarida Cantarelli saudará os novos integrantes da APLJ.

Métricas Ágeis, Design Estratégico, Tech for Non-Techies, Direito no Tempo de Dados, Processo e Inovação nas Organizações, Cultura e Pessoas, Tecnologias Habilitadoras e Impacto dos Dados e Novos Modelos de Negócio são os novos cursos da Faculdade Unimed, em Belo Horizonte, numa parceria com a CESAR School. Os cursos estão disponíveis para compra no e-commerce da Faculdade, no site, neste link. Informa Fábio Leite Gastal, diretor acadêmico da Faculdade Unimed.

Ana Cláudia Brandão: Nova imortal da APLJ

Desembargador Eurico de Barros Correia Filho e a juíza Edina, com a filha Ana Claudia e os netos Luciano e Maria Fernanda (Foto: Armando Artoni)

A Sala do Pleno foi projetada pela Lambirsch-Hrth do Rio de Janeiro. Do teto caia um lustre de madeira, metal, e vidro, datado da primeira metade do século XX. A base circular, sustentada por quatro correntes, presas ao teto num único ponto. Atrás do trono repousa uma tela de Henrique Moser mostrando uma figura feminina de frente e de pé. Ajoelhado sobre o primeiro degrau está um homem desnudo com punhos acorrentados pelas costas e preso a uma bola de ferro.

Luiz Andrade de Oliveira, Ana Cláudia Brandão e Fernando Araujo (Foto: Armando Artoni)

Pois foi nesse cenário belo e histórico, batizado de Salão desembargador Antônio de Brito Alves, que aconteceu, segunda-feira, à noite, a posse da juíza Ana Claudia Brandão de Barros Correia, na cadeira 49, que pertenceu desembargadora e acadêmica Helena Caula Reis, da Academia Pernambucana de Letras Jurídicas. O cerimonial foi conduzido por Silas da Costa e Silva. A solenidade foi comandada pelo presidente da APLJ, Luiz Andrade de Oliveira.

Nalva Cristina, Célia Gomes e Selma Barreto (Foto: Armando Artoni)

A nova imortal foi conduzida à mesa principal pela acadêmica Nelma Maciel. Primeiro tivemos a execução do Hino Nacional e um mini show com o cantor e compositor Getulio Cavalcanti. No set list Madeira que Cupim Não Roi, de Capiba, Olinda no Meu Coração, 100 anos de Frevo e Último Regresso, compostas por Getúlio. Muito bonito e cheio de lirismo com sabor de gratidão foi o discurso da nova acadêmica, que estava muito bem num modelo preto, bordado de paetês by Isabel Cavalcanti.

Ana Claudia Brandão Barros Correia (Foto: Fernando Machado)

Coube ao presidente da Academia Pernambucana de Letras Jurídicas, Luiz Andrade de Oliveira colocar o colar acadêmico no pescoço de Ana Claudia Brandão de Barros Correia e o secretario da Academia, Fernando Araújo entregar o diploma referente à imortalidade. A cerimônia encerrou com a execução do Hino de Pernambuco. O Pleno estava lotado.

Flashes

Será no dia 18 de agosto, na Academia Pernambucana de Letras Jurídicas, a posse da defensora publica Marta Brito Alves Freire, na Academia Pernambucana de Letras Jurídicas.

O mundo das comunicações está de luto, por conta do falecimento, domingo, o radialista esportivo Roberto Queiroz, da Rádio Jornal.

O acadêmico Melchiades Montenegro está lançando a edição francesa de Onde Vivem as Bruxas, pela Helvetia Editions.

Os fazem a Diretoria-Geral de Desenvolvimento Nuclear e Tecnológico da Marinha, no Rio de Janeiro, comemoraram o niver da mar-e-guerra Sheila Aragão.

A juíza Nalva Cristina já está no Recife, depois de alguns dias por Nova York. Voltou preocupada com o visual da cidade.

 

Flashes

Toma posse, hoje, no Restaurante Fabbriqe, como presidente do Rotary Club do Recife Casa Amarela, o empresário Heitor Bezerra de Brito.

O jornalista Edgar Homem está em viagem de trabalho por Florianópolis, Santa Catarina. Está sendo ciceroneado pela arquiteta Daniela Dambros.

Jorge Eduardo Núnez, Mister Supranacional da Venezuela, por conta de falta de passaporte, não pôde viajar até a Polônia, para participar do Mister Supranacional.

O segundo colocado, Anthony Gallardo, o substituiu e já viajou até a Polônia para representar a Venezuela, no Concurso que acontece na Polônia, no dia 16.

Carlos Eduardo Amaral foi agraciado com a Medalha Biblioteca Nacional — Ordem do Mérito do Livro, concedida pela Fundação Biblioteca Nacional.

Hoje, Lucélia Ashitani e Lauro Andrade recebem no Lab88, SP, arquitetos, designers de interiores para um talk comandado pela arquiteta Ticiane Lima.