Fernando Machado

Blog

Tag Policia Militar

Noticias de Sergipe

A Polícia Militar de Sergipe, leia-se o comandante geral, João de Albuquerque Feijó, comemora no próximo dia 28, 180 anos de existência. Para comemorar a data, a instituição realizará diversos eventos voltados ao público interno e externo. Entre os dias 9 e 15 de fevereiro, a corporação realiza uma exposição de armamentos, equipamentos, viaturas e motocicletas voltadas para a comunidade.

A Associação Brasileira de Entidades Estaduais de Tecnologia da Informação e Comunicação publicou o seu calendário de eventos para 2015, incluindo Aracaju como anfitriã para a Reunião do Fórum de Diretores Técnicos e de Gerentes Técnicos de TI do Brasil. A Empresa Sergipana de Tecnologia da Informação é uma das filiadas à Associação.

Dia 11 agora é dia 14

O blog soube, via o site da PMPE, que os 185 anos da Corporação serão comemorados dia 14 de junho, no Teatro da UFPE. Pela primeira vez na história, o aniversário não vai ser comemorado no dia 11, data de criação da aniversariante. Como não fomos convidados, por razão óbvias, para café da manhã de divulgação da programação de aniversário, não pôde descobrir a razão do adiamento, mas arrisca dizer que isso tem cheiro de falta de planejamento prévio.

Como não cuidaram cedo das festividades, os responsáveis não devem ter encontrado agenda disponível nos locais onde as festas tradicionalmente aconteciam (Geraldão, Clube Português, Círculo Militar ou Teatro Guararapes).

Notícias do Rio Grande do Norte

O Governo do Estado realiza maior promoção de oficiais e praças da história da Polícia Militar do Rio Grande do Norte. Foram promovidos 200 oficiais, de 2º tenente a coronel, e 400 praças, de 3º sargento a suboficial. A solenidade de entrega das insignias vai acontecer na próxima segunda-feira, no Quartel General, e será presidida pelo governador Iberê Ferreira de Souza.

Entre os 200 oficiais promovidos está a primeira mulher a chegar ao posto de tenente coronel, Angélica Fernandes de Oliveira Azevedo. A oficial Angélica estudou na Academia de Polícia Militar do Paudalho, em Pernambuco. Já foi comandante da Companhia Feminina e diretora do Colégio da PM. Angélica Fernandes é casada com o tenente coronel PM Alarico e tem dois filhos.

Crise na Segurança II

O fato de o comandante da PMPE ter tentado entregar um documento ao governador passando por cima do secretário de Defesa Social torna a situação de um deles insustentável. Ou a situação dos dois. Fontes do Quartel do Derby, sede do comando geral da PMPE, dizem que o coronel José Lopes teria tentado falar com o secretário Servilho Paiva, a respeito da defasagem salarial entre as duas polícias, mas não foi atendido, mesmo tendo passado quase duas horas esperando para se chamado.

No rastro dessa descortesia para com o comandante de um dos principais órgãos do sistema de defesa social, surgiram comentários sobre outros problemas enfrentados pelo coronel José Lopes, dentre eles o fato de um secretário ter se referido a ele, ao chefe do Estado Maior coronel Daniel Lima e ao diretor de operações coronel Tavares Lira, em reunião conjunta na SDS como os Três Patetas.

Nota nesse sentido foi publicada em um grande jornal do Estado e nunca desmentida pela SDS. O comentário desastrado do secretário também foi criticado severamante em editorial do jornal da Associação dos Oficiais da Reserva, mas também não desmentida pelo governo.

Alguns oficiais também se referem à rispidez como o secretário trata o comandante e a um episódio que teria acontecdo após o desfile do Galo da Madrugada do ano passado, quando o comandante José Lopes teria sido chamado de “pinto molhado” pelo secretário por ter permanecido na chuva que caiu ao final do desfile, além de ter oferecido bebida alcoólica ao motorista e ao segurança do comandante, o que foi prontamente recusado.

Os críticos do secretário admitem que grande parte da culpa cabe ao comandante, que não rechaça “brincadeiras” desse tipo como deveria. Outros atribuem a culpa a alguns colegas que, segundo eles, vivem bajulando o secretário, com convites para cafés da manhã em seus batalhões e outras gentilezas.

  • 1 2