Fernando Machado

Blog

Tag PMPE

Notícia da Caserna

A Polícia Militar abriu processo investigatório da atuação dos soldados filmados espancando dois acusados de roubo em Piedade. O comandante da PMPE disse que a apuração estava sendo feita no próprio batalhão onde são lotados (19 Batalhão), enquanto o secretário de Defesa Social, Wilson Damázio, garantiu que a tal investigação estaria sendo feita na Corregedoria Geral. Em quem acreditar?

A propósito do vídeo postado na Internet mostrando policiais supostamente da Radiopatrulha obrigando dois homens presos a se beijarem na boca, outra barbaridade atribuída a integrantes da Polícia Militar de Pernambuco, seria bom que alguma faculdade de Psicologia fizesse um estudo do caso para tentar explicar qual a patologia quem tem uma pessoa que sente prazer em obrigar dois homens a se beijarem. Será que Freud explicaria?

Momento de Reflexão

Os primeiros convites de “Boas Festas” da Polícia Militar começaram a ser recebidos ontem, citando as celebrações da missa e culto de Natal, sem mencionar os nomes dos celebrantes nem a participação da banda de música da corporação que sempre realizava um concerto com músicas antes dos atos religiosos.Talvez pelo fato de o comandante geral ser protestante fundamentalista, o convite omite qualquer menção à tradicional Missa do Galo, celebrada na frente do Quartel do Derby desde o final da década de 40 do século passado. Porque omitiram o nome do arcebispo Dom Fernando Saburido?

Desde que aquele comandante geral da PMPE retirou o crucifixo do seu gabinete não pára de acontecer catástrofes em Pernambuco. Agora foi uma explosão no canteiro de obras da transposição das águas do Rio São Francisco, em Sertânia, que resultou na morte de três operários. É bom lembrar que essa é uma das principais obras do governo de Lula. Hoje faz oito meses dessa ação fundamentalista. Em tempo: O crucifixo repousava no local desde 1825.

Crise no Colégio da PMPE

Indignado com a designação do coronel Carlos Feitosa para presidir uma comissão destinada a analisar o sistema de ensino do Colégio da Polícia Militar, o coronel Elísio Viana entregou o comando do estabelecimento e foi removido para a Diretoria de Pessoal da Corporação.

Para o seu lugar foi designado o tenente coronel Marcos Campelo Lira. O caso gerou muito tititi entre os coronéis, pois Elísio, como comandante do colégio, não foi informado da portaria e não aceitou a chamada intervenção branca. Comenta-se que não inclusão de seu nome na comissão tem a ver como fato de ele ser presidente da recém-criada Associação dos Oficiais Força e Honra.

Anotações do Cotidiano

O ex ministro José Dirceu reuniu um pequeno grupo de amigos para almoço no Dinhos Place, da Alameda Santos, em São Paulo. Sentaram à mesa Chico Buarque de Holanda, Fausto Silva, Antonio Lins, (de partida para Salvador) e o empresário Ermírio de Moraes Neto, do grupo Votorantim. O papo foi animado e com muitas garrafas de vinho francês, com poesia, é claro.

Essa coluna se enganou quando disse que o coronel Romero Paiva sonhava com o Comando Geral da PMPE, na realidade, ele foge do cargo como o diabo foge da cruz. Seu sonho é ser chefe da Casa Militar, mas ele não tem cacife para destronar o coronel Mário Cavalcanti. Por isso faria o sacrifício de ser comandante geral se for designado para o cargo como missão do Palácio.